Advogado critica governo do Estado pelo descaso com região

Dr. José Olivar está preocupado com segurança da população santarena
Dr. José Olivar está preocupado com segurança da população santarena

O consultor e ex-presidente da OAB Subseção Santarém, Dr. José Olivar, que faz parte do corpo jurídico da Câmara Municipal de Santarém, elogiou a iniciativa da Câmara Municipal em fazer uma audiência pública, convocando autoridades ligadas à segurança pública no Município. O advogado disse que é preciso acabar com essa onda de violência que assola a antes tranqüila cidade considerada Pérola do Tapajós. “É preciso dar um basta nessa situação, pois há dez anos não se via tanta violência”, falou o advogado e ex-presidente da OAB de Santarém.
Ainda assim, ele teceu críticas pela ausência das autoridades da segurança pública estadual na audiência pública, que foi feita a partir do requerimento do vereador Sílvio Neto, (PSD), que recentemente teve a ingrata experiência de ser assaltado junto com um amigo, na Orla da cidade. “Precisamos que saia resultado positivo dessa reunião na Câmara Municipal, pois não adianta ficar só no discurso, na palavra e na promessa. É preciso que as autoridades constituídas se unam em torno dessa situação, para que Santarém possa ter paz”, falou o advogado.
José Olivar, com a experiência adquirida no executivo da OAB e setor jurídico da Câmara Municipal, cobra mais empenho de algumas autoridades, “partindo do governo do Estado, das polícias Civil e Militar e outros órgãos de segurança pública”, disse o advogado.
Dr. José Olivar indica carências na segurança pública local. “Precisamos de melhor estrutura, mais pessoal, mais viaturas e o governo do Estado, junto às demais autoridades, tem que se empenhar nesse sentido, pois do contrário, nós vamos chegar ao caos”, citou o advogado.
O advogado lamentou que na audiência pública de terça-feira, na Câmara Municipal de Santarém, não estivessem integrantes da segurança pública com poder de decisão. “Com absoluta certeza, existe uma espécie de costume aqui em Santarém; quando a Câmara convoca para debater assuntos de interesse público, a autoridade maior não vem, manda sempre um representante. No final, o representante diz que não tem poder para resolver isso ou aquilo e o problema fica do mesmo jeito”, falou.
Dr. José Olivar critica: “Portanto, era imprescindível a presença da cúpula maior da Polícia no Estado do Pará nesta audiência; isso no meu ponto de vista demonstra até certo descaso com nosso Município e com nosso povo, que, aliás, quis se separar do Estado do Pará, mas disseram que não havia necessidade dessa separação porque o Governo iria olhar para Santarém com carinho e desvelo e até agora não estamos vendo isso”, enfatizou o advogado.
A OAB esteve representada na audiência pública pelo vice-presidente da Subseção Santarém, Ítalo Melo. Por diversas ocasiões, Ítalo Melo ressaltou que a OAB empreende luta incessante no combate a violência, em busca da segurança dos cidadãos. Além dele, estiveram presentes o representante do 3º BPM, Major Costa; o superintendente Regional de Polícia Civil do Médio e Baixo Amazonas, delegado Gilberto Aguiar; o comandante interino do Corpo de Bombeiros, Francisco da Silva; Márcio Borges, agente da Polícia Federal; Capitão Wilton, da Zpol;  coordenadora do Ptran, capitã PM Marnilza Moita; comandante do 3º BPM,  tenente coronel Anthenor e; o chefe de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, Wendel Martins. O agente da Polícia Federal Márcio Borges informou que a quantidade de efetivo não é suficiente para atender a cidade, destacando que: “para a PF trabalhar de forma satisfatória teríamos que ter quatro vezes o nosso efetivo”, disse ele. Os representantes da Famcos e Unecos, Erlan Nadler e Edmilson Nascimento, respectivamente, abordaram sobre a importância do conselho municipal de segurança, da guarda municipal e da educação como parceira na segurança.

Por: Carlos Cruz

12 comentários em “Advogado critica governo do Estado pelo descaso com região

  • 18 de março de 2013 em 16:32
    Permalink

    Agradeço a todas as manifestações de apoio e elogio de colegas, amigos e queridos ex-alunos. Eu não mereço tanto. Quanto à foto, falta o meu amigo Almeida mudar, pois realmente esta é muito antiga nos seus arquivos. Aliás, o óculos já é um outro. Todavia, só resta agradecer a oportunidade dada pelo Impacto de poder comentar a situação da Segurança Pública em Santarém, lembrando que não critico negativamente a atuação das polícias Civil e Militar, mas sim a falta de apoio que ambas merecem e não estão recebendo do Governo do Estado, como deveriam. É isso aí! Abraços a todos.

    Resposta
  • 15 de março de 2013 em 16:19
    Permalink

    Dr. gostei de sua materia, só não gostei do seu perfil, visto que, em toda reportagem só aparece com o mesmo oculos, gravata e paleto, porém, continua lindo. Na proxima vamos mudar doutos!!!!!!!!!

    Resposta
    • 15 de março de 2013 em 19:01
      Permalink

      rsrsrs… é a mesma foto que OImpacto usa mas o perfil dele diariamente é assim mesmo :elegante e charmosão isso com todo respeito a Sra. dele Sra. Olívia.
      Ao meu ver a melhor qualidade dele além de um puta dum profissional , ele é super gente boa, homem altoastral super divertido sem ser inconveniente ou deselegante. Quem tiver o privilegio de ser aluno dele naõ vai sentir nem vonatde de perder uma aula se quer pois são super produtivas e certas horas a gente se espoca de rir por causa dos exemplos que ele cita pra tornar tudo no Direito mais claro.

      Resposta
  • 15 de março de 2013 em 16:16
    Permalink

    Bonitão, gotosão, não pensei que aos 70 anos vc ainda está inteirão.

    Resposta
  • 15 de março de 2013 em 16:15
    Permalink

    LIndo! Que rosto, que pele, que segurança. Preciso te conhecer.

    Resposta
  • 15 de março de 2013 em 16:13
    Permalink

    Dr. Olivar, eu nunca duvidei da sua capacidade intelectual e juridica. Acompanho semanalmenet sua coluna o Estado do Tapajos. Verifico que seus comentarios naquele semanario ataca os problemas inerentes ao nosso municipio tanto no aspecto fatctual e juridico. ELogiando tem que eliogar e apontando as falhas quanto se faz necessario. Parabens pela materia espossada no grande jornal o Impacto. Finalmente como mulher, com todo o respeito vc me chama atenção pela sua elegancia e postura de uma admiradora sua vizinha.

    Resposta
    • 15 de março de 2013 em 16:27
      Permalink

      Desculpa – esposado.

      Resposta
  • 15 de março de 2013 em 11:05
    Permalink

    Santarém está numa localização geográfica privilegiada no que tange os grandes emprendimentos (Alcoa, Belo Monte, Ferrovia dos Chineses la em Itaituba , novo Porto para sair grãos ali por perto de Itaituba se não me engano será em Miritituba , e outros… construçaõ de hidrelétricas. Então, acabou o marasmo econômico e urbano (que o diaga a Buriti)!A tendencia é crescermos tanto em termos economico quanto em termo urbano, daí a necessidade de se reformar as políticas sendo que o carro chefe deve ser o aumento do efetivo de policiais tanto civis quanto militares, inclusive de novos quarteis em pontos estratégicos desta enorme região. O concurso pra polícia civil ja esta em andamento isso é bom sinal, sinal que o governador ja está ciente do grave problema. Outro fator é aumentar o contingente de PMs, a tendencia (necessidade) é a criação de outros quarteis… A REALIDADE DE SANTARÉM DO TAPAJÓS E DE TODA ESSA REGIÃO NUNCA MAIS SERÁ A MESMA (TERRA PACATA) MAS ACREDITO QUE SE POLÍTICAS FOREM IMPLANTADAS DESDE JÁ, A SITUAÇÃO PODE SER CONTROLADA POIS TEMOS TBM outro fator que ajuda:BANDIDO AQUI TEM MAIS DIFICULDADE PRA FULGA POIS A SITUAÇÃO GEOGRÁFICA TBM NESSE PONTO É BEM DIFERENTE DE BELÉM onde tem muitas estradas pra bandido evaporar com muito mais facilidade.
    Bom o nosso grande e querido mestre José Olivar, grande figura humana uma bençao de professor, dá uma cutucada no governo, pois estamos com a segurança publica local estuprada aqui, fato que deve receber atenção desde JÁ!

    Resposta
    • 15 de março de 2013 em 11:15
      Permalink

      Importante também citar Porto Trombetas que é antigo mas tem grande importÂncia no oeste paraense! Santarém está em localização privilegiada … tudo pra chegar nessas cidades vizinhas que estão tendo um bug, estouro, tudo tem que passar por Santarém!
      Não vou me espantar se Miritituba ultrapassar a economia de Santarem e quando for liberado a criação do Estado do Tapajós esse município ser FORTE CONCORRENTE assim como Belo Monte, a ser capital rsrsrs… Miritituba vai crescer de uma forma estúpida em termos economico, so questão de tempo , quem quiser e poder investir ali pode ir tranquilo de retorno!

      Resposta
      • 15 de março de 2013 em 11:25
        Permalink

        Belo Monte=Altamira , claro !

        Resposta
        • 15 de março de 2013 em 11:36
          Permalink

          O ideal mesmo seria o nosso Estado do Tapajós ser liberado, a capital pode ser até em Alenquer (pq não?!) ou em Jacareacanga , não vejo problema em ser aqui (quero que seja aqui em Stm ) mas se for em outro lugar , que seja , eu so quero que seja feita uma coisa decente , bem feita e conforme os desígneos de Jesus Cristo, nosso Redentor!

          Resposta
  • 15 de março de 2013 em 08:46
    Permalink

    Concordo que Santarém não é mais aquela pacata cidade de outrora, já temos problemas de cidade grande. Vale lembrar que polícia não é sinônimo de sgurança pública, é apenas um ítem dentro de todo um conjunto, como saúde, educação e planejamento familiar, dentre outros. De outro modo, fica fácil criticar as polícias e destilar todas as mazelas que a sociedade está passando. Quando todos os sistemas de assistencia a sociedade falham, desembocam na segurança pública. Além disso, a Revista Veja, out. 2010(salvo engano), elegeu Santarém como a cidade mais segura do País, tendo a mais eficiente Polícia Civil(investigativa) com mais de 93% dos casos de homicídios resolvidos(acima da média norte-americana) e uma Polícia Militar bastante presente e ostensiva, isso é fato registrado por uma das mais conceituadas revistas do País. Dessa forma, devemos sim combater e discutir a questão da Segurança, mas devemos ser prudentes e reconhecer o competente trabalho da PM e da PC em nosso munípio e passar a discutir outros problemas sociais que afetam diretamente a segurança pública.
    Um grande abraço á todos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *