Agricultores clamam por melhorias nas vicinais de Alenquer

Ramais de Alenquer encontra-se em péssimas condições trafegabilidade
Ramais de Alenquer encontra-se em péssimas condições trafegabilidade

Nos quatros cantos das comunidades da zona rural, as reclamações são generalizadas; devido as péssimas condições de trafegabilidade dos ramais que dão acesso a sede do Município.

Destarte, todos os anos por ocasião da estação invernosa, os produtores reclamam do crônico problema das vicinais que interligam as comunidades e vice-versa.

Contra fato não há argumento, há muitos anos os agricultores são marcados pelo estigma do destino de sofrer privações e transtornos por ocasião de escoarem seus respectivos produtos. O principal motivo evidentemente é em detrimento das péssimas condições dos ramais.

Nesse contexto, os produtores de forma incisiva pedem providências às autoridades. No sentido de solucionar mais esse problema no município de Alenquer. No entendimento dos agropecuaristas, é inconcebível, o que vem acontecendo por falta de políticas públicas. Fazendo com que o homem do campo fique cerceado do direito sagrado de ir e vir.

Assim sendo, mais do que nunca, já que os atuais gestores municipais são oriundos da colônia e com profundo conhecimento desta realidade, devem em caráter urgente atender as reivindicações dos produtores. Caso contrário, as esperanças e as perspectivas de investimentos para com o setor produtivo passarão a ser apenas miragem.

 

REDE GLOBO DENUNCIA MATADOUROS CLANDESTINOS

No último domingo, o programa fantástico da Rede Globo protagonizou para todo território nacional, as situações deploráveis de milhares de matadouros ou abatedouros espalhados por esse País afora. As críticas veementes das autoridades se voltaram de forma justificável e fundamentada. Ou seja, em salvas exceções, a funcionabilidade dos mesmos não atendem a legislação vigente, preconizadas pelo Ministério da Saúde e da agricultura. Conseqüentemente, estão na clandestinidade.

No caso específico do município de Alenquer, além do matadouro contrariar parâmetros da vigilância Sanitária, causa danos a meio ambiente. Para se ter dimensão da gravidade, o matadouro foi construído às margens do rio Surubiu, no bairro da Fazendinha, às proximidades de inúmeras residências. O odor exalado torna-se insuportável.

Em suma, é importante ressaltar que, a fiscalização dos matadouros é de inteira responsabilidade da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará -ADEPARÁ. Esta por sua vez, obedece à legislação do Ministério da Agricultura.

Portanto, já que as instituições estão omissões, a questão supramencionada, de tamanha importância no ponto de vista da prevenção da saúde humana, o Ministério Público deve fiscalizar “in loco” os matadouros do Oeste do Pará. Certamente, os funcionários ficarão estarrecidos com o tratamento da carne que está sendo comercializada e consumida.

 

Destaque para o senhor Vicente, seus familiares e professor João Coelho, que participou dos 80 anos de existência do aniversariante na capital do Estado. Nossa página congratula com essa magna data, com votos de parabéns e felicidade.

 

 

 

 

Curuá

AGÊNCIA DOS CORREIOS PRESTA PÉSSIMO SERVIÇO EM CURUÁ

Agência dos correios em Curuá realiza apenas serviços de entregas de correspondências
Agência dos correios em Curuá realiza apenas serviços de entregas de correspondências

Exceto o Posto de Atendimento do Banpará, que por sinal desde sua instalação vem realizado um excelente serviço de correspondente bancário no município de Curuá, as demais instituições estão deixando muito a desejar.

Para se ter dimensão desta caótica situação, a internet dispensa qualquer comentário.

Detalhe, a Agência dos Correios está há quase um mês atendendo apenas nas distribuições de correspondência. Isto é, quando o cliente chega à referida estatal, se depara com um anúncio que os serviços estão paralisados temporariamente porque os sistemas estão em pane.

Dessa forma, no que concerne às operações de pagamentos e recebimentos de boletos, transações  comerciais etc.,  a falta do atendimento está trazendo um verdadeiro transtorno, já que a dita repartição é representante do Banco do Brasil na cidade.

Em síntese, sendo a entidade totalmente do Governo Federal, deve dar um melhor atendimento a clientela como um todo. Pois há bastante tempo a entidade vem trazendo mal estar aos munícipes.

Enfim, quando não é oito é oitenta. Ora, os serviços estão paralisados por arrombamentos seguidos de roubos misteriosos, por incompetência administrativa em resolver os problemas com mais celeridade. Isto, evidentemente sem contar com a morosidade no atendimento, já que a agência disponibiliza apenas de um funcionário no atendimento operacional on line.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *