Polêmica – Vereador investiga recursos da Praça da Bíblia

No local da praça só encontramos mato e um amontoado de entulhos
No local da praça só encontramos mato e um amontoado de entulhos

Usando a tribuna na manhã de segunda-feira, 18/03, o vereador Dayan Serique (PPS), cobrou esclarecimento sobre a conclusão da Praça da Bíblia, em Santarém, Oeste do Pará, que já vem se arrastando há anos e até hoje a mesma não foi concluída e, segundo denúncias que começam a aparecer em jornais escritos, blogs e site de notícias, dão conta que os recursos destinados a obra podem ter sido desviados, o que tem tirado o sono da população santarena, principalmente o segmento evangélico que sonha com um espaço cultural deste porte para a realização de suas celebrações.
O valor total deste investimento supera o montante de R$ 3.000.000,00 sendo que a primeira etapa, nem foi concluída, mas tem um aporte financeiro de R$ 1.589.674,00, mas se resume a um amontoado de tijolos e uma placa jogada na frente da obra.

Dayan Serique acena com CPI
Dayan Serique acena com CPI

As versões são muitas sobre esta praça. Comentários oriundos da voz pública dizem que parte deste recurso (R$500 mil) foi investido no Movimento Pró-Estado do Tapajós, outras dizem que foi simplesmente desviado. O vereador Dayan Serique afirma que não vai deixar esta situação do jeito que está, vai aprofundar as investigações sobre o fato e ele, juntamente com a bancada evangélica (Geovani Aguiar (PSC), Silvio Amorim (PRTB) e Chiquinho da Umes (PSDB)) irão fazer de tudo para que a Praça da Bíblia seja concluída e que caso seja comprovado desvios os culpados sejam punidos.
Fatos: O que era para ser um espaço de lazer, prática de esportes e de fomento da cultura local está se tornando uma dor de cabeça à população santarena e para os responsáveis pela fiscalização do suo dos recursos públicos. O motivo é a paralisação e o sumiço dos recursos que deveriam ser utilizados na construção da então denominada Praça da Bíblia, no bairro do Aeroporto Velho, em Santarém. A obra orçada em mais de R$ 3 milhões teve o dinheiro de sua primeira etapa liberado ainda no ano de 2011. O valor líquido foi de R$ 1.589.674,00. “Passados os 12 meses previstos para a conclusão dessa primeira etapa, o que se vê no local são entulhos e restos de materiais. O retrato do abandono e do mau uso dos impostos pagos pelo cidadão santareno. Já solicitamos informações do Executivo municipal sobre o destino desse recurso e esperamos pela resposta o mais rápido possível para que se possa dar uma resposta à sociedade santarena, que cobra explicações”, disse o vereador Dayan Serique.
Metade dos recursos já foi liberado: Os recursos foram liberados pelo Governo federal por meio de um convênio assinado junto à Caixa Econômica Federal. Segundo o líder do PPS, é notório que em alguns convênios firmados entre o Executivo Municipal e a referida instituição bancária deixaram a desejar no que diz respeito à conclusão das obras. “Algumas ruas da cidade tiveram dinheiro liberado, mas não receberam as obras previstas em contrato. Podemos citar como exemplo a Praça da Bíblia, a Rua Tomé de Sousa no Santarenzinho que recebeu R$ 500 mil para seu recapeamento, mas que não recebeu um palmo de asfalto até hoje”, disparou Dayan Serique.
Para o Vereador, o Executivo Municipal deve criar uma comissão de fiscalização desses convênios para rastrear o destino desses recursos. “Já estou sendo cobrado nas ruas da cidade e devemos dar uma resposta imediata. Queremos saber onde foram para os R$ 1.589.674,00 liberados para a conclusão da primeira etapa da Praça da Bíblia”, disse o líder do PPS na Câmara Municipal de Santarém.
O parlamentar disse que vai pedir mais publicidade sobre o projeto de construção da referida praça, haja vista o montante de recursos liberados destinados à obra. “A cidade tem praças que custaram bem menos do que R$ 1 milhão e o espaço da Praça da Bíblia é bastante pequeno. Queremos saber o que se pensou para esse espaço que vai exigir essa demanda de mais de R$ 3 milhões”, concluiu Dayan Serique.
Através de um Requerimento apresentado na terça-feira, na Câmara Municipal, Dayan Serique está solicitando ao prefeito Alexandre Von, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, o envio à Câmara, cópias das planilhas do quantitativo e custos (valores destinados), cronograma de obras, processo licitatório e o por que da paralisação das obras, com relação à construção da Praça das Bíblia.
Emenda do deputado Zequinha Marinho: O Vereador Geovani Aguiar disse que esta obra é fruto da emenda parlamentar do deputado federal Zequinha Marinho e que informado de tais rumores já entrou em contato com o gerente da Caixa Econômica para resolver os problemas que impedem a conclusão da mesma.
Desvio de recursos: O vereador Dayan Serique disse que é uma questão de honra a conclusão desta praça, para que os cristãos, sejam eles evangélicos e católicos, possam ter um espaço para a realização de suas celebrações, ações culturais e religiosas e que não poupará sob hipótese nenhuma, se comprovado desvios, punir aqueles que se locupletaram dos recursos públicos. Dayan informou, também, que o vereador Reginaldo Campos é quem vinha acompanhando esse processo para construção da referida praça. “Só que misteriosamente esse empenho dele não correspondeu coma conclusão da obra. Nosso papel agora é destravar aonde está travado e nós queremos a conclusão dessa praça, pois a comunidade cristã precisa de um espaço para realizar suas celebrações. Fala-se muito em desvio desses recursos para a campanha do Estado do Tapajós, desvio disso para aquilo, mas o queremos mesmo é apurar e saber aonde está o recurso dessa praça e porque ainda não concluída”, falou o Vereador do PPS.
CPI: “Se for comprovado que houve desvio desses recursos, automaticamente pediremos uma CPI para apurar essa irregularidade, pois não podemos tapar o sol com a peneira, haja vista que fomos eleitos, a população acreditou na gente, e quer que a gente fiscaliza até a última instância o destino dos recursos públicos, que sejam honrados para àquilo que foram destinados. Se for comprovado o desvio do recurso, com certeza iremos pedir uma CPI”, finalizou Dayan Serique.
Reginaldo Campos fala sobre o assunto: O vereador Reginaldo Campos (PSB) disse não entender por que imputam a ele, a culpa pela não conclusão da Praça da Bíblia e afirma que não ocorreu qualquer tipo de desvio e que há anos também luta pela conclusão desta praça.
Reginaldo Campos disse que está sofrendo com a questão relacionada à sua emenda legislativa, onde conseguiu recursos do Governo Federal, para serem aplicados na construção da PRAÇA DE EVENTOS, que logo ficou conhecida como a “Praça da Bíblia”. Ele vê nas redes sociais pessoas colocando o povo em dúvida sobre sua integridade. “Tudo está sendo relacionado ao término da obra”, disse. Ele afirma que continua a luta pela conclusão desta praça e  explica aos demais que não ocorreu desvio nenhum de verbas, destinadas para esta obra que tanto deve beneficiar a população de Santarém. Reginaldo concluiu que nem a Prefeitura e nem ele enquanto Vereador tem acesso ao dinheiro público, daí sua presença na tribuna para manifestar que alguns blogs têm publicado que houve desvio de dinheiro para o plebiscito e campanha política, por parte do Vereador (o que não é verdade).  O Vereador entrou com uma solicitação, através de seu gabinete, pedindo Informações à Secretaria Municipal de Infra-estrutura, qual o real motivo da paralisação da obra? Quanto até hoje foram investidos? Como são realizados os repasses às empresas responsáveis pelos serviços? Se há pagamentos em atrasos? Como se encontram o andamento da 2ª e 3ª etapas, concernentes dos  recursos para a conclusão da obra?
Por: Carlos Cruz

5 comentários em “Polêmica – Vereador investiga recursos da Praça da Bíblia

  • 22 de março de 2013 em 10:39
    Permalink

    os artista do mau humor da praça é nossa:

    os vereadores evangélicos!

    vão trabalhar cabras vagabundos!

    Resposta
  • 22 de março de 2013 em 10:03
    Permalink

    caso esta praça venha ser construída ela vai se chamar ( A PRAÇA É NOSSA)

    Resposta
  • 22 de março de 2013 em 09:52
    Permalink

    eu estou aqui só lendo! agora vou escrever.
    olha o que diz o descarado do cabra vereador: a praça vai ser construída É UMA QUESTÃO DE HONRA! vereador questão de honra e vc procurar trazer melhoria para o bairro em favor do povo que votou em vcs. faça alguma coisa para atender o povo SANTARENO. vereador vcs são a voz do povo na camará municipal. já tem 4 meses de governo e não vejo um vereador andando nas ruas para ver como esta a cidade.
    pegue este dinheiro da obra da praça e faça um nucléo de atendimento ao cidadão santareno.traga melhoria para o povo, esta praça não vai contribuir em nada em santarém.
    coloque lá no nucléo coisa para atender o pobre SANTARENO, aqui as pessoas são carente e precisam de muita coisa. vcs são a voz do povo! a população esta toda contra vcs com esta construção da praça. vereador esqueça esta praça para o bem de todos!

    Resposta
  • 22 de março de 2013 em 09:04
    Permalink

    com certeza o dinheiro foi parar nas contas particulares dos envolvidos

    Resposta
  • 21 de março de 2013 em 16:44
    Permalink

    O Vereador Dayan Serique não está certo, ELE ESTÁ CORRETÍSSIMO EM COBRAR POIS TRATA-SE DE RECURSOS PÚBLICOS: CADE A OBRA (A PRAÇA) CADE O DINHEIRO O(O NOSSO DINHEIRO PÚBLICO)???? Tudo tem que ser muito bem explicado e apresentado com documentos oficiais.
    PARABÉNS AO NOBRE VEREADOR DAYAN SERIQUE E AOS DEMAIS VEREADORES QUE O APOIAREM NESTA CAUSA MAIS DO QUE JUSTA, NECESSÁRIA!
    Vou aguardar o desfecho.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *