Mãe denuncia tráfico de sua filha por casal amazonense

Maria Dinair tinha 14 anos quando foi levada para Manaus
Maria Dinair tinha 14 anos quando foi levada para Manaus

A aposentada Balbina Ferreira Cardoso, natural de Santarém, residente atualmente na cidade de Parintins, no Amazonas, denuncia o desaparecimento de sua filha, Maria Dinair Ferreira Cardoso, na capital amazonense, Manaus. Familiares contam que Dinair nasceu no ano de 1971 e desapareceu em 1985 após ter sido levada para Manaus por um casal amazonense.

De acordo com Balbina Ferreira, sua filha Dinair tinha cerca de 14 anos, na época do desaparecimento. Há alguns anos, segundo ela, a família tinha mudado de endereço da Comunidade de Recreio, na região do Lago Grande, em Santarém, para o município de Parintins, no Amazonas.

“Um casal pediu para levar ela (Dinair) para Manaus, para estudar. Três meses depois, ela mandou uma carta dando notícia de que estava bem e o endereço onde morava. Um dos irmãos fez procuração em Manaus, mas o endereço que constava na carta, nunca existiu”, denuncia a aposentada, desconfiando que sua filha tenha sido vítima de tráfico de pessoas.

Balbina acredita que Dinair esteja viva, mas que perdeu totalmente o contato com os familiares, em Parintins, no Amazonas e, em Santarém, no Pará. Para ela, o casal amazonense que levou Dinair para estudar em Manaus foi o responsável pelo desaparecimento, da então adolescente de 14 anos.

“A família suspeita que o casal raptou Dinair. Até porque meses depois ela parou de escrever as cartas e o casal também desapareceu do Amazonas”, aponta a anciã, reivindicando que quem souber alguma informação de onde esteja Dinair, que hoje deve estar com 42 anos, que entre em contato com os familiares em Parintins ou Santarém.

Crianças são abandonadas na praia do Maracanã: Dois meninos foram abandonados por familiares na praia do Maracanã, em Santarém. Um tem 13 anos e o outro 12 anos. Os dois menores passaram o sábado e o domingo sozinhos na praia, ocasião em que pegaram chuva e passaram fome. Os meninos afirmaram que foram abandonados pelo irmão de 19 anos, sendo a primeira vez que a situação acontece. Segundo eles, seus pais estão na região de garimpo. Na semana passada o Conselho Tutelar registrou uma situação parecida como essa, no bairro Maracanã.

Fonte: RG 15/O Impacto

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *