Central de Atendimento da Celpa passará a atender no Pará

Celpa passará a atender no Pará
Celpa passará a atender no Pará

A partir do mês de maio, a Central de Atendimento ao Cliente da Celpa voltará a atender integralmente no Pará, disponível 24 horas durante os sete dias da semana. A transferência de todo o serviço para o Pará, que hoje funciona cerca de 90% em Campo Grande (MS) é mais um importante passo para garantir a melhoria dos serviços prestados à população paraense. A medida faz parte de um pacote de ações previstas no Plano de Reestruturação da empresa, adquirida em novembro de 2012 e cuja nova gestão tem feito grande esforço para reverter a crise que culminou com um pedido de Recuperação Judicial.

A transferência da Central de Atendimento vai possibilitar a geração de 300 postos de trabalho. O serviço de teleatendimento será feito por profissionais especializados, que conhecem bem as dimensões do Estado e as características de cada região. A operacionalização será feita pela Provider, uma empresa há 15 anos no mercado, com cerca de 10 mil funcionários, especializada em serviços de call center, atendimento presencial e tecnologia da informação.

A Provider tem atuação nacional em 16 estados brasileiros e ainda atua no Chile e em Angola. É ela que opera a Central de Atendimento da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), que figura por dois anos consecutivos no ranking da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) entre as três melhores distribuidoras de energia elétrica do País.

Com larga experiência em teleatendimento para empresas do setor elétrico em várias regiões brasileiras, a Provider atende, a Neoenergia, nos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Bahia; a Light e a Ampla, no Rio de Janeiro; a Eletrobrás, em Alagoas; a Energisa, na Paraíba, Minas Gerais e Sergipe; e a Coelce, no Ceará. “Para cada cliente procuramos inovar, respeitando as características regionais, aplicando as melhores práticas para um atendimento rápido e eficaz, que efetivamente atenda a necessidade de quem está do outro lado da ligação”, informa a gerente Corporativa e de Operações da Provider, Marina Lopes.

Números – A Central de Atendimento ao Cliente da Celpa continuará atendendo pelo número 0800 091 0196. Os 300 profissionais estão sendo contratados e passarão por intenso treinamento durante todo o mês de abril. “O serviço de teleatendimento é fundamental no relacionamento entre a concessionária e seus clientes, por isso estamos priorizando esse investimento, para garantir a facilidade de acesso e a melhoria do atendimento à população paraense”, afirma o diretor Comercial da Celpa, Augusto Dantas.

Por mês, a Central de Atendimento da Celpa contabiliza cerca de 400 mil chamadas. Para o diretor Comercial, esse é um número que expressa a demanda natural do consumidor paraense em ser atendido. “Precisamos de uma estrutura que receba essa demanda e garanta o tratamento das solicitações dos clientes”, comenta Augusto Dantas. Ele explica ainda, que a Celpa buscou uma empresa com experiência no seu ramo para garantir a satisfação dos consumidores paraenses. “Faremos o acompanhamento contínuo da empresa que contratamos para garantir o nível de atendimento mais adequado, respeitando nosso modelo de gestão, que tanto preza pela qualidade e pelo resultado.”

Fonte: RG 15/O Impacto e Tom Lima

 

3 comentários em “Central de Atendimento da Celpa passará a atender no Pará

  • 27 de março de 2013 em 21:15
    Permalink

    Gostariamos de esclarecer que este propalado plano de restruturação da Celpa anunciado pelo Grupo Equatorial. Propõe a demissão de 564 trabalhadores e trabalhadoras.

    Resposta
  • 27 de março de 2013 em 21:11
    Permalink

    Gostariamos de esclarecer que entre os planos de retruturação da Celpa anunciado pelo Grupo Equatorial está prevista a demissão unilateral de 564 trabalhadores e trabalhadoras.

    Resposta
  • 27 de março de 2013 em 11:22
    Permalink

    SANTARÉM E UMA CIDADE BONITA, MAIS DEIXA MUITO A DEZEJAR NA PARTE DE ILUMINAÇÃO PUBLICA, A ESCURIDÃO E TOTAL NA CIDADE.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *