Reforma do Colosso do Tapajós não saiu do papel

Momento solene - Governador em exercício, Helenilson Pontes, assina a ordem de serviço perante autoridades municipais e estaduais
Momento solene – Governador em exercício, Helenilson Pontes, assina a ordem de serviço perante autoridades municipais e estaduais

Um mês depois do Governador em exercício Helenilson Pontes (PPS) assinar a ordem de serviço para a reforma e ampliação do Estádio Colosso do Tapajós, em Santarém, em meio a muita pompa e badalações por parte da mídia local e no Pará, os trabalhos ainda não iniciaram na praça de esportes. Denúncias apontam que o anúncio do início obra tenha sido de cunho eleitoreiro.

Um grupo de pessoas ligadas a área de esporte em Santarém afirma que se dirigiu ao Colosso do Tapajós, na semana passada para verificar de perto as obras de conclusão do Estádio, prometida pelo Governador Simão Jatene (PSDB) desde junho de 2011, em evento de grande repercussão na mídia do Pará.

Mas, segundo eles, o que viram foi um grande “elefante branco”, por conta dos serviços anunciados por Simão Jatene e Helenilson Pontes não terem saído do papel.
Os desportistas criticaram que desde o anúncio feito pelo governador Jatene, até o inicio de abril deste ano, se passaram dois anos e 89 dias que a obra não passou de “propaganda enganosa”. O grupo de desportista diz ainda que diariamente em todas as instâncias da mídia tem se veiculado a conclusão do Colosso do Tapajós.

Por termos recebido diversos e-mails pedindo para que fôssemos ao local verificar a situação de abandono do Estádio, constatamos a paralisação da obra e os desportistas reafirmam que tudo “não passa de mentira”, pelo fato de terem encontrado na praça de esportes apenas, tapume, uma barraca de madeira e diversos operários ociosos sem ter o que fazer.

Operários sem ter o que fazer esperam pelo início das obras que até no momento não tem data para começar
Operários sem ter o que fazer esperam pelo início das obras que até no momento não tem data para começar

Para os amantes do esporte santareno, foi uma surpresa o que viram e sem explicação, por conta do dinheiro para a construção da obra no valor de R$ 20 milhões já ter sido liberado, porém, nenhuma ação por parte das construtoras está sendo feita no local.

O grupo de desportistas relatou, também, que perguntou aos operários o motivo da obra estar paralisada e receberam a informação de que ainda não havia sido liberado o dinheiro por parte do Governador em exercício Helenilson Pontes.
O fato motivou os operários a denunciar o caso. “O Governador mandou, deu a ordem, mas ninguém lhe obedece. Olha só, vê ai, não tem nada… está assim… e ninguém sabe quando vai começar. A data do início da obra ninguém sabe”, disse um operário que pediu para não ter a identidade revelada.

Os desportistas argumentaram que investigaram o “mistério” do dinheiro não ter sido liberado e da obra ter sido paralisada. Eles descobriram que devido a licença pedida pelo governador Simão Jatene, que passou por cirurgia do coração em São Paulo, no mês de março, tudo está travado. As obras em todo o Estado do Pará só devem ser retomadas após o retorno do governador Simão Jatene, ao cargo, que está previsto para esta semana.
Enquanto o sonho de ver o Estádio Colosso do Tapajós concluído ainda passa distante do torcedor Santareno, o Governo do Pará continua divulgando na grande e pequena mídia que está trabalhando a todo vapor e que o povo santareno já ganhou a conclusão da praça de esportes, o que ainda não aconteceu.

 

Fonte: RG 15/O Impacto

6 comentários em “Reforma do Colosso do Tapajós não saiu do papel

  • 2 de abril de 2013 em 22:12
    Permalink

    Acabou o reinado do Vice Helenilson. Comenta-se aqui em Belém, que Jatene não autorizou a vir a Santarém. Jatene esta chateado com O Vice,

    Resposta
  • 2 de abril de 2013 em 19:38
    Permalink

    ESSA CLARA NÃO SABE O QUE DIZ, COLOCA NOME DE DEUS NESSA SITUAÇÃO, VAI TE A …… QUE ISSO, SABEMOS QUE ESSE GOVERNADOR É UM BAITA DE UM MENTIROSO, MAS O POVO DA REGIÃO OESTE DO PARÁ JA SABE DE TUDO, ESSAS OBRAS SÃO ELEITOREIRAS, ANO QUE VEM TEM LEIÇÃO E ESSES POLÍTICOS VÃO TUDO SE FERRAR NAS URNAS… ENTÃO NÃO VENHAM ENGANAR NÓS AMANTES DO FUTEBOL DE SANTAREM E REGIÃO… INFELIZMENTE É ASSIM….LAMENTÁVEL….

    Resposta
    • 3 de abril de 2013 em 00:21
      Permalink

      De Sousa,apresentei meu parecer e vc, se soubesse participar de um debate saudavel, poderia discordar e ponto final, eu respeitaria mas vc me mandar a certos lugares insalubres ruins é muita maldade. Vai pastar, \”meu caro\”.

      Resposta
  • 2 de abril de 2013 em 18:25
    Permalink

    Pra que gastar com estadio de futebol? (ou praça da biblia), O Pronto Socorro parece um deposito de gente, humilhante a condição das pessoas no local, onde passam a noite dormindo em cadeiras. Para construir/ampliar no PSM uma enfermaria com capacidade para pelo menos 50 pessoas tem-se o custo de 300 mil na construção, 100 mil em equipamentos (tudo ja superfaturado) e uma despesa mensal de 100 mil com medicos e enfermeiros a disposição, ou seja da pra tirar 2 milhões do orçamento da assembleia legislativa onde 42 nobres (deputados) gastam mais de 400 milhões por ano para melhorar a saude de 50 pessoas todo dia.

    Resposta
  • 2 de abril de 2013 em 14:53
    Permalink

    Agora o Vice-Governador Helenilson Pontes que está Governador por causa do grave problema de saúde do Jatene , agora o HP ele alem de ser Governador do Pará tem que ser Deus tbm pra fazer a chuva cessar ou fazer mágica pras obras seguirem normalmente nesse INVERNO QUE É SO CHUVA. O Alexandre Von e o Helenilson Pontes tem que ser além do Chefe do executivo , tem que ser Deus! Aqui em Santarém é 8 a 80, não tem meio termo:ou amam ou odeiam . Acredito que a VERDADE DEVERIA IMPERAR INDEPENDENTEMENTE DE SE AMAR O ODIAR fulano. OImpacto é um baita de um Jornal e não ganha nada em ir na corda de blog marca m… que devia ter o nome de BLOG DO BLEFE ou então BLOG DO BOFE, que adora METER nos outros , semear a díscórdia e a mentira deslavada, blog que tem credibilidade ZERO pois é coisa mais rara do mundo ter o comentário de alguém por lá, pois as pessoas que se prezam não vão comentar no blog da mentira!

    Resposta
    • 2 de abril de 2013 em 16:32
      Permalink

      Senhorita Clara,

      Para uma obra que é anunciada desde 2011, conforme a própria matéria relata, não precisa ser Deus para que ela saia do papel e sim força de vontade politica para que ela realmente aconteça. Isso nada mais é que obra eleitoreira, quando chegar meados do fim do ano para o próximo as obras entram a todo vapor e o povo se engana e vota novamente no atual Governandor. Triste realidade da nossa cidade. Exemplo claro também é o Centro de Eventos, Ginásio com capacidade para 5mil pessoas, ou seja, nada disso não saiu do papel, apenas conversa pra boi dormir, aliás, pro povo de Santarém dormir.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *