Jatene travou recursos federais para Santarém

Everaldo Martins Filho abre a caixa preta e critica Jatene, Maia e Von
Everaldo Martins Filho abre a caixa preta e critica Jatene, Maia e Von

O médico e ex-titular da Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), Everaldo Martins Filho (PT), em entrevista exclusiva a “O Impacto” apontou os principais problemas de ordem administrativa ocorridos nos primeiros 100 dias de governo, do atual prefeito Alexandre Von (PSDB). Everaldo declarou que Von ainda não apresentou o seu “time de governo”. Ele criticou também a postura do deputado Lira Maia com relação ao governo de Maria do Carmo. Everaldo afirmou que Von quer “transformar Santarém em Paragominas”, onde segundo ele, o ex-Prefeito e o atual gestor não se entendem com a Câmara de Vereadores. Sobre as obras que ficaram pendentes do último governo, Everaldo destacou que cabe a Von finalizá-las. Acompanhe a entrevista:

Jornal O Impacto: Sobre as declarações do ex-prefeito Lira Maia, com relação a algumas obras que não foram concluídas na gestão da ex-prefeita Maria do Carmo, onde Maia pede ao prefeito Alexandre Von que denuncie, o que o senhor tem a dizer?

Everaldo Martins: As obras que ficaram pendentes, como as do PAC e do Terminal Hidroviário, tenho certeza que serão concluídas. O motivo delas ainda não terem sido finalizadas foi a falta de recursos financeiros, que infelizmente não vieram numa seqüência, mas que agora vão continuar vindo, porque não tem nenhum impedimento que elas continuem sendo liberadas. Agora, tem duas coisas aqui: Primeiro, um dos recursos na ordem de R$ 10 milhões que foi utilizado para a recuperação e pavimentação de avenidas, como a Mendonça Furtado, Borges Leal e outras, era com a interveniência do Estado. O governador Simão Jatene prendeu (travou) esses recursos no primeiro semestre do ano passado e só liberou a última parcela que pagamos no governo da ex-prefeita Maria do Carmo, no mês de dezembro. Isso ele fez só para as obras não fossem concluídas no governo da prefeita Maria do Carmo. Então, a primeira coisa que o governo do Estado fez foi prender o dinheiro que era do Governo Federal, para a Prefeitura de Santarém. Não tinha nem contrapartida do Estado. A contrapartida era da própria Prefeitura, mas infelizmente o governador Jatene reteu o dinheiro.

Jornal O Impacto: Qual o segundo problema de ordem administrativa do Governo Maria do Carmo?

Everaldo Martins: A segunda coisa que eu quero dizer é que quando nós pegamos o Governo Municipal em 2005, depois que Lira Maia tinha terminado sua gestão em 2004, um pedaço de orla que ele fez custou no ano 2000, cerca de R$ 11 milhões, em torno de 500 a 600 metros do cais. Nós fizemos em torno de 300 metros, a segunda etapa da orla, oito anos depois e custou R$ 4 milhões. Então, isso é que ele tem que dar satisfação para a população de Santarém. Como é que um pedaço de orla custou R$ 11 milhões no ano 2000 e 300 metros de orla custou oito anos depois R$ 4 milhões? Está lá a segunda etapa da orla feita, assim como está a primeira.

Jornal O Impacto: O Governo Maia deixou a obra do viaduto inacabada?

Everaldo Martins: O viaduto que ele deixou inacabado em 2004, nós não pedimos prestação de contas extraordinária junto ao DNIT, como fomos orientados, porque também tinha suspeita de fraude na obra. Não fizemos isso porque a obra não ia ser concluída e não nos interessava paralisar os serviços no viaduto, que custou em torno de R$ 6 milhões. Quase R$ 3 milhões foram liberados no governo do Lira Maia e, quem tem memória se lembra como o viaduto estava no final de 2004. Os outros poucos mais de R$ 3 milhões foram liberados no governo da ex-prefeita Maria do Carmo, que concluiu a obra, inclusive, com a duplicação do primeiro quilômetro da rodovia Fernando Guilhon, o qual está sendo continuado agora e, eu espero que o prefeito Alexandre termine.

Jornal O Impacto: Além do viaduto, outras obras ficaram por terminar na gestão de Lira Maia?

Everaldo Martins: Obras que eventualmente ficaram por terminar no governo do ex-prefeito Lira Maia, como a segunda etapa da orla e do viaduto for concluída no governo da ex-prefeita Maria do Carmo, desde que não foi feita a tomada de conta extraordinária. Agora, o que está acontecendo e, que está sendo continuado o asfalto da Mendonça Furtado, um pedaço da Cuiabá, da Borges Leal, da Marechal Rondon, que são todos recursos deixados por nosso governo, com recursos do Governo Federal, alguns até com recursos do Governo Estadual. A obra da Gonçalves Dias, se for continuar, não é recurso do governo do Estado é sim da Prefeitura. Agora, se o governador Jatene liberar um aditivo para o Alexandre vai dar para concluir a Gonçalves Dias.

Jornal O Impacto: O atual Prefeito deve continuar as obras pendentes do Governo Maria?

Everaldo Martins: É preciso que o atual Prefeito continue as obras. A Interpraias, que é um projeto do ex-prefeito Lira Maia, o nosso governo atravessou um projeto em torno de R$ 35 milhões para terraplenagem. A gente espera que agora o prefeito Alexandre Von conclua a Interpraias, inclusive asfaltando na medida do possível. Eu acho que o tempo institucional e dos recursos financeiros, dos impactos ambientais, isso tudo deve ser levado em consideração, principalmente num País como o nosso que quer que fortaleça a Democracia e principalmente que os recursos sejam utilizados com transparência.

Jornal O Impacto: Muitos vereadores dizem que estão chateados com a nova administração por não existir diálogo entre a Prefeitura e Câmara. Com a experiência que o senhor teve no governo municipal, o que falta para a Prefeitura e a Câmara caminharem no mesmo sentido?

Everaldo Martins: Sobre a relação com a Câmara de Vereadores, eu acho que o Prefeito deve se pronunciar com cada um dos parlamentares. No nosso governo e até onde sei, os outros prefeitos fizeram a mesma coisa, você precisa dar governabilidade no Município. O Prefeito precisa ter uma relação com o Poder Legislativo, que faz parte do governo municipal junto com o Poder Executivo e precisa ter uma relação que permita essa governabilidade. O primeiro presidente da Câmara quando a Maria do Carmo foi Prefeita, foi a vereadora Beth Lima, que foi eleita pela oposição. Nós tratamos de ter uma relação com ela o mais civilizado e republicano possível e, que fosse garantir para a Prefeitura a governabilidade. Eu acho que é isso que falta acontecer. O prefeito Alexandre Von está querendo transformar Santarém em Paragominas. Lá o ex-prefeito de Paragominas, bem como o atual se relacionam mal com a Câmara de Vereadores. É um desprezo que existe lá com o Poder Legislativo, porque o Prefeito dela acha que a população também despreza o Poder Legislativo. Temos certeza que aqui em Santarém é diferente.

Jornal O Impacto: Quais os principais problemas dos primeiros meses do Governo Von?

Everaldo Martins: Acho que o principal problema dos 100 dias do atual Prefeito, é que infelizmente, ele ainda não disse quem é o time dele. O deputado Lira Maia é mesmo do time dele? Cadê os secretários do time do Lira Maia? O deputado Nélio Aguiar e Alexandre Von ficaram de braços dados durante a campanha. Onde é que está a turma do Nélio? Será que é desprezível? Os 11 vereadores que se elegeram com o Alexandre, são desprezíveis agora depois que ele ganhou a eleição? Então, dessa forma ele não tem um time. O governador Simão Jatene ainda não veio em Santarém em 90 dias de governo do Von. Tudo bem que ele adoeceu, mas Graças a Deus melhorou, porém, ele não veio aqui. Cadê o Estádio, que ia ser feito com o alinhamento entre Von e Jatene, sendo o principal dentro do governo? Vou citar primeiro o exemplo do ex-prefeito Lira Maia: Ele governava junto com o próprio Alexandre (Secretaria de Planejamento), com o ex-coordenador de desenvolvimento urbano, Roberto Branco; o Jaci Barros que era o secretário de agricultura. Mas, cadê a equipe do prefeito Alexandre Von? Onde é que está? Com estes questionamentos, Everaldo Martins Filho mostra como anda a administração do prefeito Alexandre Von.

Por: Manoel Cardoso

3 comentários em “Jatene travou recursos federais para Santarém

  • 12 de abril de 2013 em 15:40
    Permalink

    Eh muita cara de pau desse senhor aparecer agora como se ele fosse o dono da verdade. A verdade eh que sprecisa de gente séria e esses que sairam , bem como esse que estar jah demosntrarm que não tem capacidade e interrese para fazer as coisas.

    Resposta
  • 12 de abril de 2013 em 10:46
    Permalink

    \”Everaldo Martins abre caixa preta e critica Jatene, Maia e Von\”.

    Meu Deus, Everaldo Martins criticando Alexandre Von e Lira Maia? falando em transparência na utilização de recursos públicos? Isso parece piada contada lá na garapeira do caxiado. Everaldo deveria isso sim, junto com sua irmã, é explicar ao povo de onde tirou os recursos para multiplicar por 1.000 seu patrimônio á frente da PMS. Everaldo Martins já deveria é estar preso por vários crimes contra a Administração Pública. Uma pessoa que sistematicamente subtraiu dinheiro público não tem lastro moral para tanto e dar lições a quem quer seja.

    Resposta
  • 11 de abril de 2013 em 21:05
    Permalink

    JOAQUIM BARBOSA MERECE O APOIO DA SOCIEDADE
    A OPINIÃO DO MINISTRO DO SUPREMO JOAQUIM BARBOSA, não foi desrespeitosa, até por que o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL sabe tudo sobre os desmandos de JUIZES, DESEMBARGADORES, PROMOTORES, DEPUTADOS, SENADORES, E PRESIDENTE E EX-PRESIDENTES DA REPUBLICA BRASILEIRA, defendendo a corrupção, lavagem de dinheiro desses e de outros canalhas do poder.
    As ASSOCIAÇÕES DE JUIZES querem denegrir os comentários do PRESIDENTE DO STF, por que eles sentiram que seus falsos poderes começaram a levantar um forte cheiro ou odor, que os abutres dificilmente serão afastados deste mal produzido em seus desmandos como vendas de sentenças lavagem de dinheiro, e limpezas de fixas sujas. A criação de novos TRIBUNAIS é dar o poder de alastrar essa pratica maligna e defender os trezentos e setenta e um DEPUTADO que aprovaram esses TRIBUNAIS do mesmo jeito que eles aprovam os salários deles na calada da noite e SORRATEIRAMENTE COMO DE COSTUME.
    A ORDEM DOS ADVOGADOS postou nota falando que as pessoas que quisesse denunciar algo contra o GOVERNO FEDERAL que enviasse para a ORDEM DOS ADVOGADOS, O BRASIL TODO ATENDEU esse pedido inclusive JOÃO DE DEUS FERREIRA, A Ordem só queria sentir o tamanho do odor e dizer para o dono da podridão quem estava mandando as denuncias devemos ter muito cuidado com esses canalhas. A ORDEM DOS ADVOGADOS FAZ PARTE DESTE COLOIO.
    O PRESIDENTE DA CAMERA DOS DEPUTADOS PROFANOU O NOME DE MEU PAI dizendo que deus não sabe DEPUTADO HENRIQUE EDUARDO ALVES o solo que você pisa pertence ao PODEROSO DEUS DE ABRÃO e tudo que você vê a comida que você come a agua que lava esse corpo imundo essa boca suja pertence ao meu PAI O PODEROSO DEUS VOCE DEPUTADO É COM SERTESA UM CANALHA CEGO.
    As SOCIEDADES BRASILEIRAS DO BEM COMO FONCIONARIOS PUBLICOS E TRABALHADORES EM GERAL os trabalhadores honestos destes PAIS devem defender com postagens enviadas a estes que está denegrindo o trabalho honesto do MINISTRO JOAQUIM BARBOSA que está a favor de todos que produz as riquezas deste PAÍS, QUE INFELISMENTE ESTÁ CHEIO DE CORRUPTOS NO GOVERNO.
    QUERO LEMBRAR AOS Sres. QUE O FRIGORIFICO JBS É A MESMA FRIBOI são os mesmos da carne de cavalo e animais sem inspeção. Pois todo o Governo está encima do palanque inclusive a Dilma e a GLOBO que mostrou para vocês um garroto propaganda que a carne do JBS E FRIBOI era confiável essa carne corrói o cérebro dos seus filhos segundo uma universidade de pesquisas Americana e JD. O garoto propaganda é desta mesma televisão que faz entrar em suas casas programas iguais Moulin Rouge e Bataclan e eles não estão nem ai o negocio deles é chegar ao sexo explicito.
    E PARA VOCES TIRAREM UMA CONCLUSÃO DESTE GLOBO DE TELEVISÃO, e o GOVERNO DILMA, JOÃO DE DEUS FERREIRA mostrou projeto pra dengue a mesma pratica foi mostrado no Globo no programa de Fatima Bernardes, a amostragem do Globo é copia já conhecida por milhares de pessoas e tem a sigla JD e o resto da ideia está com JOÃO DE DEUS FERREIRA vocês só chegam até aonde eu quero.
    AQUELA ONU que manda bombardear Países ricos em petróleo por ordem dos seus donos está de joelhos pedindo que vocês enviem algum projeto para Brasília para eles analisar. ONU e DILMA querem os projetos para melhor pisar na população e aumentar a corrupção.
    ONU, IGREJA CATOLICA, DILMA, EDIR IGREJA GLOBO E OUTROS são todos farinhas de sacos sem fundos nunca enche e sempre mentindo para está bem na foto.
    O PODEROSO DEUS DE ABRAÃO ESTÁ REUNINDO A SUA IGREJA E LÁ NÃO TEM SACOLINHA.
    JOÃO DE DEUS FERREIRA.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *