MILTON CORRÊA

MEDICINA HOLÍSTICA

De acordo com Hiramildo Sousa terapeuta holístico, radicado em Santarém, a Medicina Holística é conhecida popularmente como medicina natural e atua mais em cima da remoção de causas, ou seja, não trata doença, trata o doente.

Quais as técnicas naturais usadas pela Medicina Holística para tratar os doentes?

Explica Hiramildo que existem muitas técnicas que são usadas pela Medicina Holística como a Fitoterapia, Trofoterapia, Dietoterapia, Sucoterapia, Hidroterapia, Geoterapia, Massoterapia, Iridologia entre tantas outras.

Hipócrates conhecido como o “Pai da Medicina” que viveu no século XVI não era médico e sim filósofo, usava técnicas naturais para tratar os doentes.

Quem são os profissionais autorizados a usarem estas técnicas?

São aqueles que tenham conhecimento e habilidade no desempenho destas técnicas e estejam sindicalizados no SINTE (Sindicato dos Terapeutas) e filiado ao Conselho Federal de Terapia localizado em São Paulo, vale ressaltar que este é o único sindicato autorizado pelo Ministério do Trabalho a reger esta categoria.

 

Qual a posição da Organização Mundial da Saúde sobre este assunto?

A Organização Mundial da Saúde diz que nos países pobres onde a população não tem acesso a medicamento alopático que se produza os remédios fitoterápicos, a exemplo da Índia e Cuba que já acontece há muitos anos.

Hiramildo Sousa diz que aqui no Brasil ele pode citar a cidade de Cabo de Santo Agostinho, Nazaré da Mata em Pernambuco, e a Universidade Federal da Paraíba que já produzem este tipo de medicamento natural.

A Lei Municipal de Santarém de n.º 19.195, de 28 de dezembro de 2012, de autoria do Vereador Reginaldo Campos autoriza o uso destas técnicas naturais pelos profissionais qualificados.

 

Minha homenagem ao dia do Índio

 

Índio nu

Por Milton Corrêa (*)

Índio!

Não poderias ser assim chamado

Se teu nu viesse a ser vestido

Te manifestas às vezes

Ou ficas calado

Por não sabermos conviver contigo  

A tua raça

Tua cor

E tua nudez

São antagonismos

A nossa estupidez

Além de humano

És natural

E a minha sede de progresso insano

Ameaça tirar-te do real

Nosso conceito de progresso se difere

Eu pelo egoísmo humano

Tu pelo natural

Tão bela quanto a tua nudez

É a natureza que Deus fez

Que igual a ti está ameaçada

Destruo a floresta

Mato os passarinhos

Não sei preservar nenhum pouquinho

Se minha culpa agora reconheço

Perdoa – me

Índio nu

Filho da mata  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *