Centro Cultural João Fona: A memória da história santarena

Museu João Fona
Museu João Fona

Nesta terça-feira, 27, o Centro Cultural João Fona (CCJF) completará 22 anos de atividade. Em comemoração a data, a partir das 9h, haverá a exposição de banners para contextualizar história de Santarém, do patrono do museu e fundadores. Durante esta semana, de 8h às 17h, a visitação será voltada para o aniversário da instituição. O espaço é utilizado exclusivamente com finalidades culturais, dando-se prioridade para a instalação, em suas dependências, de um museu capaz de fornecer uma visão abrangente da história santarena, obedecendo ao que determina a Lei Municipal de nº 13.791 de 27 de agosto de 1991.

Centenas de turistas visitam Museu diariamente
Centenas de turistas visitam Museu diariamente

O diretor do CCJF, Laurimar Leal, destaca a importância das ações da instituição nos âmbitos educacional e cultural. Segundo ele, uma grande parte  da história de uma cidade está no museu. “Podemos afirmar que o Centro Cultural João Fona é a sala  de visita da nossa cidade”, ressalta.

Atualmente, o CCJF recebe visitantes de outros estados e das mais variadas nacionalidades. Nas rotas turísticas internacionais, do mês de outubro a março, é um dos locais mais visitados por estrangeiros. O local já abrigou a Cadeia Pública, em 1868, o Ministério Público de Justiça (Fórum de Justiça), Intendência Municipal (Prefeitura de Santarém), Câmara de Vereadores e Prefeitura de Santarém. Segundo Laurimar Leal, a edificação do local iniciou  em 1853 com término em 1867.

Artista plástico Laurimar leal é o diretor do Centro Cultural João Fona
Artista plástico Laurimar leal é o diretor do Centro Cultural João Fona

Fonte: RG 15/O Impacto e CCOM/PMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *