Policias culpam governo por falta de diálogo

Protestos dos policias
Protestos dos policias

Trabalhadores da segurança pública estadual realizaram assembleia na noite de segunda-feira (11), juntos a outras categorias de servidores estaduais, para definir a paralisação do dia 20 (quarta-feira). De acordo com o cabo Quadros, coordenador da Associação de Defesa dos Direitos dos Militares do Pará (ADDMIPA), a reunião foi realizada com alguns desfalques, já que muitos policiais estão velando o corpo do sargento Hélio Franco, que levou um tiro em fuga de bandidos.

O governo marcou duas reuniões com algumas categorias. Os policiais militares serão recebidos dia 18 e os policiais militares dia 19 por representantes do governo, para expor as suas reivindicações e fechar um possível acordo para melhorar o sistema de segurança pública no Pará. “Só fomos procurados na última sexta-feira (08) pela Alice Viana, Secretária de Estado de Administração – Sead, depois da nossa manifestação. Antes disso protocolamos vários ofícios e nunca fomos recebidos pelo governo para uma conversa”, desabafou o cabo.

Nesta terça-feira os policiais vão fazer um cortejo até o Aeroclube do Pará junto ao corpo do sargento Hélio, que irá até o estado do Maranhão, para ser sepultado. No local haverá ainda uma homenagem, onde velas serão acendidas.

Fonte: DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *