Dr. Gilberto: “Indultos são responsáveis por muitos assaltos”

Superintendente Gilberto Aguiar
Superintendente Gilberto Aguiar

Em menos de 8 horas três assaltos em grandes proporções foram registrados na segunda-feira, 11, em Santarém, Oeste do Pará. Na madrugada de segunda-feira, segundo fontes, assaltantes adentraram no depósito da cervejaria Schin, no bairro do Cambuquira, em Santarém e roubaram a quantia de R$ 100 mil.

Ainda na madrugada de segunda-feira, outro assalto foi registrado em Santarém. Desta vez o delito aconteceu no Sindicato Rural de Santarém (Sirsan), na grande área da Prainha. Após arrombar o prédio e antrarem nas dependências do Sirsan, os bandidos levaram o cofre, onde estavam R$ 8 mil. Os assaltantes serraram a grade da janela e conseguiram entrar no estabelecimento onde estava o vigilante.

Segundo a diretoria do Sirsan, o vigilante informou que o assalto aconteceu por volta de 1h da madrugada. Dois homens, armados com revólver, amarraram o vigia. Em seguida, retiraram o cofre e levaram em um carro que estava parado do lado de fora do prédio. O vigia foi deixado na área de lazer do Sindicato até às 5h da manhã, quando conseguiu se desamarrar. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil.

O delegado Jardel Guimarães, que preside o Inquérito, garante que as investigações já iniciaram. “O fato foi devidamente comunicado. Nós imediatamente requeremos a perícia necessária, bem como expedimos ordem de missão dos nossos investigadores à chefia de operações para que possam fazer as investigações necessárias, no sentido de individualizarmos a conduta dessas pessoas e identificá-las no procedimento criminal”.

OUTRO ASSALTO: Por volta de 10h, assaltantes em uma motocicleta adentraram em um comércio localizado na esquina da Travessa Plácido de Castro, com Avenida Silva Jardim e roubaram a quantia de US$ 15 mil e R$ 500,00, em espécie.

Segundo o delegado Jardel Guimarães, todos os assaltos estão sendo investigados, onde os Boletins de Ocorrência já foram devidamente registrados na 16ª Seccional da Polícia Civil e a chefia de operações está em campo tentando prender os autores dos delitos. “As vítimas procuraram a Seccional, onde fizeram o registro. Agora, várias diligências estão sendo feitas, no intuito de encontrarmos os autores dos fatos e colocá-los na cadeia”, garante Dr. Jardel.

PREOCUPAÇÃO: A grande onda de assaltos e homicídios em Santarém preocupa a população local. A Polícia Civil trabalha para solucionar os crimes. E aponta parte deles aos indultos que são concedidos aos detentos.

Os registros de homicídios, assaltos e tentativas desses crimes cresceu desde outubro deste ano, quando 115 detentos foram beneficiados com o indulto do Dia das Crianças e quatro não retornaram a casa penal. O indulto é um direito que é garantido por lei, mas segundo a Polícia Civil, é responsável por boa parte dos crimes registrados.

Segundo o titular da Superintendência da Polícia Civil do Baixo e Médio Amazonas, delegado Gilberto Aguiar, os registros de homicídios, tentativas de homicídio, assaltos e tentativas de assalto, parte deles estão ligados ao tráfico de drogas, acerto de contas e crimes de pistolagem.

De acordo com o superintendente de Policia Civil, a situação é atípica e está tendo total empenho dos órgãos de segurança pública para que sejam solucionados.

Com a aproximação das festas de final de ano e a grande movimentação de pessoas e dinheiro na cidade a preocupação está em reforçar o policiamento e as estratégias de segurança pública.

Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Dr. Gilberto: “Indultos são responsáveis por muitos assaltos”

  • 17 de novembro de 2013 em 14:01
    Permalink

    Esse Delegado so faz falar, vazer que e bom nada. E outra nao e Indulto e sim saida temporaria. Santarem esta muito violenta ja esta na hora de mudanças no comando da Policia Civil de Santarem, prescisamos de um Delegado linha de frente pra combater a criminalidade.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *