Irmão José Ricardo morre aos 80 anos

Irmão José Ricardo foi homenageado pela Alepa em 2013, através do deputado Nélio Aguiar
Irmão José Ricardo foi homenageado pela Alepa em 2013, através do deputado Nélio Aguiar

Morreu nas primeiras horas desta quarta-feira (16), o ex-diretor do Colégio Dom Amando (CDA), irmão José Ricardo Kinsman, em Santarém, Oeste do Pará. O religioso norte-americano da Congregação dos Irmãos Santa Cruz passou mal e precisou ser internado em um hospital particular da cidade na terça-feira (15), o quadro clínico se agravou, ele acabou sofrendo um infarto e morreu.

Segundo os funcionários do colégio, ele começou a se sentir mal ainda na semana passada. “De sexta-feira para cá ele não estava bem e estava com problemas estomacais e febre alta. No final da tarde estive com ele, conversei e ele não estava bem, mas disse que iria ficar”, disse o coordenador da pastoral do CDA, Alberto Portela.

José Ricardo foi diretor do Dom Amando por 45 anos e contribuiu com a educação no município. O irmão Sérgio Stolf, diretor financeiro do CDA, lembra-se da dedicação do religioso à educação.“Vai deixar saudade por tudo o que fez, mas está ao lado do pai olhando por nós e que Deus o acolha”, pediu

HISTÓRICO: O norte americano natural da Filadélfia chegou a Santarém, em 1962, como voluntário da Congregação dos Irmãos de Santa Cruz. O envolvimento com a educação começou na sala de aula, como professor. Em 1968 foi nomeado diretor do Colégio Dom Amando. Entre as características marcantes: um caminhar lento pelos corredores do colégio, mas era desta forma que ele acompanhava tudo o que acontecia no CDA.

Em outubro de 2013, deixou a direção do Dom Amando e passou a ser conselheiro. A dedicação e a seriedade do religioso foram determinantes para o sucesso da educação oferecida pelo colégio, responsável pela formação de muitos profissionais.

HOMENAGEM DA ALEPA: Em sessão solene da Assembléia Legislativa do Pará, realizada no dia 10 de outubro de 2013, foram homenageadas 39 personalidades, escolhida pelos deputados estaduais para receberem a comenda Mérito Nossa Senhora de Nazaré. O deputado Nélio Aguiar (DEM) fez sua indicação ao irmão José Ricardo Kinsman, que há mais de 50 anos se dedica a educação e evangelização do povo católico na região Oeste do Pará, como diretor-presidente do Colégio Dom Amando.

Irmão José Ricardo ao chegar à sede da Assembleia Legislativa ficou muito emocionado ao ser recebido por vários ex-alunos do Colégio Dom Amando que o saudaram. Na ocasião, Irmão José Ricardo se disse satisfeito e retribuiu o mérito do seu trabalho a todos que fazem parte do Colégio Dom Amando. “Eu também sou ex-aluno do Colégio Dom Amando e indiquei o irmão José Ricardo como forma de reconhecimento pela escolha ao trabalho educacional dedicado para a vida cristã desenvolvida pela congregação dos irmãos da Santa Cruz no Oeste do Pará”, disse Nélio Aguiar.

VELÓRIO: O corpo do irmão José está sendo velado desde às 6h30 desta quarta na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. O sepultamento ocorrerá pela parte da tarde.

Fonte: RG 15/O Impacto e G1

3 comentários em “Irmão José Ricardo morre aos 80 anos

  • 16 de julho de 2014 em 22:07
    Permalink

    Minha eterna gratidão aos ensinamentos, a amizade, aos momentos de descontração nos corredores do Dom Amando, às orientações de vida do grande Amigo e Irmao José Ricardo. Será sempre lembrado pela sua história, pela sua sabedoria, pela sua dedicação profissional, pela sua luta pela educação.
    Foi uma honra tê-lo como meu Mestre.
    Zayra Pantoja

    Resposta
  • 16 de julho de 2014 em 19:54
    Permalink

    No seu funeral , igreja , cortejo e enterro estavam lotados . Tive a honra de ser aluno do Irmão Jose Ricardo e até nos últimos dias de aula ele recebia os alunos do Amandinho pessoalmente . Santarém tem uma divida impagável com esse grande santareno nascido nos Estados Unidos . Obrigado por tudo Irmão , va´ para junto de DEUS.

    Resposta
  • 16 de julho de 2014 em 18:07
    Permalink

    Fui aluno do Dom Amando por sete anos, e durante este tempo apredi a admirar o trabalho – melhor dizendo, sacerdócio – do Irmão José Ricardo. Por trás da sua seriedade, eu senti sempre que ele tinha um enorme carinho por todos nós, estudantes do CDA. Sua consciência de disciplina impregnava a todos nós, que o respeitávamos não pelo seu poder, mas por uma autoridade exercida visando o nosso bem. Todos nós, de Santarém, sabemos o quanto devemos a ele.
    Registro aqui meu profundo sentimento por este grande Irmão.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *