Médicos ameaçam paralisar em Santarém

Secretária Valdenira Cunha
Secretária Valdenira Cunha

Os médicos que prestam serviços ao Hospital Municipal de Santarém ficaram sem receber seus vencimentos e passaram o Natal sem dinheiro. Tal situação deixou a classe indignada e possivelmente haverá uma paralisação nos primeiros dias do ano de 2015.
A secretária Valdenira Cunha está de férias e a Secretária adjunta Livia Corrêa pediu exoneração do cargo. Há comentários de que Valdenira Cunha não voltará a assumir a pasta da saúde de Santarém e o sonho do prefeito Alexandre Von é ver o médico e deputado estadual Nélio Aguiar à frente da Secretaria de Saúde de Santarém.
PREFEITURA SE PRONUNCIA: A Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), esclarece que o recurso de Média e Alta Complexidade (MAC) para pagamento dos médicos do Hospital Municipal, que deveria ter sido repassado ao Município no último dia 10/12, somente foi liberado no dia 23/12, pelo Ministério da Saúde, e transferido no mesmo dia à empresa (EMED – Sociedade dos Médicos do Oeste do Pará LTDA) que faz o repasse aos profissionais médicos do Hospital Municipal de Santarém (HMS).
A Prefeitura esclarece, portanto, que o atraso do referido pagamento deveu-se ao atraso do repasse da verba específica pelo Ministério da Saúde, o que foi normalizado no ultimo dia 23/12.
MÉDICOS DO HOSPITAL REGIONAL TAMBÉM ESTÃO SEM RECEBER: Os médicos do Hospital Regional do Baixo Amazonas também ficaram sem receber seus salários. A Pró-Saúde, que administra o HRBA, não pagou a categoria no dia 05 de dezembro, referente ao mês de dezembro e os comentários são de que os salários dos profissionais de saúde só serão pagos na primeira quinzena de janeiro de 2015, fato que deixou a classe revoltada.
Fonte: RG 15O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *