Morre o fundador do Sistema Guarany de Comunicação

Otávio Pereira
Otávio Pereira

Faleceu por volta das 2:30 horas da madrugada desta quarta-feira (28), vítima de um infarto, o senhor Otávio José de Siqueira Pereira, mais conhecido por Otávio Pereira, aos 87 anos, fundador do Sistema Guarany de Comunicação e um dos ícones da comunicação na região Oeste do Pará.

HISTÓRICO: Otávio José de Siqueira Pereira, popularmente conhecido por Otávio Pereira, nasceu no dia 20 de novembro de 1927. Otávio começou sua história na comunicação ainda na adolescência, quando acompanhava seu pai Leonel Gonçalves Pereira, que na época exercia a profissão de contabilista da antiga Fundação SESP. Otávio Pereira já exibia filmes no referido órgão, depois começou a animar festas de aniversários em casas de famílias na época da vitrola; ainda solteiro adquiriu sua companheira bicicleta preta, divulgando vários tipos de anúncios, inclusive funerais. Depois, em um veículo Aeroillys e, no início dos anos 50 passando para o famoso Jeep verde, que muitos ainda se lembram. Ele era o motorista e o próprio locutor, falando ao vivo. Foi daí que tudo começou. Otávio Pereira ingressou no serviço público (Banco da Amazônia) e constituiu a empresa J. P. Publicidade, em nome de sua saudosa esposa Jacira Macedo Pereira, com nome de fantasia Serviço de Propaganda Volante Guarany, nome dado pelo saudoso Osmar Simões, locutor esportivo que tinha uma grande amizade com Otávio, nome que até pesa na história do meio da comunicação no Oeste do Pará. Passou a cobrir tradicionais festas religiosas e juninas, as chegadas dos presidentes da República, como Jânio Quadros, Emilio Garrastazu Médici, Geisel e Figueiredo. Fundou junto com seus colegas Márlio Cunha e Ércio Bemerguy a empresa EMO Promoções, promovendo grandes Shows artísticos com cantores nacionais e culturais, como a Feira da Cultura Popular. Otávio Pereira por vários anos foi presidente social do seu clube de coração, o São Francisco, sendo que na sua gestão chegou a concluir a sede na Av. Rui Barbosa, que hoje não existe mais.

Otávio Pereira com filhos e funcionários em novas instalações
Otávio Pereira com filhos e funcionários em novas instalações

O famoso Jeep de propaganda volante, quando tudo começou
O famoso Jeep de propaganda volante, quando tudo começou

No início da década de 80 surgiu a oportunidade de concessão de Rádios para Santarém, uma AM e outra FM, sendo optada pela FM. Como Otávio Pereira ainda continuava como funcionário do Banco da Amazônia, abriu com seu próprio capital a empresa Rádio Guarany de Santarém Ltda, em nome de seus dois filhos mais velhos, Ademir e Ademilson Macedo Pereira, que desde criança já ajudavam seu pai nos serviços de cobertura de som e propaganda volante. Na década de 90 foi alterado o contrato social do Serviço de Som, para Guarany Comércio e Serviço Ltda, da qual faz parte também a SYGNUS CLUB, onde entraram outros filhos como sócios.

Otávio Pereira superou as adversidades com o falecimento de sua esposa Jacira Macedo Pereira e de seus dois filhos mais velhos Ademir e Ademilson Macedo Pereira. Mesmo assim, seu Otávio conseguiu suportar essas perdas e continuou sua vida de aposentado e de pai de família. Mas vinha sofrendo problemas de saúde e na terça-feira pediu a sua filha Aliete Pereira para ir ao mercado e foi atendido. À noite começou a sentir pequenas dores no peito, com sintomas de uma gripe e na madrugada desta quarta-feira, quando seus familiares entraram em seu quarto ele falou que não estava se sentindo bem. Imediatamente seu médico cardiologista foi chamado, mas não resistiu e faleceu. A equipe médica confirmou que Otávio Pereira teve um infarto fulminante.

Então, por essa história, de um homem simples, que estudou no Colégio Dom Amando somente até a 2ª série do ginasial, mas com muita responsabilidade e garra lutou junto de sua saudosa esposa Jacira Macedo Pereira e de seus doze filhos, sempre pensando na família e no progresso de sua terra natal, que não podemos esquecer de homenageá-lo e de lembrar que ele foi o fundador do SISTEMA GUARANY DE COMUNICAÇÃO.

Otávio Pereira (centro) e Padre Valdir Serra na cerimônia de inauguração da rádio
Otávio Pereira (centro) e Padre Valdir Serra na cerimônia de inauguração da rádio

Zagueiro Belterra, que defendeu Remo, Tuna, Paisandu e São Francisco, no velório de Otávio Pereira
Zagueiro Belterra, que defendeu Remo, Tuna, Paisandu e São Francisco, no velório de Otávio Pereira

VELÓRIO: O corpo de Otávio Pereira está sendo velado na capela mortuária da Pax Dourado, localizada na Travessa 7 de Setembro, no bairro da Aldeia. O sepultamento ainda não está confirmado se será nesta 4ª feira, pois uma filha que Mora em Manaus está sendo esperada para o sepultamento.

Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Morre o fundador do Sistema Guarany de Comunicação

  • 2 de fevereiro de 2015 em 06:52
    Permalink

    Condolências à família. Gente do bem.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *