Professores interditam Rodovia BR-163 em Santarém

Revolta dos professores é contra Jatene e Helenilson
Revolta dos professores é contra Jatene e Helenilson

Em protesto contra aos desmandos do governador Simão Jatene em relação è educação pública no Estado e falta de diálogo para colocar um fim na greve que iniciou no dia 25 de março último, um grupo de professores interditou a rodovia Santarém-Cuiabá (BR-163), próximo a Serra do Piquiatuba, no bairro do Cambuquira, em Santarém, por volta de meio dia, desta terça-feira, 26.
Portando faixas e cartazes, vestidos com camisetas a caráter e sentados em cadeiras no meio da rodovia, os professores mostram sua indignação com o desrespeito do governador Jatene, com os profissionais de educação.

Um ônibus foi colocado atravessado interditando Rodovia
Um ônibus foi colocado atravessado interditando Rodovia

A interdição está prevista para encerrar por volta de 17h, desta terça-feira. Além de camisetas com a frase “Respeite a Educação”, os professores expressam revolta direcionada à Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio de um cartaz com a seguinte frase: “Jatene e Helenilson, negociar faz bem a educação”.

Fechamento da Rodovia causou engarrafamento no local
Fechamento da Rodovia causou engarrafamento no local

No dia 11 deste mês, a 5ª Unidade Regional de Ensino (5ª URE), de Santarém garantiu que onze escolas da rede estadual retornaram as atividades. Entre as instituições que voltaram as aulas estão: as escolas São Francisco, Frei Othmar, Dom Thiago, Almirante Soares Dutra, Rodrigues dos Santos, Júlia Gonçalves Passarinho, Aluísio Martins, São Raimundo Nonato, Gonçalves Dias, Felisbelo Jaguar Sussuarana e São Felipe.
Segundo a 5ª URE, 900 professores lotados em Santarém, Belterra, Mojuí dos Campos e Aveiro aderiram à greve. Porém, parte deles já retornou as atividades normais.

Professores sentados em cadeiras no meio da Rodovia
Professores sentados em cadeiras no meio da Rodovia

O Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública do Pará (Sintepp) disse que o governo não entrou em negociação para solucionar as reivindicações da categoria. Os servidores cobram a reforma das escolas, aprovação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) voltado para funcionários de escola, e solução de problemas relacionados à lotação dos servidores em 2015.
Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Professores interditam Rodovia BR-163 em Santarém

  • 26 de maio de 2015 em 19:51
    Permalink

    Os alunos da rede estadual de ensino continuam sendo prejudicados de forma vergonhosa, há cerca de dois meses. Está na hora da mídia colocar em destaque o que pensa a população, os pais e também os alunos, a parte mais interessada que vai prestar os exames como o enem e outros. Chega de greve todo ano. Vamos fazer uma enquete ?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *