Péssimo serviço de internet e telefonia móvel é tema de debate em Santarém

Péssimo serviços da internet em Santarém
Péssimo serviços da internet em Santarém

Demanda apresentada pelo Comitê de Acompanhamento da Pauta do Oeste em Brasília, no início deste mês, como parte da grande temática sobre “Universalização da telefonia móvel e internet na Região Oeste do Pará”, será objeto de debate em fórum regional e específico, como parte da agenda dos encaminhamentos em Brasília.
A iniciativa tem como principal articulador o Fórum das Entidades Representativas da Sociedade Civil Organizada do Oeste do Pará, que soma esforços com as demais entidades na construção de propostas que contribuam com as soluções para os problemas que afetam o acesso aos serviços de Internet e de telefonia móvel, que será realizado nesta quinta-feira, dia 22, no Auditório da ACES (Praça da Bandeira, nº 565- Centro), em Santarém, a partir das 14 horas.
Convidamos todas as entidades e pessoas que são direta ou indiretamente afetados pelos limites oferecidos pelos serviços atualmente oferecidos de internet e de telefonia móvel, para debater as propostas em curso e saídas apontadas para a solução dos problemas em Santarém e região.
No início deste ano, a PRODEPA repassou ao Fórum de Entidades o “Projeto Upgrade Infovia Rede Óptica até Santarém”, com o prazo de até abril de 2015 para implantação da rota Tucuruí-Itaituba, com intervenção nas estações de Tucuruí, Santarém e outras cidades, o que possibilitaria diminuir a interrupção do sinal de internet no município, porém até o presente momento a cidade ainda sofre com falhas constantes no serviço.
A falta de investimentos neste serviço penaliza a economia do município que necessita modernizar suas operações ao setor empresarial, público, educacional e outros. Por isso, é importante que participe deste encontro.
Foram convidados PRODEPA, TELEBRAS, Eletronorte, MPE, MPF, ALEPA, prefeituras, câmaras de vereadores, provedores e operadoras (Vivo, Tim, Claro e Oi).
Fonte: RG 15/O Impacto e Val Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *