Jornada de História, Memória e Arquivos do Baixo Amazonas inicia dia 9

Professora Bernardina Freire de Oliveira
Professora Bernardina Freire de Oliveira

O Instituto de Ciências da Educação (Iced) da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) inicia a primeira etapa da Jornada de História, Memória e Arquivos no Baixo Amazonas nesta segunda, 9. A conferência de abertura será às 9h no Auditório Tapajós, proferida pela professora Bernardina Freire, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com o tema “Arquivos: patrimônio cultural e memória na esteira de Clio”.
O evento será dividido em três etapas, compostas de conferências, minicursos e mesas-redondas. A jornada irá contar com a participação de conferencistas da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Ufopa.
A iniciativa é do Projeto de Restauração, Organização e Preservação de Documentos Históricos do Programa de Ciências Humanas do Iced. O encontro segue nos dias 10, 18, 19, 26 e 27 de novembro, nos turnos da manhã, tarde e noite.
EVENTOS DA UFOPA SOBRE DIVERSIDADE E SOCIEDADES AMAZÔNICAS COMEÇAM NA SEGUNDA-FEIRA, DIA 9
Um dos destaques será o lançamento de livros sobre Arqueologia, povos indígenas e conflitos sociais na Amazônia
Começam na próxima segunda-feira, dia 9 de novembro, em Santarém (PA), o I Encontro Diversidade em Foco e o I Simpósio Sociedades Amazônicas, Cultura e Ambiente, eventos integrados promovidos pelo Programa de Extensão Patrimônio Cultural na Amazônia (Pepca) e pelo Instituto de Ciências da Sociedade (ICS) da Ufopa. Os eventos terão início às 10 horas, no Auditório Wilson Fonseca, Unidade Rondon, situado no bairro do Caranazal.
A conferência de abertura, intitulada “Antropologia e Diversidade: questões em aberto, desafios a superar”, será proferida pela antropóloga Jane Beltrão, docentedos programas de pós-graduação em Antropologia (PPGA) e em Direito (PPGD) da Universidade Federal do Pará (UFPA) e vice-presidente da Associação Brasileira de Antropologia (ABA).
À tarde, das 14 às 18 horas, acontecerá o minicurso “Produções antropológicas no campo das disputas jurídicas pela demarcação das terras indígenas”, que será ministrado pela professora Edviges Marta Ioris, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pela liderança indígena João Tapajós, que é discente do Programa de Antropologia da Ufopa.
Lançamentos – Às 19 horas, no Auditório da Unidade Rondon, acontecerá o lançamento de três publicações das áreas de Antropologia e Arqueologia. “Povos indígenas nos rios Tapajós e Arapiuns”, organizado pela antropóloga Jane Beltrão, traz relatos de lideranças indígenas sobre comunidades e aldeias dos povos Arapiun, Borari, Cara Preta, Maytapu, Timbira e Tupinambá. Já o livro “Um Porto, Muitas Histórias: Arqueologia em Santarém”, organizado pelas pesquisadoras Denise Pahl Schaan e Daiana Travassos Alves, apresenta o resultado de pesquisas arqueológicas realizadas no período de 2008 a 2014 na área da Companhia Docas do Pará em Santarém.
Segundo Jane Beltrão, as duas publicações foram produzidas por pesquisadores e docentes do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPA e serão entregues aos povos indígenas e às escolas de Santarém. “Os livros destinam-se ao público em geral para conhecer as histórias que em Santarém ficaram encobertas pelo tempo, mas que, hoje, podem e devem ser ensinadas nas escolas em cumprimento a memória dos bravos povos dos rios Tapajós e Arapiuns que muito orgulho dão ao Baixo Amazonas”, afirma.
Escrito pela pesquisadora Edviges Marta Iores, do Departamento de Antropologia da UFSC, o livro “Uma floresta de disputas: conflitos sobre espaços, recursos e identidades sociais na Amazônia” faz uma etnografia dos conflitos sociais decorrentes da criação e implantação da Floresta Nacional do Tapajós, no oeste do Pará. Para saber mais sobre a publicação, acesse a página http://www.editora.ufsc.br/publicacao/detalhe/id/615.
Fonte: Ascom/Ufopa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *