Ordenamento do trânsito no Centro comercial começa neste sábado

Estacionamento no centro comercial de Santarém
Estacionamento no centro comercial de Santarém

Começa neste sábado (19/12), o ordenamento do trânsito do centro comercial de Santarém, com o objetivo de diminuir os impactos causados com o aumento do contingente de pessoas, durante o período das compras de fim de ano.
Haverá interdição das Travessas dos Mártires e 15 de Novembro, no perímetro entre a Avenida Tapajós e a Rua Siqueira Campos, para facilitar a circulação de pedestres. Serão disponibilizadas, nesse período, pelo menos 100 vagas para estacionamento para motocicletas, tão logo seja feita a desmontagem da barraca da festa, preservando a área do passeio utilizado pelos pedestres.
Outra medida que visa aumentar o número de vagas para veículos será a forma de estacionar no entorno da praça do Pescador, obedecendo o critério de 45 graus, nos espaços onde é possível. Apesar da alteração, o trânsito de veículos, fluirá normalmente naquele trecho.
As alterações permanecerão até o último dia do ano, com as ações, obedecendo, inclusive o horário estendido de funcionamento do comércios, conforme acordo entre Sindicato dos Lojistas e o Sindicato dos Comerciários. Tanto o Sindilojas quanto a Aces entraram em parceria com a SMT, disponibilizando 10 agentes de trânsito, que vão atuar na área, principalmente nos cruzamentos onde não há sinalização semafórica. Nesse sentido, a SMT promoveu treinamento teórico e prático com 18 horas, que terminou na sexta-feira (18/12).
Serão disponibilizados pela Divisão de Operações e Fiscalização 10 agentes localizados em pontos estratégicos, para orientar os motoristas e pedestres. Duas viaturas, também, farão parte do aporte da estrutura de fiscalização, fazendo rondas na área.

AVANÇA A OBRA DE PAVIMENTAÇÃO DA AVENIDA ANYSIO CHAVES
A pavimentação da Avenida Anysio Chaves avança e na quinta-feira (17/12), o prefeito Alexandre Von visitou a via para verificar o que está sendo feito. Os serviços estão sendo realizados no segundo trecho, entre as Avenidas Sérgio Henn e Jasmim. Após a conclusão desse trecho, a pavimentação será realizada entre a Avenida Jasmim e Rua Quixadá, no bairro da Esperança.
O prefeito Alexandre Von informou que a obra da Anysio Chaves compreende dois momentos. “O primeiro é a implantação da infraestrutura da obra, que compreende terraplenagem, pavimentação, meio-fio, calçamento, drenagem superficial e profunda. A nossa expectativa é que parte de infraestrutura possa ficar pronta até meados do ano que vem, ou até antes. O segundo momento é a urbanização do canteiro central. Essa etapa será feita aos poucos e estamos contando com a parceria do Governo do Estado do Pará, para nos auxiliar nesse sentido”, explicou o prefeito.
VISITA AO ESTÁDIO: Neste sábado (19/12), às 09h, o prefeito Alexandre Von, a vice-prefeita e titular da Semjel, Maria José Maia, e os presidentes dos três clubes santarenos que vão disputar o Parazão – Nerivaldo César (São Francisco), Alexandre Lopes (São Raimundo) e Sandicley Monte (Tapajós) – visitam o estádio Colosso do Tapajós para verificar o novo gramado.
Estarão presentes, também, o administrador do estádio, Lúcio Santarém, e o chefe da Divisão de Esporte e Lazer da Semjel, Ney Bendelack.

NATAL DA FAMÍLIA SANTARENA: PAPAI NOEL NO PARQUE DA CIDADE E NATAL NA PRAÇA BARÃO DE SANTARÉM
Venha participar da programação do Natal da Família Santarena. Neste domingo (20/12), de 08h às 12h, as famílias são convidadas a participar do Papai Noel no Parque. Haverá uma vasta programação com músicas e brincadeiras e distribuição de presentes para a criançada.

À noite, às 19h15, será celebrada a missa, na igreja de São Sebastião, e em seguida, na Praça Barão de Santarém, o público acompanhará a Cantata de Natal, com alunos do Instituto Maestro Wilson Fonseca.
Além disso, a programação de Natal prossegue até o dia 27/12 com a Casinha do Papai Noel e atrações culturais na Praça Barão de Santarém.
Fonte: RG 15/O Impacto e CCOM/PMS

2 comentários em “Ordenamento do trânsito no Centro comercial começa neste sábado

  • 19 de dezembro de 2015 em 10:36
    Permalink

    Isso é apenas um paliativo que não solucionará o problema. Não consigo entender como até hoje a prefeitura de Santarém não implementou a Zona Azul com estacionamento rotativo e pago na área central da cidade já que é uma modalidade de estacionamento, utilizado em grandes cidades brasileiras para incentivar a rotatividade de vagas,regulamentado pelo Código de Trânsito Brasileiro e por leis municipais, na maioria das cidades funciona em três categorias: “uma hora”, “duas horas” e “carga e descarga”. Limitando o tempo de estacionamento é possível estimular a rotatividade de veículos e o aumento de vagas e apesar de utilizarem vias públicas as áreas de zona azul em sua maioria oferecem seguro para danos ou roubo do veículo, ou seja, mais uma vantagem para o condutor.
    Veja os benefícios no artigo do prof. Neto abaixo:
    ZONA AZUL: AFINAL O QUE É? QUAL É SEU OBJETIVO?
    Muitas pessoas reclamam da zona azul, principalmente quando esta é recém instalada no município, é comum que pensem que se trata simplesmente de mais um imposto ou meio de arrecadação da prefeitura e do órgão de trânsito do município, mas ao analisarmos com mais cautela veremos que a zona azul proporciona vários benefícios a todos os proprietários de veículos e a sociedade como um todo.
    Em São Paulo a zona azul teve seu inicio em 1976, porém o decreto que a criou (11.661) é de 1974 mais precisamente 30/12/74 denominado então de ESTACIONAMENTO ROTATIVO PAGO ZONA AZUL.
    SUA FINALIDADE PRIMÁRIA: Equalizar direitos a vagas de estacionamento, onde a demanda é grande, isto é; mais veículos do que vagas.
    INCENTIVO AO USO DO TRANSPORTE PÚBLICO: São vários os benefícios deste meio de transporte como: Economia de combustível, diminuição do fluxo de veículos que causa congestionamentos, redução de acidentes de trânsito e até de estresse dos motoristas, não só com relação a encontrar vagas, mas também com a preocupação com furto, roubo e pequenas avarias em seu veículo enquanto está ausente.
    EMPREGO: Temos que considerar que a zona azul gera nas grandes e médias cidades onde é instalada uma quantidade considerável de empregos, este é o lado social, e na maioria dos casos são jovens que por estarem trabalhando estão contribuindo para o desenvolvimento sócio econômico do município e também exercitando a cidadania, além de não estarem desocupados.
    ARRECADAÇÃO: A arrecadação da zona azul, além de manter seus custos, tem também a função de ser mais uma ferramenta de engenharia e manutenção do sistema de trânsito do município, pois parte da arrecadação é destinada aos órgãos de transito.
    Em cidades onde não tem zona azul, é comum o cidadão estacionar seu veículo no centro e La deixá-lo até o final do dia, porém à medida que a cidade vai crescendo e começam faltar vagas, começam também os conflitos, pois todos se acham no direito de estacionar aqui ou ali, fato que na maioria das vezes abalam bons relacionamentos de comerciantes e moradores vizinhos.
    Com relação a idosos sobre vagas de estacionamento segue abaixo.
    Resolução 303/Dez/2008 CONTRAN: De acordo com a lei federal 10.741 de Outubro de 2003 em seu artigo 41, ficou definido que todo município terá que disponibilizar 5% de sua área de estacionamento às pessoas com 60 anos completos ou mais, devendo estas vagas estarem sinalizadas vertical (placa R6b) e horizontalmente. Para fazer uso destas vagas porém o idoso(a) deverá ir até a CIRETRAN de seu município e solicitar a credencial que terá regras para seu uso.
    Condutores que usarem essas vagas de maneira irregular (não sendo idoso) serão enquadrados no Art. 181 – XVII do CTB: Estacionar veículo em desacordo com as condições regulamentadas especificamente pela sinalização (placa – Estacionamento Regulamentado):
    Infração – Leve
    Penalidade – Multa R$ 53,20 – Três pontos na CNH
    Medida Administrativa – Remoção do veículo
    Portadores de necessidades especiais e seus direitos a vagas de estacionamento
    Resolução 304/2008 CONTRAN:
    Conforme decreto 5.296 de Dezembro/2004 Lei 10.098/00 em seu artigo 25, estabelece que os municípios devam destinar 2% de sua área de estacionamento às pessoas portadoras de necessidades especiais e visuais, vagas estas que deverão ser sinalizadas verticalmente com a placa R6b(estacionamento Regulamentado) e horizontalmente.
    As sanções para quem usar tais vagas sem estes direitos estão previstas no Art. 181- XVII do CTB.
    Infração – Leve
    Penalidade – Multa R$ 53,20 – Três Pontos na CNH
    Medida Administrativa – Remoção do veículo
    Respeitar os direitos alheios, além de educação é também um gesto de cidadania.

    fonte: Código Trânsito Brasileiro
    Texto: Profº Neto – educador de trânsito

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2015 em 10:31
    Permalink

    Sem a implantação da Zona Azul (vagas paga e com limitação de tempo) o centro comercial continuará tendo o mesmo caos para estacionar. Só quem perde são os comerciantes, pois pois com a falta de local para estacionar os clientes preferem ir aos Shoppings Centers para fazer suas compras, e olha que são os próprios comerciantes que ocupam a maioria das vagas e por isso são contra a implementação da Zona Azul (por isso vão morrer comerciantes, empresário tem outra visão), sem falar da completa falta de gestão do poder público que só aparece com essas soluções paliativas.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *