Olavo das Neves: “Existe possibilidade de eu sair candidato a Prefeito de Santarém”

Olavo das NevesO empresário Olavo das Neves, com atividade em Santarém e outros municípios da região, ex-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Santarém, hoje é o atual presidente da Companhia de Desenvolvimento do Estado do Pará – CODEC, em entrevista exclusiva à nossa reportagem fala de sua gestão na CODEC, do crescimento econômico da região Oeste do Pará e de suas pretensões na área da política. Veja a entrevista na íntegra:
Jornal O Impacto: O senhor assumiu este ano a presidência da CODEC. Qual o papel desta companhia para o desenvolvimento do Estado do Pará?

Olavo das Neves: A Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará – CODEC tem por finalidade promover o fomento de políticas públicas de industrialização e desenvolvimento econômico do Estado do Pará, assim como estimular os investimentos de infraestrutura produtiva, econômica e social, contribuindo para o crescimento sustentável por meio de prospecção de oportunidades de negócios, geração e manutenção de empregos e renda, modernização das estruturas produtivas, aumento da competitividade estadual e redução das desigualdades sociais e regionais.
Neste contexto, estamos participando ativamente do projeto em curso denominado PARÁ 2030, onde diversos órgãos ligados à área de produção do Estado do Pará estão irmanados e desafiados a promover um novo modelo de desenvolvimento econômico e social com vistas a uma sensível escalada de nossos indicadores socioeconômicos ao longo dos próximos 15 anos.
Veja o exemplo do PIB per capta paraense em relação aos outros Estados da Federação. Na década de 40 o Pará ocupava a 4ª posição do ranking, hoje estamos na 22ª, isso claramente nos faz refletir que nossa matriz de desenvolvimento precisa ser reinventada.

Jornal O Impacto: Existe na CODEC algum projeto voltado para o crescimento econômico da região do Oeste do Pará?

Olavo das Neves: O programa de desenvolvimento que propomos abraça todas as regiões do Estado do Pará, bem verdade neste processo o interior goza de um olhar bastante diferenciado, pois o crescimento que buscamos contempla a redução das desigualdades regionais tratando de forma desigual os desiguais.
Especificamente falando do Oeste do Pará, já tivemos a primeira grande investida da CODEC com a viabilização do sonhado Distrito Industrial em Santarém, o qual já temos o recurso disponível e aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia, inclusive com a devida validação do Estado e participação efetiva da Prefeitura Municipal de Santarém, onde esperamos disponibilizar a área ainda no primeiro trimestre do ano vindouro.
Outra grande notícia esperada para o início de 2016 passa pela efetiva consolidação do terminal fluvial de cargas e passageiros de Santarém, investimento este que estamos defendendo fortemente e que não pode mais esperar.
Paralelamente a isso, temos conversado com diversos atores ligados ao setor produtivo do Oeste do Pará sinalizando interesse em contribuir com o desenvolvimento de projetos consistentes que careçam de incentivos por parte do Estado, ou seja, estamos totalmente abertos a construir políticas de desenvolvimento alicerçadas nas potencialidades regionais, bastando para isso organização dos atores locais.

Jornal O Impacto: Em 2016 haverá eleição para Prefeitos. Em sua visão qual deve ser o papel do Candidato eleito, para que Santarém possa crescer gerando emprego e renda para a população?
Olavo das Neves: 2016 será um ano bastante desafiador para todos os municípios do Brasil, pois não bastasse a redução dos habituais repasses constitucionais na contramão da crescente demanda por políticas públicas, teremos que enfrentar um cenário de recessão com a volta do fantasma da inflação.
Santarém não passará imune a este cenário, muito menos o Candidato Eleito (risos). Penso que o famoso feijão com arroz deverá ser bem feito, ou seja, buscar excelência na gestão do recurso público aliado a permanente busca de parcerias que assegurem fontes adicionais de receitas serão muito importantes.
Todavia, mais que tudo, acredito que o Gestor eleito deverá buscar capitanear um grande processo de desenvolvimento socioeconômico que vise adensar cadeias produtivas vocacionadas na região como o turismo, agricultura familiar, logística, agronegócio, biodiversidade, entre outros, pois assim agregaremos valor a nossa produção com impacto positivo na geração de emprego e renda.
Todos estamos cansados de ouvir falar de nossas potencialidades, penso que o momento é de uma obstinada busca de transformação, ações efetivas que transformem, gerem renda, agreguem empregos e, principalmente, contribuam com a melhoria da qualidade de vida dos munícipes.

Jornal O Impacto: A criação de portos em Miritituba e Santarém, sem a verticalização da produção, transformará esses municípios apenas em corredor de exportação sem gerar emprego e renda. Como mudar este cenário?

Olavo das Neves: Penso que não devemos olhar a exportação a partir dos portos de Santarém e Miritituba como um problema, pois na verdade são sim uma grande oportunidade que temos em desenvolver atividades paralelas que agreguem valor ao que hoje dispomos. Imagine quantos municípios gostariam de ter a posição logística privilegiada que tem Santarém e contar com uma enorme produção ao seu alcance.
O desafio é agregar valor ao que dispomos hoje. E neste momento a união dos diversos atores ligados a produção, aliado a um pouco de ousadia, podem e devem render excelentes perspectivas.
O Estado neste ambiente pode contribuir na concessão de benefícios, no estimulo a produção, mas não dá para fazer milagre e, neste momento, mais uma vez, entram os diversos atores da área de produção para através de uma organização profissional exercitar as provocações necessárias para avançarmos.

Jornal O Impacto: O senhor será candidato a prefeito de Santarém em 2016?
Olavo das Neves: Como Idealista que sou, sempre procurei contribuir com aquilo em que acreditei ser o melhor para Santarém e Região, pois minha relação com sua gente é de profundo respeito e consideração, e não podia ser diferente, aqui fui acolhido, solidifiquei negócios e constitui família.
Ao menos nos últimos três pleitos municipais fui alvo de manifestações que diziam que eu viria candidato, porém mesmo bastante provocado a apresentar meu nome sempre declinei por entender que minha contribuição nos bastidores seria suficiente.
Para este próximo pleito confesso que a temperatura aumentou bastante, seja através de pessoas próximas que tem insistido com o assunto, assim como pessoas de fora de meu convívio que de alguma forma acompanham o trabalho que desenvolvo.
Voltando à sua pergunta, posso dizer que hoje sinto que a temperatura aumentou ainda mais, e a possibilidade de eu vir candidato a Prefeito no próximo pleito, sim, tornou-se real.

Fonte: RG 15\O Impacto

8 comentários em “Olavo das Neves: “Existe possibilidade de eu sair candidato a Prefeito de Santarém”

  • 27 de dezembro de 2015 em 09:34
    Permalink

    Procurem saber a mudança q ele está promovendo na CODEC. Gestão séria e sem apadrinhamento. Infelizmente Santarém não está preparado para isso!

    Resposta
  • 26 de dezembro de 2015 em 11:23
    Permalink

    É claro que vai aparecer pessoas contrárias a candidatura do Olavo, principalmente aqueles que sempre viveram as custas do governo. eles sabem que se um empresário assumir a prefeitura, a mamata vai acabar.

    Resposta
  • 26 de dezembro de 2015 em 10:18
    Permalink

    ótimo nome para Santarém

    Resposta
  • 26 de dezembro de 2015 em 10:16
    Permalink

    Olavo possui um vasto conhecimento em administração, é o que tem faltado nos ultimos prefeitos de Santarém. Portanto seu nome é uma grande esperança de dias melhores.

    Resposta
  • 26 de dezembro de 2015 em 10:12
    Permalink

    Santarem precisa se renovar na política, tanto é que não conseguimos fazer sequer um deputado estadual. Acredito que o Olavo é sim um começo dessa renovação.

    Resposta
  • 26 de dezembro de 2015 em 09:24
    Permalink

    Kkkkkk só pode ser uma piada isso …. Mas o que é um peido quando se estar todo cágado né???

    Resposta
  • 26 de dezembro de 2015 em 08:54
    Permalink

    Creio que o Olavo tem credibilidade para ser prefeito de Santarém, no entanto, uma vez eleito, não cometa o principal erro do Alexandre; A escolha da equipe que irá ”ajudá-lo” a administrar a cidade!

    Resposta
  • 25 de dezembro de 2015 em 20:18
    Permalink

    Até que em fim, um nome com credibilidade.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *