São Francisco vence o Remo no Colosso do Tapajós

Estádio Colosso do Tapajós recebeu um bom número de torcedores
Estádio Colosso do Tapajós recebeu um bom número de torcedores

Na abertura da segunda rodada do Campeonato Paraense 2016, duelo de leões em Santarém. São Francisco e Clube do Remo se enfrentaram na noite de quarta-feira (03) no estádio Colosso do Tapajós e os donos da casa levaram a melhor. Em jogo morno tecnicamente, os santarenos venceram pelo placar de 1 a 0.
Mesmo com a boa qualidade do gramado, os dois times deixaram a desejar no quesito qualidade. Ainda aprimorando a parte física e técnica, os dois times não conseguiram mostrar o que era esperado. Estreando na competição, o São Francisco foi mais feliz na oportunidade que teve e colocou a bola para dentro em chute de Buiú, no rebote de Fernando Henrique, aos 23 minutos do segundo tempo.
O resultado embolou o grupo. Os santarenos, no grupo A, chegaram aos mesmos três pontos do Clube do Remo, mas com um jogo a menos que o adversário. Na próxima rodada o Clube do Remo estará de folga, voltando a jogar apenas no dia 17, no Mangueirão, contra o Parauapebas. Já o São Francisco jogará fora de casa, contra o Parauapebas, no dia 14 de fevereiro.
1º Tempo: Faltou emoção – Mesmo jogando fora de casa, o Remo queria dar mostras ao São Francisco que o resultado contra o Ágguia, na estreia, não foi por acaso. Com Yuri no lugar de Arthur, o sistema 4-5-1 foi mantido e pareceu fluir melhor do que no último jogo, nos primeiros minutos iniciais contra o Leão santareno.
Aos poucos os donos da casa foram se soltando e quase abriram o placar através da bola parada. Em escanteio no lado direito do ataque santareno, Samuel cobrou com curva e o atacante Guilherme subiu para testar com estilo, mas o goleiro Fernando Henrique estava bem posicionado e executou a defesa.
O Leão santareno passou a ser mais perigoso. Com dificuldade no passe final, o Remo foi preza para o contra-ataques da equipe comandada pelo técnico Walter Lima. Em um deles, Ricardinho recebeu em velocidade, ficou livre, de cara para o goleiro, mas Fernando Henrique mostrou agilidade, se antecipou e evitou o que seria o primeiro gol da noite.
A partida, então, esfriou. Assim como em boa parte do primeiro tempo contra o Águia, o Remo teve dificuldade para se posicionar no esquema 4-5-1. Eduardo Ramos, Marco Goiano e Ciro, os três principais jogadores ofensivos, pouco produziam, esbarrando sempre na boa armação defensiva do São Francisco.
No final, pouco futebol e oportunidades para os primeiros 45 minutos de bola rolando, que terminaram sem gols no Estádio Colosso do Tapajós.
2º Tempo: Deu Leão, o de Santarém – Na etapa final, o técnico Leston Júnior foi ousado e mexeu no Clube do Remo. O treinador optou pela entrada do atacante Léo Paraíba no lugar do lateral-esquerdo João Victor, deixando o time mais ofensivo e passando um volante para cobrir o lado esquerdo da defesa.
A mudança, entretanto, pouco surtiu efeito nos primeiros momentos do segundo tempo, pelo menos no ataque. A mudança serviu para inibir o São Francisco, que já não se arriscava tanto ao ataque, como em alguns minutos do primeiro tempo.
O São Francisco, apostando em seus baixinhos de velocidade do setor ofensivo, também teve suas oportunidades de abrir o marcador. Em lançamento longo, novamente Ricardinho entrou na área e chutou cruzado, mas a bola passou caprichosamente ao lado da trave do goleiro Fernando Henrique.
A melhor postura dos donos da casa foi recompensada com bola na rede. Em trama ofensiva pelo lado direito, a bola foi cruzada e finalizada por Elielton, mas Fernando Henrique espalmou. No rebote, Buiú mostrou oportunismo e colocou para dentro. 1 a 0.
Assustado com o gol, o Remo continuou cedendo espaço para o adversário atacar. Em novo momento pelo lado direito, a bola foi cruzada novamente para o atacante Buiú, que dessa vez não pegou bem na redonda e mandou por cima da trave.
Na bola parada, quase o empate remista. E seria um golaço. Eduardo Ramos mandou cruzamento para dentro da área, o atacante Ciro se livrou dos marcadores e emendou uma bela bicicleta, com endereço, mas Paulo Rafael se esticou todo e evitou o empate.
Na base do tudo ou nada, o Remo ainda tentou o empate até o último minuto, abusando em cruzamentos para a área do São Francisco, mas sem eficiência, amargando a primeira derrota no Campeonato Paraense 2016.
FICHA TÉCNICA: (São Francisco 1 x 0 Remo)
São Francisco: Paulo Rafael; Andrey, Carlinho Rocha, Perema e Andrelino; Allan Peterson, Juninho e Samuel; Ricardinho (Elielton), Buiú (Ted) e Guilherme
Remo: Fernando Henrique; Levy (Whelton), Henrique, Max e João Victor (Léo Paraíba); Michel, Yuri, Chicão, Marco Goiano e Eduardo Ramos; Ciro
Gols: Buiú – 23’2T (São Francisco)
Cartão Amarelo: Alan Peterson (São Francisco)
Árbitro: Gustavo Ramos Melo
Estádio: Colosso do Tapajós, Santarém (PA)
Fonte: RG 15/O Impacto e Portal Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *