Médicos confirmam morte de jornalista em Itaituba

Francisco Amaral
Francisco Amaral

O jornalista e ex-militante do movimento estudantil, Francisco Amaral, sofreu um infarto fulminante na tarde de segunda-feira, 22, em Itaituba. Ele foi levado às pressas para Hospital Municipal de Itaituba, onde foi submetido a procedimento de Reanimação.
Devido não ter nenhuma reação, os médicos informaram que ele havia falecido, mas depois de receber uma medicação, ele deu sinais de que estava vivo.
Integrantes da Associação dos Profissionais da Imprensa (API) de Itaituba se dirigiram ao Hospital para acompanhar o caso.
MORTE CEREBRAL  E MORTE CLÍNICA: Por volta de 19h40 de segunda-feira, os médicos que estavam cuidando de Francisco Amaral, confirmaram para a imprensa sua morte cerebral, o que tornava seu quadro praticamente irreversível. Mas, logo em seguida, por volta das 20 horas, foi confirmada a morte clínica de Francisco Amaral

Francisco José Santos Amaral tinha 53 anos de idade, natural de Belterra – Pará, era diretor presidente do jornal Folha do Oeste, periódico regional que destaca, principalmente, os fatos políticos das regiões do Tapajós e Baixo Amazonas. Ele trabalhou por muitos anos como repórter no Jornal O Impacto, de Santarém. O Corpo de Francisco Amaral foi levado ontem à noite para a Câmara Municipal de Itaituba, onde está sendo velado e nesta terça-feira será transladado para Santarém, onde deverá ser sepultado.

Fonte: RG 15\O Impacto

2 comentários em “Médicos confirmam morte de jornalista em Itaituba

  • 25 de fevereiro de 2016 em 12:14
    Permalink

    Meus sentimentos aos familiares do Amaral e que Deus conforte seus corações.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2016 em 10:35
    Permalink

    Meus pêsames a família e amigos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *