Deputados do Pará se xingam durante sessão da Câmara

Wladimir Costa (SD) chamou Zé Geraldo (PT) de vagabundo
Wladimir Costa (SD) chamou Zé Geraldo (PT) de vagabundo

Durante a discussão do relatório de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), os deputados Zé Geraldo (PT-PA) e Wladimir Costa (SD-PA) bateram boca em uma discussão acalorada, na qual Wladimir chamou o colega de “vagabundo”, “bandido” e “ladrão safado”.

A discussão começou depois que Zé Geraldo pediu a palavra para dizer que Wladimir Costa foi denunciado à Justiça sob suspeita de desviar salários de seus assessores para seus irmãos e também por supostas irregularidades no recebimento de recursos por uma ONG ligada a ele.

“O deputado Wladimir, nem se lavar a boca com soda cáustica durante uma semana, ainda ele não pode falar mal do PT e da presidente Dilma. Esse parlamentar no Pará tá mais sujo que pau de galinheiro”, afirmou Zé Geraldo.

Ao pedir a palavra para rebater, Wladimir se exaltou: “O senhor é vagabundo, bandido”. Zé Geraldo tentou interromper, mas Wladimir continuou: “Cala a tua boca, vagabundo. Você é ladrão safado”.

O petista afirmou que não está denunciado à Justiça e rebateu chamando o adversário de “picareta”.
Ao fim da discussão, o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) comentou ironicamente: “Estamos no Conselho de Ética”.

Wladimir Costa é contra a cassação de Cunha, enquanto Zé Geraldo é favorável. A discussão ocorreu antes do início da votação do parecer sobre o presidente afastado da Câmara.
Fonte: Ércio Bemerguy

 

2 comentários em “Deputados do Pará se xingam durante sessão da Câmara

  • 9 de junho de 2016 em 13:15
    Permalink

    DOIS BANDIDOS, ELES SE CONHECEM.

    Resposta
  • 8 de junho de 2016 em 10:49
    Permalink

    Prezados,
    Os altos custos locais impediram a edição de meu novo livro, O Filho do BOTO, em Santarém, pelo ICBS – Instituto Cultural Boanerges Sena, dirigido pelo nosso ilustre Cristovam Sena.
    Decidi imprimir o livro por conta própria, no Rio de Janeiro, em uma primeira edição de mil exemplares. Já estou preparando a segunda edição, possivelmente para novembro de 2016.
    O lançamento e vendas, inicialmente, são realizados pela Internet no site http://www.filhodoboto.com
    Estou em tratativas para participar da FLIP – Feira do Livro Internacional de Paraty e da Bienal do Livro de São Paulo, assim como sessões de autógrafos e distribuição na Livraria da Travessa e outras.
    Pretendo estar, por ocasião do Círio de Nazaré, em Santarém, quando autografarei o livro na sede do IHGT – Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, do qual sou sócio correspondente, e em Belém, em local a ser definido oportunamente.
    Convido você e seus público a visitarem o site http://www.filhodoboto.com
    Forte abraço,
    Sebastiao

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *