Policial Militar é assassinado em Novo Progresso

sargentoluiz - Cópia
Sgt. João Luiz era considerado um dos melhores profissionais de Itaituba.

João Luiz Maria Pereira, Sargento PM do 15º Batalhão de Polícia Militar de Itaituba, integrante do Grupo Tático Operacional (GTO) foi morto na sexta-feira (17), por volta de 17h30. Segundo informações, o profissional da segurança pública morreu em uma emboscada que teria sido armada por alguns madeireiros do município de Novo Progresso.

De acordo com informações apuradas pela nossa equipe de reportagem, Sgt. João Luiz estava participando de uma missão que era acompanhar e dar segurança aos agentes do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA), que estão na região realizando fiscalização junto as madeireiras. O clima está muito tenso no município de Novo Progresso.

Informações dão conta que o GTO de Santarém e de Itaituba estão se deslocando para o município onde o caso aconteceu.

Veja no texto que segue abaixo, relato do que teria acontecido na ocasião da morte do PM, acompanhe:

“Pela parte da tarde do dia 17/06/16, uma GUPM composta pelos Sgt. João Luis, Sgt. Feitosa e Cb. Pereira, todos do 15º BPM, os quais se encontravam em Novo Progresso, em apoio ao IBAMA, estavam em uma vicinal conhecida por Vicinal da Francy, juntamente com 04 agentes do IBAMA, averiguando denúncia de extração ilegal de Madeira em área de preservação ambiental, a uma distância de aproximadamente 100 Km’s da área urbana de Novo Progresso.

Quando por volta das 15h30, encontraram um barraco com mantimentos e alguns materiais utilizados na extração de madeira. Como ninguém foi encontrado no local, os agentes do IBAMA tocaram fogo no barraco e saíram do local. Um pouco à frente uma das viaturas atolou num lamaçal, fazendo com que perdessem uns 30 minutos no local.

Após esse período, resolveram retornar e ao passarem em frente ao barraco, perceberam que o fogo havia sido apagado com água. As viaturas seguiram, parando, mas à frente, e os três militares retornaram para o barraco a pé, no intuito de surpreenderam as pessoas que haviam apagado o fogo. Ao chegarem no barraco, perceberam que um homem saiu do mato e seguiu em direção ao barraco.

Nesse momento o Sgt. João Luís falou que era PM e pediu para o homem parar, sendo que o mesmo não obedeceu à ordem e retornou para o mato. Imediatamente o Sgt. João Luís saiu correndo atrás do homem, com sua arma em punho. Outros dos dois PM saíram na direção em que João Luís seguiu, sendo que João Luís estava bem à frente dos mesmos. Logo em seguida ouviram disparos de arma de fogo e João Luís retornou, dizendo que havia sido baleado. Feitosa e Pereira efetuaram vários disparos na direção em que vieram os disparos que atingiu João Luis e em seguida se preocuparam somente em socorrer o policial ferido. Os PM acreditam que quem atingiu o Sgt. provavelmente foi outra pessoa, que se encontrava no mato, e não o homem que havia fugido.

João Luis foi atingido com um tiro no ombro e outro no pescoço. O policial evoluiu a óbito uns 40 minutos após ser atingido”.

RG 15 / O Impacto com informações de Júnior Ribeiro e Bena Santana

8 comentários em “Policial Militar é assassinado em Novo Progresso

  • 5 de julho de 2016 em 12:10
    Permalink

    OQUE EXISTE NESTE PAIS, É UMA DESORDEM TOTAL, OS AGENTE DO IBAMA EM SUAS ATRIBUIÇÕES,- SENDO UMA DAS MESMA, A ORIENTAÇÃO, ADVERTENCIA, E OUTRAS – PORÉM EM UM PAIS, EM QUE O ESTADO NÃO SE FAZ PRESENTE, PRA CUIDAR DA POPULAÇÃO POBRE, O SETOR MADEIREIRO, CHEGA E FAZ A VEZ DO GOVERNO FEDERL, ESTADUAL, E MUNICIPAL, GERANDO RENDA,DIVISAS E EMPREGO PARA A POPULAÇÃO QUE NÃO É DEVIDAMENTE ASSISTIDA PELO ESTADO DEMOCRATICO DE DIREITO – EM UMA AÇÃO DESTA, ACREDITO QUE OS AGENTE DO IBAMA, E OS POLICIAIS, DEVERIAM CHEGAR NO ACAMPAMENTO, E SEM USO DE VILÊNCIA, DIALOGAR COM AS PESSOAS,CONVENCENDOS QUE OS MESMO SAIAM DO ACAMPAMENTO DE MANEIRA PACIFICA, – MAS NÃO É ISSO QUE ACONTECE, CHEGAM TOCANDO FOGO EM TUDO, EM TRATOR, EM CAMINHÃOES,BARRACOS – AI, O CIDADÃO SÓ TEM AQUILO PARA SUSTENTAR A FAMILIA, MUITOS NEM TEM CONHECIMENTO DE NENHUMA LEI AMBIENTAL, SÃO PESSOAS TOTALMENTE ALIENADAS, E NEM SEQUER IMAGINAM, QUE O BRASIL É O UNICO PAIS, NO MUNDO COM GRANDES AREAS DE TERRAS AGRICULTAVEIS – COM GRANDE PRESSÃO DE INTERESSES INTERNACIONAIS PARA NÃO DESENVOLVER O SETOR AGROPECUARIO, POIS COM MAIS DESMATAMENTO, TEM MAIS AREAS PARA PRODUZIR ARROZ,FEIJÃO,CARNE,SOJA, ETC – NA VERDADE, EXISTM GRANDES PAISES QUE NÃO QUEREM VER O BRASIL COMO GRANDE PRODUTOR DE ALIMENTOS, E FICAM FINANCIANDO OPERAÇÕES,CAMUFLADAS DE COMBATE AO DESMATAMENTO, QUANDO NA VERDADE, ESTÃO COMBATENTO O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL, PORQUE PAIS RICO, É PAIS SEM FOME, E QUANDO SE DESMATA PARA PLANTAR COMIDA, E CRIR BOI, TAO DESMATANDO PARA FAZER O BEM PARA A POPULAÇÃO, QUEM DESMATA PARA PLANTAR, NA VERDADE É UM HEROI, POIS ESSE GOVERNO DO BRASIL, QUE É UM GOVERNO COVARDE, NADA FAZ PARA O POVO POBRE, E HUMILDE QUE VIVEM EM MAZELAS, NO INTERIOR DOS ESTADOS….

    Resposta
  • 21 de junho de 2016 em 11:14
    Permalink

    Nada justifica. Ali foi ataque contra o Estado e deve ter a necessária contra ofensiva. Uma unidade de conservação não pode ser objeto de cobiça e exploração ilegal de madeira e outros recursos naturais. Não se discute lei e quem ali está praticando atos lesivos deve ser combatido. Existem mil formas de rever um ato administrativo como a criação de uma unidade, e tenho certeza que matando policial, qualquer agentes público, não está nesse rol.

    Resposta
  • 18 de junho de 2016 em 20:17
    Permalink

    É curioso como fala-se sempre em trabalho como se trabalho justificasse tudo. Então porque é visando o sustento de sua família pode cair toda a floresta amazônica? Nessa região só se pensa no próprio umbigo. Poderia-se trabalhar em uma infinidades de atividades ali ou noutro lugar, mas não abrem mão da conveniente destruição da floresta amazônica, patrimônio de toda humanidade que tem valor infinitamente maior do que o lucro extraído por alguns oportunistas. Esses cidadãos que esperam que o governo resolva problemas que é dele não se contentarão enquanto a floresta não estiver no chão. Fácil é esperar que a união atenda o interesse de exploradores da região contrariando o interesse de todo o povo brasileiro. Cai na real!!!

    Resposta
  • 18 de junho de 2016 em 12:36
    Permalink

    Este cidadao morto , vai ter suas honras por um governo federal corrupto, que nao está nem ai para esse cidadao morto, deixou sua familia provelmente arrasada..

    Por um governo que nunca pensou em sequer legalizar a amazonia ,e dar condiçoes de trabalho , no setor madereiro do setor de mineraçao e tudo mais que necessita essa regiao,mais nao, é SOMENTE PUNIR ESSES CIDADAOS BRASILEIROS QUE TRABALHAM TAMBEM PARA O SEU SUSTENTO FAMILIAR ,NAO SAO BANDIDOS NEM CORRUPTOS COMO ESSE GOVERNOS NOGENTOS QUE COMANDAM ESSE PAÍS de uma forma que esses brasileiros tambem tenham seu trabalho digno. governos entram e saiem e nunca nem um deles se preocupam com uma regiao esquecida por eles.

    em meados dos anos 1970 ja pedia aos brasileiros OCUPEM A AMAZONIA , ANTES QUE A AMAZONIA SEJA OCUPADA POR OUTROS, e agora que existem quase 25 milhoes de brasileiros trabalhadores, desbravadores que moram na amazonia, eles querem expulsar de lá, sem pelo menos tentar legalizar, fazer DECRETOS DE FLONAS DE RESERVAS DE PARQUES É MUITO FACIL, NEM PRECISA LEVANTAR DA CADEIRA COM AR CONDICIONADO EM UM SALA EM BRASILIA,mais para saber e se preocupar se existem trabalhadores que ja estao a anos trabalhando produzindo fazendo até a parte social, gerando empregos,nessas regioes,ninguem do governo vai acompnhar essa situaçao, acontecer isso que aconteceu nao é unico nem o ultimo , vao acontecer mais casos, infelizmente…

    Resposta
    • 18 de junho de 2016 em 20:52
      Permalink

      Talves seu nome não seja pedro, mas com certeza a pessoa que fez isso era pau mandado, e que vai ser descoberto, prq essa pessoa em que vc fala em seu comentário, poderia até está trabalhando mas não honestamente, concordo que comunitários usufruam dos recursos da amazônia, mas não madeireiros que derrubam sem a minima consciência ou escrúpulos, só com a intenção financeira, ludibriosa, corrupta e desmatam sem pensarem no futuro dos filhos da região.

      Resposta
    • 5 de julho de 2016 em 12:19
      Permalink

      CONCORDO EM TUDO QUE VC FALOU PEDRO, DE TODOS ESSES COMENTARIOS, SOMENTE O SEU TEM UM CERTO EQUILIBRIO….POIS VC TEM TODA RAZÃO, ESSE GOVERNO É MUITO COVARDE – NA VERDADE HA MUITO TEMPO EXISTEM INTERESSES INTERNACIONAIS, SOBRE AS GRANDES AREAS DE TERRAS AGRICULTAVEIS DO BRASIL, QUANDO SE DESMATA PARA PLANTA FEIJÃO, ARROZ, SOJA, E CRIAR GADO, VC TA DESMATANDO PARA PRODUZIR COMIDA, PARA A POPULAÇÃO QUE ESTA CADA VEZ MAIS SOFRIDA, E NAS MAZELA…QUE DESMATA PARA PRODUZIR COMIDA É NA VERDADE UM VERDADEIRO HEROI — O DINHEIRO, VEM DE FORA DO BRASIL, PARA FIANCIAR ESSAS OPERAÇÕES CAMUFLADAS DE COMBATE AO DESMATAMENTO, QUANDO NA VERDADE ELES ESTÃO COM AJUDA DO IBAMA, E OUTROS ORGÃOS, COMBATENDO O DESENVOLVIMENTO DO BRASIL, COMO GRANDE PRODUTOR DE ALIMENTO….ESSEA É A VERDADE

      Resposta
  • 18 de junho de 2016 em 10:02
    Permalink

    os madeireiros que utilizam o serviço de jagunços para dar suporte às suas ações criminosas são da madeireira floresta verde.

    Resposta
  • 18 de junho de 2016 em 09:59
    Permalink

    A retirada da madeira e comandada pela madeireira floresta verde

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *