Estudante da Ufopa recebe prêmio em Congresso Brasileiro de Ficologia

Keiciane Alexandre de Sousa
Keiciane Alexandre de Sousa, estudante de bacharelado em Engenharia Sanitária e Ambiental

Keiciane Alexandre de Sousa, estudante do bacharelado em Engenharia Sanitária e Ambiental da UFOPA, recebe o prêmio “Aylthon Brandão Joly” do XVI Congresso Brasileiro de Ficologia (estudo das algas), com o estudo de iniciação científica intitulado “Diatomáceas perifíticas em macrófitas do Reservatório de Curuá-Una (Santarém-Pará): variação da comunidade em dois ciclos hidrológicos”.

O trabalho, que buscou identificar plantas e um grupo de algas unicelulares, existentes no reservatório da hidrelétrica de Curuá-Una, foi apresentado na modalidade oral – graduação –, no encontro que ocorreu na cidade de Parnaíba (PI), entre os dias 5 e 10 de junho de 2016. Ele foi orientado pela pós-doutoranda Dávia M. Talgatti (PPGSND/Ufopa) e pelo Prof. Sérgio de Melo (ICTA), coautores da pesquisa.

O estudo, desenvolvido desde 2015, faz parte do projeto de iniciação científica de Keiciane Souza e integra o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) da Ufopa. De acordo com a estudante, a chave do trabalho foi investigar a diversidade da flora do reservatório de Curuá-Una. “E os resultados alcançados com a taxonomia, ou seja, o estudo de identificação dos organismos, foi que o reservatório de Curuá-Una possui uma alta riqueza e diversidade de espécies de algas”.

Como essas algas são utilizadas para um biomonitoramento da qualidade dos ambientes aquáticos, de acordo com a estudante, o estudo concluiu que, “apesar do lago ter sofrido ações antrópicas, que dizer, que sofreu a interferência da ação humana, ele ainda é considerado um lago limpo, preservado”.

Ainda segundo Keiciane, investigações desta natureza ajudam em futuros estudos e também na construção de base de dados para a implantação de programas de biomonitoramento para cálculos de índices biológicos de qualidade da água.

DEBATE SOBRE A QUALIDADE DO PESCADO DE SANTARÉM ACONTECERÁ DIA 27 NA UFOPA

O projeto de extensão Rede Acquapacita, do Instituto de Ciências e Tecnologia das Águas (ICTA) da Ufopa, realiza na próxima segunda-feira, dia 27 de junho de 2016, a tarde, uma série de palestras e debates sobre a qualidade do pescado no município de Santarém (PA). Aberto ao público e à comunidade acadêmica, o evento será realizado a partir das 14 horas, no auditório anexo à Unidade Amazônia, situada na Avenida Mendonça Furtado, bairro de Fátima.

O debate integra o I Workshop Condições da Cadeia Produtiva do Pescado e conta com o apoio da Secretaria de Saúde do Município de Santarém, do Sindicato dos Nutricionistas do Estado do Pará e do Ministério Público Estadual. O evento tem por objetivo capacitar os atores envolvidos nesse sistema, a partir da discussão de aspectos relacionados à qualidade do pescado, desde a captura até o consumo, e de uma proposta voltada para a melhoria das condições sanitária das feiras de pescado de Santarém.

A partir das 14 horas, serão realizadas palestras sobre os temas: “Qualidade do Pescado e Segurança Alimentar”; “As Condições da Cadeia Produtiva do Pescado e o Papel desempenhado pela Divisão de Vigilância Sanitária no Município de Santarém”; “Controle de Qualidade e Inspeção de Produtos de Origem Pesqueira”; e “As Condições Legais da Cadeia Produtiva do Pescado no Município de Santarém e o Termo de Ajustamento de Conduta”. Às 18 horas acontecerá uma mesa-redonda sobre a qualidade da cadeia produtiva do pescado em Santarém.

UFOPA SEDIA IV ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES INDÍGENAS – ENEI

A Universidade Federal do Oeste do Pará recebe, no período de 15 a 19 de outubro de 2016, o IV Encontro Nacional de Estudantes Indígenas – ENEI. As inscrições poderão ser realizadas até o dia 30 de julho no site do evento (http://ufopa.edu.br/enei2016).

O evento contará com a participação de estudantes indígenas e não indígenas de graduação e pós-graduação, professores, profissionais de instituições indigenistas e lideranças indígenas da base de todo o país.

O objetivo será o de promover, de estimular e de fomentar discussões sobre acesso e permanência de estudantes indígenas no ensino superior, procurando uma articulação com o contexto mais amplo da educação básica, da pesquisa e da produção de conhecimento.

Para mais informações sobre hospedagem, submissão de trabalhos, acesse a página do ENEI na Internet: http://ufopa.edu.br/enei2016.

Fonte: RG 15/O Impacto e Talita Baena/Ufopa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *