Belo Monte inicia geração comercial na quarta turbina

Usina já está gerando comercialmente mais energia do que grandes hidrelétricas brasileiras em funcionamento
Usina já está gerando comercialmente mais energia do que grandes hidrelétricas brasileiras em funcionamento

A Usina Hidrelétrica Belo Monte já está gerando comercialmente mais energia do que grandes hidrelétricas brasileiras em funcionamento. A segunda unidade geradora da Casa de Força Principal, no Sítio Belo Monte, está integrada ao Sistema Interligado Nacional (SIN) e a geração comercial nesta máquina foi autorizada no dia 17 de julho pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). São mais 611,11 MW somados as três unidades em geração comercial. Com isto, Belo Monte e Pimental, juntas, alcançam aproximadamente 1.300 MW de energia gerada para o Brasil, com capacidade superior, por exemplo, a da Usina Hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia, com capacidade instalada de 1.050 MW.

Os primeiros testes na segunda turbina do Sítio Belo Monte, a maior casa de força do empreendimento, foram iniciados no dia 19 de junho, com a aferição dinâmica para observar e ajustar o funcionamento da máquina. Agora já são quatro turbinas de Belo Monte gerando comercialmente, sendo duas no Sítio Belo Monte e duas, no Sítio Pimental.

Belo Monte terá capacidade instalada de 11.233,1 MW, dos quais 11.000 MW serão gerados na Casa de Força Principal e o restante na Casa de Força Complementar, no Sítio Pimental. A usina estará em pleno funcionamento em 2019. A quarta maior hidrelétrica do mundo e a maior hidrelétrica 100% nacional gerará energia suficiente para abastecer um consumo médio de 60 milhões de pessoas, em 17 estados brasileiros.

 Fonte: RG15/O Impacto e Anderson Araújo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *