O DESASSOSSEGO NA PRAÇA DO SILÊNCIO

No dia 02 de agosto, no Senado Federal, estava se criando uma comissão para avaliar as obras paralisadas no Brasil, porque estas  não traziam nada para o contribuinte e sim prejuízos, mostrando o descaso, a falta de responsabilidade e seriedade com o dinheiro proveniente de arrecadação paga pelos contribuintes dos quatro cantos desse País.

Aí me lembrei de que a Praça Tiradentes, aqui em Santarém, foi uma árdua luta da Associação dos Moradores do Bairro da Aldeia, por diversos anos. Foram pela esfera judicial. Até a Prefeitura de Santarém, ter sido intimada da sentença. Enrolou o que pode para entregar a obra, com TAC – Termo de Ajustamento de Conduta – e agora fica dizendo ser uma programação do aniversário de Santarém, após quatro anos.

O mesmo destino, não tem outras diversas obras. E aqui eu falo de uma que causou um largo sorriso nos lábios dos moradores da Rua do Imperador, no perímetro da Praça Barão de Santarém até a Mendonça Furtado. Sabem por quê? Porque ali estava situada a usina termoelétrica da CELPA que funcionava, para garantir a falta de energia elétrica por ocasião dos racionamentos, dos apagões, só que estes tinham tabelas, os de hoje, não a temos.

Os moradores dali suportaram em seus ouvidos o barulho da usina até o dia em que se inaugurou o linhão.

E por ocasião da inauguração do linhão, as autoridades prometeram a população, principalmente aos moradores daquela área da Rua Imperador, A PRAÇA DO SILÊNCIO. Vejam só que nome sugestivo. Mas acontece que deixaram passar o tempo. Um cidadão já se disse proprietário e mandou fazer uma laje, está embargada. E a praça nada. Deixaram-na no esquecimento, ou melhor ficou no silêncio.

Em assim sendo, alguns moradores de rua resolveram se estabelecer ali e a provocar, durante o dia a e noite agitos e mais agitos, a fazer barulho,fumar, cheirar, picar, fazer sexo explícito e etc. além de cometer delitos nas residências e nos transeuntes que por ali passam. Inclusive. Chegam a brincar pela madrugada ou altas horas da noite nos portões eletrônicos das residências dali.

Aliados aos moradores, como a conhecida “Ratinha”, (aquela do incêndio do IBAMA, ser uma das hóspedas do logradouro). E a Praça do Silêncio? Até agora, Nem…..nem se fala.  E o pior ainda tem os barcos que estão atracando ali, passando o cabo quase no “jirau” das casas dali, que tem os fundos para a praia. É bem verdade que em Santarém existe um braço de uma secretaria municipal para cuidar dos portos, mas que até hoje não disse para que veio,…como outras secretarias criadas neste governo que está no seu crepúsculo, só para agasalhar correligionários. E não se vê um ordenamento na atracação, embarque e desembarque dos clientes de Santarém.

Santarém que aos longos dos anos foi perdendo a sua orla agora perdeu de vez. Tudo virou porto de atracação. O seu cais, que sempre se anuncia um cais, ou melhor, uma Estação hidroviária. Desde o século passado. Até agora necas. Nem mesmo um trapiche! Está só na promessa da esperada reeleição. Será? Ou como dizem por aí. A Prefeitura só faz o que Ministério Público determina. Então Moradores do Bairro de São Sebastião. Façam a Prefeitura de Santarém, assinar mais um TAC. Que pela boa vontade do gestor municipal não sai, pois a Praça GIGI ALHO, achou melhor colocar tampão, para que ninguém visse, OU acabasse com o porto de carga e descarga que ali estava se transformando, que recuperá-la. E assim as outras..

 Mas mudando um pouco de esfera. A vinda acanhada do atual governador do estado em Santarém, silencioso. Muita gente nem soube que ele estivera por aqui. Mas disse uma coisa honesta. NÃO VAI CONCLUIR AS OBRAS PARALISADAS EM SANTARÉM. Então, adeus Ginásio para cinco mil pessoas, escola técnica, Estádio Colosso do Tapajós, Centro de Convenções, este nem capinaram o terreno, que nem começou. MELHOR DO QUE ENGANAR A POPULAÇÃO QUE JÁ ESTÁ ENGANADA. Enquanto isso o governo municipal patinha para terminar a Anisio Chaves, a Trav. Turiano Meira, uma tal de Estação da Saúde, no terreno da associação da Cohab, sem contar com as obras do interior, daqueles comunitários que andam todas as semanas para cá para receber  a “enganada” de que vão fazer e nada, e muitas outras obras, incabadas.

=========================

Hoje se encerram as convenções partidárias. A partir daí já saberemos quem serão os candidatos a representar o povo santareno na Câmara Municipal de Santarém e quais os que estão se habilitando a ser o Prefeito – o Executivo – de Santarém. Pense Bem, caro eleitor, vote por Santarém.

=========================

Hoje tem O PROGRAMA NOSSA SERENATA DA RÁDIO RURAL DIRETAMENTE DO FLUMINENSE, NUMA PROGRAMAÇÃO DA PASTORAL DA COMUNICAÇÃO. LOGO APÓS BANDA STILLUS DELSON CAETANO E A CANTORA LÍCIA MARA.

=========================

Estarei ausente duas semanas daqui da coluna. Irei visitar familiares em Aracaju – Sergipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *