Mototaxistas planejam bloquear Avenida Fernando Guilhon

mototaxis-santarem-copia
Mototaxistas reunidos na Praça São Sebastião.

Na manhã de sexta-feira (16), o Sindicato dos Condutores Autônomos de Mototáxis de Santarém (Sicams), fez manifestação para cobrar da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT) a realização com mais frequência de ações de fiscalizações com o objetivo de combater o serviço clandestino.

Para iniciar a manifestação, a categoria fez concentração na Praça de São Sebastião, de onde partiram para bloquear momentaneamente o cruzamento da Avenida Rui Barbosa com Barão do Rio Branco.

De acordo com os manifestantes, tal ação é a única maneira de cobrar do poder público municipal que tome providências, já que no diálogo não obtiveram resultados satisfatório. “A insatisfação da categoria é infelizmente por não estar trabalhando com tranquilidade nesse trânsito nosso que é perigoso, porque nós pagamos impostos, somos cobrados, exigidos para nos capacitarmos e não há fiscalização em cima da ilegalidade”, afirma o mototaxista Reinaldo Albarado.

“Estamos sinalizando, pedindo ao governo que a partir de agora o sindicato vem pedir a fiscalização. Caso não aconteça uma fiscalização severa do serviço clandestino, o sindicato vai fazer várias manifestações na cidade”, informou o presidente do Sicams, Manoel Júnior Sousa.

Ainda segundo Manoel, a categoria planeja bloquear a Avenida Fernando Guilhon, que somente será liberada após a prefeitura se manifestar sobre um cronograma de fiscalização.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *