Servidores do Detran iniciam greve no Pará

Servidores do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) iniciaram a greve nesta quinta-feira (22). Segundo o sindicato da categoria, metade dos trabalhadores do órgão cruzaram os braços em todo o Estado. Em Santarém os servidores ainda não aderiram ao movimento.

“Estamos parados em quase todas as unidades do Estado, em 48 municípios. Em Belém, estamos realizando piquetes e atos em frente à todas as unidades do Detran, inclusive nos pátios de retenção de veículos”, afirmou o Élison Oliveira, presidente do Sindtran. “Neste primeiro dia, nossa adesão de trabalhadores à greve foi de 50%, mas a tendência é que esse número aumente”.

Entre as principais pautas de reivindicação dos trabalhadores, estão o reajuste salarial, do auxílio alimentação para R$881,29, Gratificação de Tempo Integral de 60%, reajuste nas diárias para R$ 196 e acréscimo de R$ 200 na Gratificação de Trânsito.

Os servidores ainda pedem a exoneração de Orlando Filho, chefe de Grupo de Ciretran Castanhal, e de Paula Fonseca, diretora administrativa e financeira do Detran, acusada pelos trabalhadores de praticar assédio moral, de usar um carro oficial do órgão para fazer compras em um shopping e de nepotismo, ao contratar o próprio sobrinho para o cargo de assistente administrativo.

(Com informações do Portal ‘DOL’)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *