Procon de Itaituba multa Celpa em mais de 3 milhões de reais

Diferentemente do que acontece em Santarém; os consumidores de energia que têm os seus direitos negados pela Celpa no município de Itaituba, podem contar com a excelente atuação do Procon naquela cidade. Após analisar e atender todas as demandas, o órgão de defesa do consumidor trabalha de forma eficiente para buscar uma solução adequada.

Nesta semana, sem obter um retorno satisfatório nas audiências junto a concessionária de energia, o Procon aplicou mais uma multa no valor de R$ 1.010.000,00 (um milhão e dez mil reias) à Celpa, após analisar 30 processo administrativos resultantes de reclamações de consumidores do município. As principais infrações estão relacionadas à cobrança indevida, cortes de faturas pagas, erro de medição do consumo e falta de informações às reclamações dos consumidores bem como pelo não cumprimento dos acordos firmados administrativamente.

O consumidor itaitubense tem conseguido com que a empresa reclamada reveja a política de fornecimento do serviço e de prestação de informações na medida em provoca a atuação do Procon. Hoje Itaituba está em primeiro lugar na proporção população/reclamação e o orgão municipal de defesa do consumidor é o que mais tem aplicado penalidade à concessionária de energia elétrica dentro do estado do Pará, situação que tem causado preocupação da administração da empresa em Belém e como consequência disso, no dia 20 de setembro uma comitiva da autuada esteve em Itaituba se prontificando em implementar melhorias na prestação do serviço.

Segundo o coordenador do órgão, Herbert Luiz, a concessionária de energia responde por 62% de todas as reclamações recebidas no Procon de Itaituba. “Fato que exige deste órgão medidas cada vez mais enérgicas como forma de induzir a empresa a pautar sua atuação de acordo com o CDC. Após aplicação de várias multas que hoje totalizam R$ 3.181.000,00 (três milhões, cento e oitenta e um mil reais), percebemos que a empresa tem procurado resolver, ainda que timidamente, muitas das demandas dos consumidores de Itaituba tão logo é notificada pelo Procon, o que evita a aplicação de multas”, explica Herbert Luiz de Souza Pinto.

RG 15 / O Impacto com informações do Procon/Itaituba

2 comentários em “Procon de Itaituba multa Celpa em mais de 3 milhões de reais

  • 5 de outubro de 2016 em 01:20
    Permalink

    parabenizar o colega advogado que e procurador municipal, recente, por sua simplicidade, mas determinação e competência e defesa do interesse social, a frente do PROCON do qual sou vizinho na CASA DO CIDADÃO. Hj visitei-o e pude ver sua satisfação no que faz.

    Resposta
  • 30 de setembro de 2016 em 17:46
    Permalink

    Já tava na hora do povo ser respeitado. Tomara que tenha mais multa.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *