Gaeco investiga fraude na prefeitura de Uruará

veiculo-do-gaeco-na-prefeitura-de-uruara
Veículo do Gaeco na prefeitura de Uruará

A quinta-feira, 27, amanheceu tumultuada no município de Uruará, na região oeste do Pará. Vários veículos do Gaeco, de Belém, amanheceram na porta da Prefeitura, residências de funcionários e em diversas empresas da cidade.

Segundo informações colhidas por nossa reportagem, o Gaeco investiga diversas denúncias, com desvios milionários na merenda escolar, onde envolve o pai do candidato a vice-prefeito Leandro Goiano, dono do Supermercado Goiás (Gaspar Comércio Ltda). A residência do prefeito Banha está sendo revistada, bem como a casa do marido da tesoureira da Prefeitura e que é cunhada do prefeito Banha. Também a equipe está na casa do ex-secretario Marcos Baida.

equipe-do-gaeco-em-empresa-ligada-ao-prefeito-banha
Equipe do Gaeco em empresa ligada ao prefeito Banha

Informações colhidas por nossa reportagem são de que Leandro Goiano foi ex-Chefe de Gabinete do governo do prefeito Banha. Ele também foi candidato a vice-Prefeito na chapa encabeçada por Mário Lobo e que foram derrotados por Gilsinho Brandão.

A denúncia contra o governo do prefeito Banha se refere a desvio a convênios ilegais, desvio de dinheiro da Educação, Saúde, convênios e, principalmente a merenda escolar. O Supermercado Goiano cresceu 5 vezes mais o seu tamanho desde a gestão do Banha. A denúncia foi feita por Maris Magno, atual vice-prefeita de Uruará, que insatisfeita com os desmandos do prefeito Banha, mandou um dossiê de milhares de páginas para a Gaeco, contendo denúncias muito bem fundamentadas.

Prefeito Everton Moreira Banha
prefeito Everton Moreira Banha deverá ser afastado do cargo

Vários documentos e equipamentos estão sendo apreendidos pela equipe, que deverão ser levados para Belém para serem analisados. Dependendo dos resultados das investigações, o prefeito Banha poderá ser afastado do cargo e a vice-Prefeita deverá assumir a prefeitura de Uruará.

Leandro Goiano, filho do “suposto” desviador do dinnheiro da merenda escolar em Uruará, e o prefeito Everton Moreira Banha, são os principais alvos da Operação do Gaeco nesta manhã de quinta-feira.

Fonte: RG 15/O Impacto

 

8 comentários em “Gaeco investiga fraude na prefeitura de Uruará

  • 28 de outubro de 2016 em 08:07
    Permalink

    SOBRE ALGUNS DOS INVESTIGADOS:
    LEA VIVIANNY SOARES: é secretária de Finanças e cunhada do prefeito. Acusada de sacar 100 mil reais em espécie da conta da prefeitura alegando que seria para o pagamento da folha sendo que a folha é paga diretamente em banco. Lea também é esposa do dono de uma loja de informática (JR Infomatica) que teria sido beneficiada por licitações irregulares.
    JR INFORMÁTICA: nos 3 primeiros anos da gestão do prefeito a empresa foi vencedora de licitação para manutenção de máquinas e fornecimento de material com preços acima dos valores de mercado.
    SANTOS E RABELO LTDA-ME: empresa beneficiada por contratação irregular, inclusive por fornecer serviço que não constava em seu objeto. Também pertence à Francisco José Soares Júnior, marido da secretária de Finanças, Lea Vivianny Soares.
    MARKA CONSTRUTORA: empresa acusada de fraudar processo licitatório para a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento no município.
    SECRETARIA DE VIAÇÃO E OBRAS: teria realizado de vários procedimentos e contratações irregulares.
    DALVA BUENO PINTO: proprietária da empresa DB Pinto que tem vários indícios de licitações irregulares. O marido de Dalva é o atual secretário de Adminstração e ex-secretário de Viação e Obras do município.
    DB PINTO EIRELI: empresa suspeita de ter sido beneficiada com desvio de recursos públicos em licitações irregulares. Verificou-se ainda que trata-se de uma micro empresa com faturamento superior ao limite legal.
    RICARDO RODRIGO VARGAS: proprietário das máquinas alugadas ao município, sem contrato, e também sócio proprietário de empresas com licitações irregulares.

    Resposta
  • 27 de outubro de 2016 em 11:07
    Permalink

    Que a Justiça seja feita se tiver culpa que sejam todos punidos…Fica a dica.

    Resposta
  • 27 de outubro de 2016 em 10:33
    Permalink

    Vão parar tudo na cadeia, eu acho é pouco (:

    Resposta
  • 27 de outubro de 2016 em 09:58
    Permalink

    Simplesmente não acredito no que diz respeito a pessoa do Leandro Goiano, tendo em vista que não vi nenhum movimento la no supermercado do Sr. Goiano. Em relação as demais acusações é possivel sim, mas acho que estão usando de má fé quando usam o nome do Leandro.. certamente sua página está fazendo politicagem a favor do infrator de desvios de convenios federais de Uruará que voce deve conhecer muito bem,POR SER DONO DE UMA PÁGINA DE INFORMAÇÕE seria impossivel dizer que desconhece o pivo dos desvios de convenios publicos de Uruará.
    #minha opiniao

    Resposta
    • 27 de outubro de 2016 em 12:21
      Permalink

      Por que vc tá defendendo o Leandro Goiano?
      Vc conhece ele pelo menos?
      Será que ele é tão inocente assim?
      Se ele roubou ou não nós não podemos julgar, correto?
      Agora uma coisa tem que ser dita:
      O Leandro participou sim da gestão atual. Se ele roubou ou não, não posso provar.
      Ele era Chefe de Gabinete do Banha. Saiu, é verdade, mas nunca deixou de participar, afinal, a empresa dele e do pai dele fornecia merenda pra Prefeitura. Vc acha que o fato do Leandro querer ser vice-prefeito é preocupação dele com o povo ou garantir mais quatro anos de licitações.
      Vc sabia disso?
      Vc sabe me dizer quanto em R$ a Prefeitura de Uruará paga por um único pão?

      Resposta
      • 27 de outubro de 2016 em 18:13
        Permalink

        O amigo,realmente não sei! Como disse em meu comentário é minha opinião em relação a situação porq em nenhum momento o chefe dessa operação ao dar entrevista citou o nome do Leandro goiano e o Pai dele.
        #Só isso
        Não sei o Por que de imediato foram citando o nome e tal,pois poderiam ter citado o nome da empresa que o comandante da operação disse na entrevista e esse não foi citado aqui.
        #NÃO defendo x nem y,mas sou moradora e servidora nesse município e tenho opiniões assim como os demais nao precisando “puxar sardinha”,mas sendo justa!

        Resposta
  • 27 de outubro de 2016 em 09:35
    Permalink

    Eu querias que esses meliantes acabassem na cadeia…

    Resposta
  • 27 de outubro de 2016 em 09:24
    Permalink

    Tomara q a justiça seja feita

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *