Pesos e Medidas

advogado-agnaldo-rosas
Advogado Agnaldo Rosas

Silvonei José de Jesus Soares clonou o telefone de Marcela Temer, no mês de abril de 2016, respondeu a processo, que durou longos 5 meses, e foi condenado, em regime fechado, a uma pena de 05 (cinco) anos 10 (dez) meses e 25 (vinte e cinco) dias de prisão, pelo crime de estelionato e extorsão.

No ano de 2013, a Procuradoria da República apresentou uma denúncia contra Renan Calheiros no Supremo Tribunal Federal, por considerar que, no ano de 2007, o senador recebeu propina da construtora Mendes Junior, que ficou na incumbência de pagar as despesas pessoais da jornalista Monica veloso, com quem ele mantinha relacionamento extraconjugal. Em contraprestação, o senador apresentaria emendas no orçamento da União, que beneficiariam a empreiteira.

A denúncia foi distribuída para o Ministro Edson Fachin, que levou mais de três anos apenas para relatar, pois somente no dia 04 de outubro deste ano liberou-a para julgamento.

A partir de então, cabe a presidente da Corte, Ministra Carmem Lúcia pôr em pauta para julgamento, ocasião em que ela e o seus pares decidirão se o senador virará ou não réu.

Não havendo nenhum incidente de percurso, é possível que daqui a 05 (cinco) anos 10 (dez) meses e 25 (vinte e cinco), quando Silvonei José de Jesus Soares já tenha cumprido integralmente a sua pena, o senhor Renan Calheiros comece a responder por peculato, falsidade ideológica e uso de documento falso, crimes que supostamente cometeu no ano de 2007.

Fonte: RG 15\O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *