PF apura crime de lavagem de dinheiro no Pará

A Polícia Federal instaurou inquérito policial para apurar o possível crime de lavagem de dinheiro decorrente de apreensões de carros ocorridas recentemente em um porto de Belém, durante fiscalização do Grupo de Polícia Marítima (Gepom).

Na última quarta-feira (26), agentes do Gepom apreenderam nove jettas e mais cinco carros – sendo três jettas e duas Fiat totó – na última sexta-feira (28).

Segundo a PF, em depoimentos, os veículos foram comprados pela Volkswagen no México e vendidos para uma locadora de São Paulo, que repassou para outras do mesmo Estado.

Levantamentos preliminares apontados durante as investigações constataram que a empresa responsável tem poucos meses de constituída, além de um sócio de identidade duvidosa e um capital social muito elevado.

Ainda de acordo com a PF, todos os veículos eram novos (zeros) e procedentes de Manaus e, já estavam com placas de São Paulo.

Todos os veículos foram apreendidos pela PF no Pará, onde foi instaurado inquérito para apurar e esclarecer os fatos.

Segundo a PF, até o fechamento desta reportagem ninguém havia sido preso.

Fonte: DOL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *