Coordenador Nivaldo Brederode é removido do cargo

O Coordenador da CERAT de Santarém, Nivaldo Farias Brederode, foi removido para a Coordenadoria de Paragominas, conforme publicação no Diário Oficial nº. 33250 – página 14 de 14.11.2016. Brederode teve uma administração tumultuada, com cobranças de ICMS indevidas, fiscalizações em duplicidade, apreensão de mercadorias para coagir o contribuinte a recolher imposto, tornar ativo não regular a Inscrição Estadual por atraso de pagamentos de impostos e parcelamento, fiscalização de rotina e pontual para forçar o contribuinte a recolher ICMS. O procedimento de Brederode desconsidera a Procuradoria da Fazenda, órgão responsável para efetuar cobrança e despreza a Justiça, pois sem autorização judicial mantinha apreensão de mercadoria sem o devido processo legal. Enfim, aumentou a arrecadação por atos ilegais à margem da Lei, quando não oferecia ao contribuinte o direito a ampla defesa.

Os servidores das agências e postos abusavam do poder de autoridade. Brederode veio da Coordenadoria de Redenção onde surgiu o escândalo da SEFA e foi removido de Santarém. No esquema, 14 CERATs estão envolvidas no escândalo, Santarém, pode estar sob investigação.

Alguns servidores da SEFA e alguns políticos estão em alerta, no relatório do esquema consta mais de 600 páginas de escutas telefônicas, um grande escândalo pode ou não surgir. Crescer arrecadação com pressão, perseguição e com procedimentos ilegais, coagindo o contribuinte a recolher imposto, pensando em promoção pessoal e se manter no cargo de coordenador, qualquer servidor consegue.

Fonte: RG 15/O Impacto

4 comentários em “Coordenador Nivaldo Brederode é removido do cargo

  • 14 de dezembro de 2017 em 10:26
    Permalink

    Bando de empresário querendo sonegar!!! Tem que cobrar mesmo!

    Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 09:09
    Permalink

    Já foi tarde! Que venha alguém competente, capaz de cobrar apenas o que é devido, e não inventar tributação unicamente com o objetivo de arrancar dinheiro das empresas.

    Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 09:05
    Permalink

    Esse cara de sem vergonha vem para fraudar de vez cumprir com exatidão seu trabalho, punição nele.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *