Homem é executado com 12 tiros em possível acerto de contas

O submundo do tráfico de drogas pode ter deixado mais uma vítima na Pérola do Tapajós. Na noite de terça-feira(22), um bárbaro crime com suposta ligação com a comercialização de entorpecentes, aconteceu por volta das 21h30, próximo a esquina da Avenida Magalhães Barata com a Travessa João XXIII, no bairro Jardim Santarém.

De acordo com informações, a vítima que era ex-presidiário, identificado como Assis Lira Teixeira, morador da rua Bom Jardim, 174, bairro Santarenzinho, foi morto dentro do próprio veículo. Foram pelo menos 12 disparados de arma de fogo. Ainda segundo relatos, os assassinos estavam em uma motocicleta  CG/Fan, Cor Preta. Um dos bandidos trajava uma camisa Rosa e outro um camisa Preta.

A equipe do Samu chegou a ser acionada, porém, ao chegarem ao local do crime, a vítima já tinha vindo a óbito. Guarnições da Polícia Militar ainda realizaram buscas na tentativa de prender os assassinos, porém, a dupla não foi localizada.

O delegado plantonista da 16ª Seccional de Polícia Civil Jardel Guimarães e o titular da Divisão de Homicídios, Germano do Vale, bem como equipe de investigadores estiveram no local para iniciar as investigações sobre o caso. Em ato continuo, acionaram a equipe do  Centro de Perícias Científicas Renato Chaves para realizarem os procedimentos de praxes.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *