Justiça derruba manobra da volta do Prefeito de Uruará ao cargo

Poder Judiciário anula Decreto 006/2016 da Mesa Diretora da Câmara Municipal e Maris Nicolodi reassume o cargo de Prefeita Municipal.

O Juiz de Direito, Dr. Álvaro José da Silva Souza, deferiu uma ação popular com pedido de tutela interposta por um cidadão uruaraenses, contra a decisão do presidente interino da Câmara de Vereadores de Uruará, Amauri de Sousa Oliveira. Em seu despacho, o Juiz destaca que Amauri Oliveira, vice-presidente da câmara de Vereadores, arquitetou manobras para viabilizar o retorno do prefeito Everton Banha ao cargo. Aproveitando-se da ausência do presidente da Casa de Leis, editou o Decreto Legislativo de nº 006/2016 determinando o retorno do Prefeito, sob alegação de ilegibilidade do Decreto nº 005/2016, que havia afastado o Everton Banha do cargo.

O vereador Amauri de Sousa Oliveira, o Buxudo, logo após o presidente da Câmara, Gedeon Moreira pedir licença de dez dias, ao assumir a presidência interina, como primeiro ato revogou o edital que afastava o Prefeito do cargo.

O prefeito Éverton Vitória Moreira (SD) foi afastado por improbidade administrativa pelo prazo de 50 dias para investigação de uma CPI instalada pela Câmara Municipal de Uruará.

Fonte: RG 15/O impacto e Uruará em Foco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *