Futuro titular da Semsa dá exemplo de superação

Médico Edson Ferreira será o novo gestor da Secretaria Municipal de Saúde.

“Confesso que o primeiro impacto foi de apreensão, pela responsabilidade enorme que é fazer gestão da saúde pública. E depois de muito refletir, eu resolvi encarar o desafio”, assim falou a nossa reportagem, o médico Edson Ferreira Filho, sobre o convite que recebeu do prefeito eleito Nélio Aguiar, para assumir a Secretaria Municipal de Saúde. “Ele [Nélio] me falou que dará o apoio necessário, e disse que a saúde será prioridade de sua gestão. Então, a gente se sentiu respaldado para realmente efetuar as mudanças necessárias que nossa cidade precisa”, acrescentou.

Somente àqueles que sabem da história recente do médico, são capazes de compreender o momento de vitória, que o convite de Nélio Aguiar representa.

No mês de maio do ano que vem o acontecimento que mudou a vida do futuro secretário municipal de saúde, fará quatro anos. O médico Edson Ferreira Filho foi vítima de atentado, na manhã de uma quinta-feira, exatamente no dia 09 de maio de 2013. O neuropsiquiatra seguia sua rotina normal e atendia em seu consultório no Hospital Regional do Baixo Amazonas(HRBA). Quando um de seus pacientes, Elionaldo dos Santos Silva, invadiu o consultório e desferiu seis tiros à queima roupa no médico. Cinco balas o atingiram. Uma bala atingiu o seu punho e quatro ficaram alojadas em seu corpo, sendo que uma atingiu a coluna.

Hoje – depois de enfrentar um duro tratamento para recuperação de sua saúde -, graças a sua força de vontade conseguiu superar as adversidades e cumprirá mais uma missão, contribuir com a melhoria saúde pública de Santarém.

“Nós pretendemos a partir de agora, entrar em contado com o secretário., Dr. Sinimbú, para termos informações sobre a real situação que se encontra os trabalho na secretaria. Temos um pré-planejamento, porém, é mais prudente divulgarmos apenas nos primeiros dias do governo.O prefeito Nélio tem um grande compromisso com a área da saúde, já declarou isso de público. A nossa escolha é mais um reforço, porque eu me sinto da obrigação de mostrar serviço para a população santarena”, expôs o médico.

A população, amigos e familiares apostam no bom trabalho de Dr. Edson Ferreira Filho à frente da SESMA. Pois competência e força de vontade ele já demonstrou quem tem de sobra.

BALEAMENTO: O paciente Elionaldo dos Santos, de 37 anos, em completo surto psicótico – havia dias que não tomava a medicação -, atirou no médico neuropsiquiatra Edson Ferreira Filho, na manhã do dia 9 de maio de 2013, dentro do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, oeste do Pará.

No momento dos tiros, houve muita confusão e correria. “Entrou uma senhora com uma criança, depois de uns três minutos, o cara [atirador] entrou, empurrou a porta e atirou. Eu sai correndo, tropecei nos outros, cai, andei engatinhando até que eu me levantei, entramos num consultório, fecharam. Corremos e entramos noutro, tinham umas 20 pessoas nesse, engatou bolsa, camisa na tranca da porta. Foi um sufoco”, relatou uma paciente que testemunhou o acontecido.

“A gente estava próximos da sala. Só vi quando a moça do hospital gritou. Eu não sou daqui. A gente vai voltar sem fazer o exame. Eu nunca passei por um susto desses. A gente ficou tremendo. A gente nunca viu isso. Cidade pequena nunca aconteceu isso”, contou outra paciente.  “Fui ao banheiro, quando sai com o meu filho, ouvimos o barulho de tiro e todo mundo correu, ninguém sabia de nada. Depois foi que o Tático chegou foi que foram ver o doutor Edson no chão. A gente se abala com um negócio desses. Desde os oito anos de idade que ele consulta o meu filho”, afirmou outra paciente.

Por: Edmundo Baía Júnior

Fonte: RG 15/O Impacto

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *