Descaso – Prefeito diz não saber nada de administração pública

Chico Alfaia, prefeito de Óbidos, em uma reunião, socializou que não possui conhecimento de gestão pública.
O novo chefe do executivo municipal de Óbidos, oeste do Pará, jogou um balde de água fria na expectativa da população. Depois que assumiu o governo, ele não tem demonstrado muita confiança em relação ao futuro do Município. E o mais sério desta situação, é que diante dos desafios, segundo alguns munícipes, está completamente perdido sobre as soluções a serem implementadas com objetivo de mudar a realidade local.
Sem planejamento adequado, em uma reunião, ele acabou entregando o jogo: “- Se vocês forem falar de banco eu me garanto aqui, mas de Prefeitura, me perdoem, mas não entendo nada de administração pública”. Apesar da sinceridade de Chico Alfaia, a frase causou polêmica e até mesmo revolta em parte da população.
Agora vem a pergunta: Se ele não entende nada de administração pública, por que se meteu em querer ser Prefeito de Óbidos?
Outra atitude que até agora ninguém está entendendo foi de Chico Alfaia fechar a Prefeitura por 15 dias e depois prorrogou esse prazo por mais 15 dias. Ou seja, a Prefeitura está fechada e só vai abrir dia 1º de fevereiro. Nesse período nem o protocolo está funcionando. Isso está deixando a população indignada.
De acordo com alguns servidores, Chico Alfaia parece não demonstrar iniciativa, e acaba se agarrando em números financeiros, principalmente de dívidas. No entanto, não apresenta qualquer perspectiva de solução. Outra questão é referente a falta de entendimento com funcionalismo público. Eles citam, por exemplo, o fato de Chico Alfaia ter diminuído drasticamente o número de temporários, principalmente nas áreas de educação e saúde. Segundos os servidores, a decisão irá acarretar dificuldades no atendimento adequado à população obidense.
CARNAVAL: Outra preocupação da população e dos empresários locais é quanto a realização do Carnaval. O evento carnavalesco do município de Óbidos (Carnapauxis) atrai anualmente milhares de foliões de todas as regiões do País. O movimento intenso do período de folia gera muitos empregos e fomenta a economia. Porém, diante do cenário apontado pela nova gestão, a qualidade de anos anteriores parece que vai ser deixada de lado. Em recente entrevista a uma televisão em Santarém, Chico Alfaia afirma que o Município não tem dinheiro pára bancar o carnaval. O fato é, que todos os ex-prefeitos têm o carnaval como a “menina dos olhos”, pois é quando o município de Óbidos é conhecido mundialmente.
Vale lembrar que o ex-prefeito Mário Henrique deixou o Município endividado e agora Chico Alfaia recebeu a primeira cacetada, com o bloqueio de recursos.
PREFEITO ACUSADO DE CRIME É DENUNCIADO NA JUSTIÇA: Chico Alfaia assumiu a prefeitura Municipal de Óbidos sob a suspeita de crime eleitoral. A denúncia foi realizada no dia 07 de dezembro de 2016, pelo advogado Edimar de Souza Gonçalves, OAB/PA 16.456, com procuração outorgada por Roberto Araújo Silveira Filho, representante legal da Coligação Majoritária “Trabalho e Experiência para Óbidos Crescer”.
Na peça protocolada na Justiça Eleitoral, que tem como base a investigação realizada pela Polícia Federal (PF), sobre um áudio gravado na Santa Casa de Misericórdia de Óbidos, que supostamente demonstra um crime eleitoral, a coligação solicitou a instauração de Ação de Investigação Judicial Eleitoral, com vistas ao reconhecimento da ocorrência de captação ilícita de sufrágio, supostamente realizado pelo candidato a prefeito de Óbidos, Francisco José Alfaia de Barros, o ‘Chico Alfaia’.
No documento encaminhado à Justiça, a Coligação solicita a cassação do diploma ou mandato eletivo do prefeito eleito Chico Alfaia e do vice-prefeito, Isomar Castro de Barros, além da aplicação de multa e a inelegibilidade.
De acordo com o advogado Edimar Souza do escritório Bassalo S/C – Advogados Associados, os depoimentos realizados junto à Polícia Federal, demonstraram claramente a prática de compra de voto por Chico Alfaia. “Não fosse bastante o depoimento do sogro da paciente, José Dolzane, a Sra. Sione Belchior (paciente que passaria pela cirurgia de laqueadura) também confirmou que uma das vozes do áudio é sua e a outra de sua sogra conhecida por “Preta”, confirmando, também, que o candidato Chico Alfaia prometeu durante a campanha eleitoral de 2016, ao seu sogro Zequinha que pagaria sua cirurgia de laqueadura de trompas, sendo que já haviam falado pessoalmente com o médico Cleo, mencionando que estavam a mando de Chico Alfaia, sendo que Dr. Cleo informou que a cirurgia custava R$ 900,00 e pediu alguns exames”, relatou Edimar Souza em parte do texto do documento apresentado à Justiça Eleitoral.
Ainda segundo o advogado Edimar de Souza Gonçalves, nos depoimentos junto à PF, ficou demonstrado o modus operandi na conduta do candidato Chico Alfaia e do médico Cleo, vale dizer que a enfermeira Erinete e a recepcionista Maria Alcelina já haviam atendido diversas outras mulheres encaminhadas pelo senhor Chico Alfaia para atendimento cirúrgico por parte do Dr. Cleo para realização de laqueadura, despertando nas servidoras o alerta da ocorrência de conluio para a prática de crime eleitoral. E por isso que em 30/09, ao receberem na Santa Casa a consulta de Sione Belchior resolveram gravar o áudio contendo toda a conversa elucidativa acerca da ocorrência de ilícito eleitoral configurado pela promessa de Chico Alfaia em custear por preços mais módicos as cirurgias de laqueadura das eleitoras em troca do voto e do apoio das famílias beneficiadas. O áudio em questão é prova lícita decorrente de gravação ambiental no interior de prédio público, na qual a gravação partiu de uma das pessoas que participaram do atendimento médico, sendo que todos os envolvidos confirmaram na Delegacia da PF a veracidade da gravação, o reconhecimento de suas vozes e participações, a licitude da gravação realizada”.
DEPOIMENTO: No dia 04 de outubro do ano passado, Chico Alfaia prestou depoimento ao delegado federal Lívio Araújo. Em seu relato, ele nega que tenha autorizado qualquer pessoa a procurar o médico da Santa Casa de Óbidos. Que não conhece a mulher que passaria pela cirurgia, tão pouco os seus familiares. E acrescentou que, a gravação em áudio é uma armação de seus adversários políticos. Disse ainda, que uma pessoa informou à sua irmã, que o candidato derrotado Jaime Silva usaria tal áudio para tentar anular a sua diplomação ou cassar o seu futuro mandato.
Agora, fica a cargo da Justiça Eleitoral investigar essa denúncia de crime eleitoral por parte do prefeito eleito Chico Alfaia. Se for constatada a compra de votos, com certeza tanto Chico Alfaia quanto seu vice Isomar Castro de Barros, devem ser punidos pela Justiça, com a cassação de seus mandatos.
Por: Edmundo Baía Júnior
Fonte: RG 15/O Impacto

6 comentários em “Descaso – Prefeito diz não saber nada de administração pública

  • 16 de janeiro de 2017 em 10:44
    Permalink

    Edmundo Baia Junior, infelizmente você está coberto de razão e quanto ao jovem Lailson estas mesmas palavras bonitas que ele usa para o atual já usou para os dois últimos prefeitos de nossa cidade (conveniências de momento). De fato parece contraditório,a forma com que o chefe do executivo anda falando neste inicio de governo, veja só reduz secretaria por um lado mas na prática contratou 08 (oito) isso mesmo, oito pessoas para a sua assessoria de imprensa; outra atitude hilária por parte do novo chefe obidense é o fato de não ter suportado a pressão do pastor sem voto presidente do PRP que ao ser nomeado chefe da coordenadoria de defesa civil não se contentou em ser chamado de coordenador e exigiu que esta coordenadoria (como é em todos os municípios e até no Estado), fosse transformada em secretaria municipal apenas para dar status de secretário ao pastor sem voto; quanto ao carnaval com dinheiro ou sem dinheiro todos os governos anteriores realizaram o carnapauxis e este agora chegou usando esta máxima desculpa e acabou com o principal evento do turismo local…assim fica dito e reafirmada a velha piada agora mais do que nunca verdadeira: Óbidos, a cidade do já teve.

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2017 em 14:32
    Permalink

    positivo Laílson, muitas vezes é uma pessoa sem experiência que faz a diferença.

    Resposta
  • 13 de janeiro de 2017 em 20:41
    Permalink

    Edmundo Bia Junior, procura o que fazer ao invés de estar tentando jogar a população contra o gestor vc deveria pelo menos falar a verdade. Claro que ele não tem experiência com administração de prefeituras, a final é a primeira vez que ele exerce esse cargo público. Porém, as palavras dele refleti sim a sinceridade a honestidade e acima de tudo a simplicidade, coisa que muitos não tem! Lamento te informar mas vc está completamente equivocado e não sabe o que fala, faça uma visita ao nosso município e veja as primeiras ações do nosso governo, inclusive está recebendo parabéns da população pela iniciativa. Isso sim é governo de atitude! Tenho percebido que desde a campanha política vc vem tentando arruiarruinar a imagem e a reputação do atual prefeito. Espero que seja mais sensato nas suas próximas publicações! Pessoal carnapauxis não acabou, houve algumas mudanças, mas se queres como era pq vc não contribui financeiramente para o evento?.

    Resposta
  • 13 de janeiro de 2017 em 18:01
    Permalink

    Realmente eu sou um dos eleitores. Ah! se arrependimento… Vou ter que engolir mesmo. Mas é fato: era uma vez o Carnapauxis.

    Resposta
  • 13 de janeiro de 2017 em 16:12
    Permalink

    foi eleito pela maioria dos obidenses, agora não adianta chorar, vão ter que engoli.

    Resposta
  • 13 de janeiro de 2017 em 09:54
    Permalink

    Essa administração nova até agora só fez uma obra: ACABOU COM O CARNAPAUXIS! INFELIZMENTE! O melhor carnaval de rua da Amazônia, faz parte do passado.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *