Seminário na Ufopa discutirá políticas públicas de saneamento

Aberto ao público, o evento discutirá a municipalização e a privatização dos serviços de saneamento no país.

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Estado do Pará, em parceria com o Instituto de Saúde Coletiva (Isco) da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), promove nos dias 19 e 20 de janeiro, em Santarém (PA), o I Seminário em Defesa do Saneamento enquanto Política Pública. Aberto ao público e à comunidade acadêmica, o evento será realizado no Auditório Pérola da Unidade Amazônia, situada na Avenida Mendonça Furtado, bairro de Fátima.

De acordo com a organização do evento, o seminário visa debater o fortalecimento do saneamento enquanto política pública universal, transparente, democrática, direito do cidadão e dever do Estado. O foco principal dos debates será a municipalização e a privatização dos serviços de saneamento. Durante o evento será apresentado um diagnóstico do saneamento nos municípios da região do Oeste do Pará.

O Seminário contará com a participação de representantes de sindicatos de trabalhadores de diversas áreas, gestores públicos e do Ministério Público Estadual. Dentre os convidados, destaca-se a participação do professor Luiz Roberto Santos Moraes, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que fará uma palestra na sexta-feira, dia 20, a partir das 14 horas, sobre “Saneamento Público: direito de todos e dever do estado”. Doutor em Saúde Ambiental pela Universidade de Londres, Reino Unido (1996), o pesquisador desenvolve trabalhos relevantes nas áreas de Engenharia Sanitária e Ambiental, com ênfase em Saneamento Ambiental, nos campos de saúde ambiental e política, gestão e planejamento de saneamento básico.

Gratuitas, as inscrições para o evento serão realizadas até o dia 18 de janeiro de 2017 através do site www.even3.com.br/ssbepp. Também haverá inscrição no dia 19 de janeiro, no local do evento, a partir das 16 horas. Os inscritos receberão certificados de participação.

PARFOR/UFOPA REALIZA EVENTOS DE DEFESAS DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

As defesas ocorrerão nos campi de Óbidos, Juruti, Itaituba, Alenquer, Oriximiná, Monte Alegre e Santarém.

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) promove, no período de 16 a 27 de janeiro de 2017, eventos acadêmicos de defesas de trabalhos de conclusão de cursos de licenciaturas realizadas no âmbito do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). As defesas ocorrerão nos seguintes campi: Óbidos, dias 16 e 17; Juruti, dia 17; Itaituba, dia 19; Oriximiná e Alenquer, dias 19 e 20; Monte Alegre, dia 21; e Santarém, dia 27.

De acordo com a Coordenação Institucional do Parfor/Ufopa, em março de 2017, a instituição concluirá 27 turmas de professores formados em nível de graduação, o que representa mais de 500 professores licenciados para o atendimento da educação básica no Oeste do Pará.

Um dos destaques da maratona de defesas é o 1º Seminário de Integração Educacional, Científico e Social da Ufopa/Campus de Óbidos, que ocorrerá nos dias 16 e 17 de janeiro, na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, com o objetivo de dialogar e estreitar relações com a sociedade e as escolas públicas de educação básica, a partir de atividades de ensino, pesquisa e extensão. Além das apresentações públicas dos trabalhos dos alunos concluintes do Parfor, o evento contará com palestras, exposições orais, minicursos, oficinas e programação cultural.

Em Juruti, a solenidade de defesas ocorrerá na terça-feira, 17 de janeiro, às 18 horas, no ginásio da Escola Zelinda de Sousa Guimarães, situada na Rua Arnaldo Pinheiro, no bairro do Maracanã. Serão 17 defesas de alunos concluintes dos cursos de Pedagogia e das Licenciaturas Integradas em Letras (Português e Inglês) e em História e Geografia. Durante o evento, o professor Enoque Calvino Melo Alves, da Ufopa, apresentará a palestra “Reinventando a sala de aula: interagir com as tecnologias sem perder a essência do cotidiano das comunidades”.

A apresentação dos alunos do Parfor em Itaituba ocorrerá na quinta-feira, dia 19 de janeiro, a partir das 8h30, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Castelo Branco, situada na Passagem Cláudio Couto, bairro São José. O evento contará com a participação da professora Edneia Carvalho, da Ufopa, que ministrará a palestra “A contextualização econômica, política, educacional e social por meio do uso político do território”.

Em Oriximiná, a apresentação pública dos trabalhos acadêmicos ocorrerá durante a realização do III Seminário de Iniciação Científica do Parfor, que acontecerá nos dias 19 e 20 de janeiro, no auditório da Escola Tecnológica, situada na Rodovia PA-257, ao lado do Campus da Ufopa. O evento contará com minicursos e a apresentação de projetos desenvolvidos no Campus de Oriximiná. Outro destaque da programação é a palestra “O desafio da Educação Inclusiva”, a ser ministrada pela professora Gilma Pereira Rocha, da Seduc/Santarém.

Também nos dias 19 e 20 ocorrerão as defesas dos alunos do Parfor de Alenquer, no ginásio Octávio Proença de Moraes. A abertura do evento ocorrerá no dia 19, a partir das 18 horas, com palestra do professor Mário Adonis, da Ufopa, sobre o tema “Medidas governamentais em educação, projeção para as próximas décadas: a Lei da Mordaça”. No dia 20, pela manhã, haverá a apresentação dos trabalhos de conclusão de curso das licenciaturas integradas em Letras, História e Geografia; e, à tarde, dos cursos de Biologia e Química, Matemática e Física, e Pedagogia.

Em Monte Alegre, o evento ocorrerá no sábado, 21 de janeiro, a partir das 8 horas, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Carim Melém, situada na Travessa Major Francisco Mariano, bairro Cidade Alta, com palestra sobre o plano de educação do município e apresentação pública dos trabalhos das turmas concluintes de 2017. À tarde haverá uma visita ao Parque Estadual de Monte Alegre.

A maratona de defesas termina no dia 27, em Santarém. O evento começa às 8 horas, com a palestra “Educação para a Cidadania”, a ser ministrada pelo professor Genylton Odilon Rêgo da Rocha, da Universidade Federal do Pará (UFPA). Em seguida haverá as apresentações dos trabalhos de conclusão de cursos de Letras, História e Geografia. À tarde, as apresentações continuam, a partir das 14h30, com a participação dos alunos concluintes dos cursos de Biologia e Química, Matemática e Física, e Pedagogia.

Parfor – O Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) é resultado de um conjunto de ações do Ministério da Educação (MEC), em colaboração com as secretarias de educação dos estados e municípios e as instituições públicas de educação superior, para ministrar cursos superiores gratuitos e de qualidade a professores em exercício das escolas públicas sem formação adequada à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).

A Ufopa participa do Parfor desde 2010, estando presente em oito municípios da região do Oeste do Pará: Alenquer, Almeirim, Itaituba, Juruti, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná e Santarém. Mais de três mil alunos participaram do Parfor/Ufopa, através da oferta de cursos de Licenciaturas Integradas em Biologia e Química; Geografia e História; Matemática e Física; Letras – Português/Inglês; e Licenciatura em Pedagogia.

UFOPA REALIZA EVENTO SOBRE AGROPECUÁRIA E TECNOLOGIAS ENERGÉTICAS NA AMAZÔNIA

O Instituto de Biodiversidade e Florestas (Ibef) da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) realiza de 23 a 26 de janeiro de 2017 o Ciclo de Debates em Agropecuária, Empreendedorismo Rural e Tecnologias Energéticas na Amazônia. O evento é promovido por alunos do bacharelado em Engenharia Florestal e ocorrerá no Auditório da Unidade Tapajós.

A programação inclui palestras e mesas-redondas voltadas a discentes e profissionais das áreas biológicas, agrárias, biotecnológica, humanas e exatas do município de Santarém e região.

As inscrições podem ser feitas diretamente com os alunos do curso de Engenharia Florestal na sala 204 da Unidade Tapajós no horário da tarde ou por meio do endereço florestaleng2012@gmail.com. A taxa de inscrição é de R$ 15,00. Os participantes terão direito a certificado com carga horária de 20 horas.

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/Ufopa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *