DOIS FATOS NOVOS

DOIS FATOS NOVOS

Dois fatos me chamaram atenção nesta semana que ora se finda. Um a nível nacional, pois se passou mais uma semana se falando de medidas contra as rebeliões nos presídios brasileiros. Tantas reuniões, formando comissões, gastando dinheiro com aeronaves, hotéis, água mineral e nada de concreto foi realizado com relação à questão das penitenciárias e continua a carnificina nos presídio brasileiros e de lá comandam e estão promovendo a violência nas ruas das cidades, onde se “mexe” com as lideranças das facções. Demonstrando que o estado está desorganizado para combater o crime organizado.

Somente na quarta-feira, 18.01.2017, resolveram criar o Programa de Segurança Nacional que vai permitir às Forças Armadas, uma das instituições mais sérias deste País, segundo a população brasileira, após solicitadas pelos estados, terá autorização pelo decreto  da GLO – Garantia da Ordem Pública – (já pedido por nove estados, de imediato) onde as Forças Armadas farão um papel importante, uma varredura, não só dentro das celas, mas nas proximidades e na parte administrativa das casas penais. Creio que também farão “baculejo” no alojamento da guarda e dos agentes prisionais – muito citados como facilitadores das entradas de entorpecentes, armas e até de facilitarem a promoção de festas e orgias, dentro das penitenciárias.

Convém observar que foram as Forças Armadas que hastearam o pavilhão nacional na retomada do Morro do Alemão, no Rio de Janeiro. E daí? Hoje está livre? Ou o governo deixou cair de novo nas mãos dos marginais?

Resta-nos, agora, esperar um resultado concreto da “Decisão Ousada” do Presidente da República para acabar com esse “Drama Infernal” por qual o País está passando. Na próxima semana esperamos para se ver algo de concreto.

Já o segundo assunto foi a nível municipal. Na segunda-feira, 16, foi a apresentação da Mensagem do Prefeito Municipal, na abertura dos trabalhos do Legislativo Municipal de Santarém, a 18ª Legislatura 2017 a 2021.

A mensagem do Prefeito é prevista no artigo 53, IX, da Lei Orgânica do Município que assim estabelece: – Remeter mensagem e Plano de Governo à Câmara, por ocasião da abertura da sessão Legislativa, expondo a situação do Município e solicitando as providências que julgar necessária.

Neste caso foi especial, por ser o Prefeito recém empossado e, portanto, apresentou, pela primeira vez, em que estado encontrou o Município. Uma situação já era prevista, as dívidas deixadas pelo Prefeito anterior, dentre outras em restos a pagar e os precatórios, totalizando mais de 225 milhões, valor este que foi contestado em nota pelo Prefeito substituído, mas este não apresentou uma versão verdadeira dos valores. Resta ao Tribunal de Contas dos Municípios, a palavra final. Mas o pior de todas as dívidas é a do INSS, que pode inviabilizar o Município a receber verbas e firmar convênios.

As outras metas foram as que pretende atingir, nos diversos setores a serem promovidas pelas diversas secretarias, coordenadorias. Cada qual no seu cada qual.

Chamou-se a atenção o compromisso já apresentado junto ao Ministério Público Estadual de honrar os TAC. Termos de Ajustes de Conduta, assinado com o Prefeito e MP Estadual, para as melhorias dos mercados, feiras e da Avenida Anysio Chaves.

Muito bem, o princípio da continuidade do direito administrativo, deve ser observado para que a administração pública não sofra descontinuidade.

Além desses tem o “Calçadas Livres” tomara que volte logo, pois os “abusados”, já não obstruem toda a calçada, com todo tipo de obstáculos, sendo os mais comuns: tendas para venda de carnês e consórcios, com churrasqueiras, mesas, até em pizzarias e padarias que já não usam apenas a calçadas, mas já estão usando o leito da rua, impedindo que se estacione o seu veículo.

Só lamento não ter sido incluído nesse TAC a conclusão das calçadas da Trav. Turiano Meira, na parte dentro do conjunto da Cohab, tão prometida pelos membros daquela “secretaria de gerenciamento de obras”, várias vezes, estiveram aqui, junto com os moradores, e confirmaram que concluiriam, mas nada, os moradores continuam impedidos de colocar seus carros nas garagens, deixando-os na rua.

 Além do que a tal de “Academia Saúde”, iniciada a obra em uma área da Associação dos Moradores da COHAB, está paralisada, e o pouco que foi construído está servindo de abrigo para os viciados em substâncias entorpecentes, marginais e de motel, causando transtornos para os moradores do entorno.

Esperam os moradores que logo que terminem de “arrumar a casa” dê continuidade as obras, deixadas, pela administração das obras inacabadas. //// O fato ocorrido na terça-feira, 17, por volta das 15 horas, no cruzamento da Av. Borges Leal, com a Trav. Silva Jardim, onde uma carreta derrubou o poste que sustentava o semáforo, causando prejuízo ao patrimônio público, aos moradores, comerciantes etc… estabelecidos naquela artéria. Alegou o motorista que a fiação é baixa para as carretas, mas as autoridades do trânsito além de sinalizar a altura da fiação, do viaduto, devem verificar na entrada da cidade de Santarém, a altura permitida para as carretas e caminhões com carga, se estão dentro dos padrões permitidos, porque, como sempre, eles passam um “pouquinho mais”, o que pode ser fatal. Também devem as autoridades municipais, regulamentar as ruas por onde possam transitar as carretas, como em outras cidades do país.//// Ora quem diria! Mesmo distribuindo casas a baixo custo no Residencial Salvação, (que não salvou tanta gente assim) os invasores preferiram construir, ilegalmente, no Lago Papucu, junto a área de Preservação Ambiental, o que vai dar um “trabalhinho” para o novo governo municipal retirá-los de lá. //// Desde 2008 a Base Candiru, localizada na cidade de Óbidos, estava desativada, por falta de apoio do governo. Reiniciou a sua atividade nos últimos dias e já apreendeu duas malas cheias de entorpecente, prendendo uma pessoa. Agora, imaginem! quantas toneladas de drogas e mercadorias contrabandeadas, passaram por lá, sem serem os infratores, incomodados. //// O que você achou da nova “Globeleza”, destacando a cultura e o folclore regional? //// Gostaria de me solidarizar com a família da minha colega de juventude e de profissão, a professora JOANA BERNARDES, falecida, neste final de semana que passou. A sua obra ficou eternizada naqueles que ela ajudou a formar o caráter. Que Deus lhe receba em sua morada. REQUIESCAT IN PACEM!//// Continuando a programação dos setenta anos do Fluminense, nesta sexta haverá o show baile musical com a BANDA STILLUS, DELSON CAETANO e a participação especial da cantora LÍCIA MARA. O pré show a partir das 22:30, com JOSÉ MARIA ALHO E CONVIDADOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *