Henderson: “Ex-gestor deixa Semsa com mais R$ 20 milhões em dívidas”

Henderson Pinto disse que apesar de todas as dificuldades, novos gestores têm conseguido avanços

Não tem sido nada fácil para o novo gestor municipal, Nélio Aguiar e seu secretário de saúde, Edson Filho, executarem as ações planejadas na tentativa colocar no eixo novamente os atendimentos de pacientes do SUS em Santarém.

De acordo com o vereador dos Democratas, Henderson Pinto, além da nova gestão encontrar com um cenário dantesco nos serviços prestados pelo Sistema Municipal de Saúde, a busca de melhoria da situação esbarra em termos de recursos financeiros, em especial sobre a enorme dívida deixada pelos gestores anteriores. Segundo ele, a dívida levantada até o momento passa de 20 milhões de reais.

“O levantamento realizado pelo novo Secretário Municipal de Saúde apontou que existe uma dívida de mais de 20 milhões de reais com fornecedores”, informou Henderson Pinto.

A falta de pagamentos prejudicou diversos setores, inclusive fornecedores de medicamentos, equipamentos e prestadores de serviços. Outro problema está relacionado à falta de pagamentos dos aluguéis de imóveis e veículos. Um exemplo é o atraso por três meses do pagamento do aluguel do prédio onde atualmente funciona a sede da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), localizado na Travessa 7 de Setembro, entre as Avenidas Mendonça Furtado e Presidente Vargas.

Mesmo com o quadro de grandes dificuldades, Henderson elogia as iniciativas do atual Prefeito no sentido de solucionar problemas na área da saúde. “Falamos sobre o esforço do prefeito Nélio Aguiar em tentar buscar dar celeridade para diminuir o tempo de espera para a realização de exames, bem como das cirurgias eletivas e de traumas. Está sendo feito um trabalho com o objetivo de realizar mutirões nesse sentido”, expõe.

HENDERSON PINTO É NOMEADO LÍDER DO GOVERNO NA CÂMARA: O Vereador, que agora é responsável por fazer a intermediação entre Executivo e Legislativo, sugeriu a nomeação de um vice-líder do governo. O prefeito Nélio Aguiar (DEM) escolheu o vereador Henderson Pinto, que é a da mesma sigla partidária dele, para ser o líder do governo na Câmara Municipal de Santarém. Agora cabe ao parlamentar a função de articular as principais votações e angariar apoio para as propostas de interesse do Executivo Municipal. O democrata falou sobre a responsabilidade do cargo: “Eu primeiramente me sinto lisonjeado. Agradeço o prefeito Nélio Aguiar por ter indicado meu nome para assumir essa função, que é muito importante e não muito simples. Você está ali para representar a Casa diante do governo e vice e versa”, analisa.

E para auxiliar na resolução dos problemas da cidade, entre as duas instituições, o parlamentar indicou o nome de outro Vereador, já aprovado pelo Prefeito. “Sugerimos o nome do vereador Dayan Serique (PPS) para ser o vice-líder do governo na Câmara. É uma figura nova que surge, uma ideia nossa, até para nos auxiliar e dar condições melhores de trabalho”.

Parabenizado pelos demais vereadores, Henderson agradeceu. “Eu espero poder honrar essa confiança. Peço a Deus muita sabedoria e discernimento para ajudar a auxiliar esse governo nessa missão que é muito nobre, além de me colocar à disposição da Casa, dos meus colegas vereadores, da sociedade como um todo para tentar ajudar no desenvolvimento do Município e a resolver os problemas da cidade”, concluiu.

COMISSÕES PERMANENTES SÃO CONSTITUÍDAS: O primeiro secretário da Casa, Emir Aguiar (PTN), informa sobre as comissões permanentes da Câmara Municipal. Ele ressaltou que a partir de “agora é trabalhar para que a gente [vereadores] possa analisar os projetos que estão tramitando na Casa e encaminhar para a Mesa Diretora”. O parlamentar citou cada uma das comissões em seu pronunciamento com os respectivos presidentes. Aguiar esclareceu que somente a Comissão de Agricultura, Pecuária, Obras Públicas e Patrimônios ainda não definiu o nome para a presidência. “Vão [componentes da comissão] reunir para definir quem é o presidente”, explica.

Por: Edmundo Baía Júnior

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *