Integração com as famílias marca abertura do ano letivo na Rede Municipal

Para 337 escolas da rede municipal de Santarém, esta segunda-feira (13) foi de acolhimento dos alunos e integração com as famílias para uma convivência harmoniosa durante o ano letivo de 2017. Em algumas unidades, os pais foram recepcionados com um café da manhã, como forma de socialização com o corpo administrativo e docente.

Na Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, no bairro Aeroporto Velho, pais, alunos e professores reuniram no ginásio poliesportivo da instituição logo no início da manhã. Na ocasião, o gestor escolar, João Magalhães, destacou a participação das famílias nas atividades da escola e no acompanhamento de seus filhos para que eles tenham ótimo rendimento no processo de ensino/aprendizagem.

Segundo Magalhães, a comunidade do Aeroporto Velho atendeu o chamado da escola e veio para a abertura das atividades. “A nossa expectativa é que 2017 seja muito proveitoso por ser um ano de IDEB, de preparar os nossos alunos para que eles possam de fato aprender, e, assim, elevar o nome da escola e do nosso município. Temos ginásio coberto, uma biblioteca muito boa, revitalizamos a pracinha e, com a ajuda dos pais, vamos colocar em funcionamento até o final desta semana o parquinho para crianças da pré-escola ao 5º ano”, informou.

Para o aluno Pedro Simas, 8 anos, do 4º ano do ensino fundamental, voltar à escola é motivo de grande alegria. “Eu já estava cansado de ficar em casa assistindo tevê. Aqui na escola, além dos meus amigos, tem um parquinho muito legal, tem a quadra onde a gente joga bola e tem a professora para ensinar a gente e eu quero muito aprender cada vez mais para dar muito orgulho para os meus pais”, disse.

Para o ano letivo de 2017, a Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, localizada na Avenida Frei Vicente, s/n, bairro Aeroporto Velho, ainda tem vagas para todas as séries.

Frutas da agricultura familiar para a merenda escolar

PREFEITURA GARANTE MERENDA ESCOLAR DESDE O 1º DIA DE AULA

Todas as 337 unidades escolares da rede municipal, sendo 55 da Zona Urbana, 70 do Arapiuns, 75 do Lago Grande, 90 do Planalto, 32 do Tapajós e 15 do Arapixuna, iniciaram o ano letivo de 2017 abastecidas com a primeira remessa de merenda escolar para atendimento aos alunos.

A fim de garantir esse compromisso, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), está executando os contratos da merenda escolar firmados em 2016, e já está conversando com as cooperativas da agricultura familiar para a chamada pública que acontece ainda no primeiro semestre deste ano.

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (13), no auditório da Secretaria Municipal de Educação, a equipe de nutricionistas e convênios da Divisão de Atendimento ao Educando (DAE) reuniu com representantes das oito cooperativas que hoje têm contratos com o município para saber como estão planejando o calendário de entrega dos produtos (hortaliças, legumes, frutas e grãos). Foi um momento também para orientar as cooperativas sobre a documentação necessária para participarem da chamada pública da merenda escolar.

Segundo Vanda Maia, coordenadora da Divisão de Atendimento ao educando, “Os cardápios para atendimento das escolas serão definidos de acordo com as safras e a programação de entrega dos produtos. “O município está cumprindo a Resolução 26, do FNDE, com aquisição de mais de 30% dos produtos da merenda direto da agricultura familiar. Esse percentual pode até ser ampliado, mas nós dependemos do volume de produção das cooperativas”.

Na manhã desta segunda-feira, algumas cooperativas já entregaram no depósito de merenda escolar da Secretaria de Educação hortaliças (couve e cheiro verde), banana e melancia. A entrega de hortaliças e frutas para as escolas acontecerá semanalmente. Já macaxeira, batata e jerimum, que não perecem rapidamente, serão entregues quinzenalmente.

Fonte: RG 15/O Impacto e Silvia Vieira/PMS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *