Comerciantes tornam-se principais alvos de assaltantes em Santarém

José Portela e sua família foram ameaçados em seu Mercantil, localizado no bairro Aparecida.

O cenário crescente da criminalidade em Santarém, oeste do Pará, tem atingido em cheio a classe produtiva local. Tornaram-se rotina os assaltos a comércios, sejam na zona urbana ou rural, os bandidos não estão dando sossego para os empreendedores.

Na última quarta-feira (1º), um comerciante e sua esposa foram amarrados e bandidos levaram mais de 8 mil reais em dinheiro.  De acordo com informações, os assaltantes armados invadiram a residência do comerciante, por volta de 3h, segundo o empreendedor foram momentos de tensão e medo nas mãos dos criminosos, que ainda fizeram ameaças de morte contra ele, a esposa recém operada  e o filho por quase 30 minutos. O casal e o filho dormiam no momento em que os criminosos invadiram o comércio depois de terem arrombado a porta. Os assaltantes foram direto ao quarto, amarraram o casal e exigiram dinheiro e uma arma de fogo. “Eles disseram onde estava o dinheiro, perguntaram se eu tinha arma, eu disse que não tinha, porque a informação era que eu tinha a arma, tinha o dinheiro. Eles pediram para eu colaborar com eles, que eles só queriam o dinheiro e que não iriam fazer nada”, disse o comerciante José Portela.

Para o empreendedor ficou o prejuízo e o trauma, porém, a graça de ninguém ter sido machucado. Ele contou que a esposa passou por uma cirurgia recente e ficou em estado de choque. Durante a ação, o comerciante foi obrigado a ir à área do comércio, quando o alarme disparou e no mesmo instante a sirene foi destruída pelo bandido. Toda a ação foi registrada por câmeras de vídeo monitoramento da casa, mas os assaltantes fugiram e levaram o equipamento que armazena as imagens do sistema.

LADRÕES FURTAM DISTRIBUÍDORA DE ALIMENTOS: A segunda-feira gorda de carnaval foi de muito trabalho para um grupo de criminosos. Em uma ação audaciosa e de muita cara de pau, pelo menos quatro pessoas entraram em uma distribuidora de alimentos localizado na Avenida Tapajós, bairro do Laguinho, e furtaram mais de 10 mil reais em fardos de arroz, farinha e café.

Segundo a Polícia, era por volta das 13h, quando os acusados teriam contratado um chaveiro e um carro de frete, que foi estacionado no interior do estabelecimento, após o chaveiro ter conseguido abrir as portas da loja. Em ato continuo, eles carregaram a mercadoria no caminhão, e logo fugiram do local.

Os criminosos não contavam com a esperteza de uma moradora que reside próxima à loja, e que conhece a rotina da distribuidora que estava sendo furtada, e logo desconfiou da ação, e com um celular conseguiu fotografar a movimentação dos bandidos, inclusive fotografando a placa do veículo. Com as informações em mãos, nas últimas horas da tarde, o proprietário da distribuidora localizou o carro de frete e acionou os policiais, que com ajuda do profissional do volante, encontraram um dos suspeitos e a mercadoria, que estava escondida em duas casas, uma no bairro da Nova Republica e outra no bairro da Liberdade.

Duas pessoas foram apresentadas pela Polícia Militar na 16ª Seccional de Polícia Civil, destas, uma pagou fiança e foi solta e outra permanece presa. O restante do grupo encontra-se foragido. Segundo o proprietário, esta foi à segunda vez que o local é alvo de criminosos no mês de fevereiro.

PARADA DADA: Para o assalto citado acima, o qual foi vítima o comerciante José Portela, como outros que acontecem rotineiramente, a hipótese levantada pela polícia é da chamada “parada dada”, onde os bandidos através de terceiros, possuem informações privilegiadas a cerca de dinheiro e joias guardados pelas vítimas.

Os serviços de inteligência da Policia Militar e da Polícia Civil já iniciaram o trabalho de campo para localizar e prender os integrantes desta quadrilha que está agindo no município. A polícia sabe que em muitos casos, os assaltantes são de outros municípios, e atuam na cidade sobre o apoio da criminalidade local.

FORAGIDOS: As frequentes fugas no Centro de Recuperação Silvio Hall de Moura (CRASHM) tem possibilitado o aumento dos índices de assaltados na Perola do Tapajós, fato confirmado após algumas prisões de foragidos pela polícia, na semana passada. A pergunta que fica é: até quando os agentes das forças de seguranças que colocam sua vida em jogo, no dia a dia de combate ao crime, vão realizar o trabalho de enxugar gelo?

LOJAS ASSALTADAS JÁ PODEM PEDIR MÚSICA NO FANTÁSTICO: Seria cômico se não fosse trágico, mas em Santarém, oeste do Pará, alguns estabelecimentos comerciais já poderiam pedir música no programa dominical da TV Globo. No Fantástico, um jogador que faz mais de três gols em uma única partida, pode pedir música. Na Pérola do Tapajós, várias lojas tornaram-se alvos rotineiros dos assaltantes, muitas já registram mais de três assaltos em menos de um ano. Que tal uma música!

Nesta semana, uma farmácia localizada Avenida Mendonça Furtado (Extra Farma), próxima a esquina com a Travessa Barjonas de Miranda, bandidos armados renderam funcionários e roubaram diversos celulares. De acordo com informações, era por volta de 21h, de quarta-feira (1ª), quando dois bandidos armados chegaram numa motocicleta modelo Brós, de cor vermelha e mandaram todas as pessoas presentes deitarem no chão. Em ato contínuo, a dupla de bandidos quebrou o vidro do expositor de celulares e levou quase todos os aparelhos que estavam em exposição. Segundo relatos de testemunhas, os assaltantes receberam o apoio de um veículo tipo Celta, da cor prata, que aguardava do lado de fora da loja. A Polícia Militar fez várias diligências com o objetivo de prender os suspeito, mas até o fechamento desta edição, nenhum pessoa foi detida. A chefia de operações da Polícia Civil já solicitou as imagens capturadas pelo sistema de vídeo monitoramento, e assim possa identificar aos autores do assalto.

EM MAIS UM ASSALTO À GAZIN DA MENDONÇA, BANDIDOS DISPARAM CONTRA TAXISTAS: Era por volta de 17h30 de segunda-feira (27), quando dois assaltantes em uma motocicleta de cor vermelha chegaram à loja Gazin, localizada na Avenida Mendonça Furtado,  em frente ao Supermercado CR, renderam os funcionários e roubaram o dinheiro do caixa e celulares que estavam em exposição na vitrine. Na fuga, os bandidos chegaram a efetuar disparos de arma de fogo em direção a alguns taxistas, que estavam em um ponto em frente à loja.

Funcionários e clientes da loja vivenciaram momentos de pânico e terror, durante um assalto. Homens da Polícia Militar foram acionados. Minutos depois uma guarnição chegou ao local. A Polícia está à procura dos assaltantes.

LOJA GAZIN SEMPRE É ALVO DE LADRÕES: Em outras ocasiões, as lojas Gazin já foram alvos de várias ocorrências. No inicio do mês de novembro de 2016, os assaltantes levaram dinheiro do caixa e mais de 40 celulares. Já na madrugada do dia 16 de março de 2014, assaltantes arrombaram a Loja Gazin da Avenida Mendonça Furtado e furtaram vários notebooks e celulares. No dia 08 de junho de 2015, uma cena cinematográfica foi vista por clientes e funcionários da Loja Gazin, localizada na Travessa Professor Carvalho, nos arredores do Complexo do Mercadão 2000, na orla de Santarém. Por volta de 12h30, segundo testemunhas, dois homens chegaram em uma motocicleta na frente da loja, adentraram no estabelecimento comercial e anunciaram o assalto com arma de fogo em punho. Eles roubaram mais de R$ 17 mil e 40 aparelhos celulares. Durante o assalto, houve pânico e correria dentro da loja. A Polícia Militar foi acionada e fez um cerco no local, porém, não conseguiu prender os bandidos. Na época funcionários contaram que temeram perder a vida.

No primeiro semestre de 2016, outros assaltos foram registrados nas Lojas Gazin, em Santarém. A Polícia Civil informou que está fazendo diligências, com intuito de colocar os assaltantes atrás das grades.

MULHER ESFAQUEIA JOVEM DENTRO DE ÔNIBUS DE ALTER DO CHÃO: O excesso na bebida geralmente termina com violência. A jovem Layla Kaline da Silva Ferreira foi levada para a Seccional de Polícia Civil no início da manhã desta segunda-feira (27) após esfaquear Jonhatas de Lima Chaves, dentro de um ônibus que vinha de Alter do Chão para Santarém. Segundo informações de Layla à nossa reportagem, ela vinha de Alter de Chão na madrugada desta segunda-feira, quando houve um desentendimento por causa de um boné. O rapaz estava com a faca e tentou esfaqueá-la, mas ela conseguiu tirar a faca e o feriu. O jovem foi levado para o PSM, mas está fora de perigo. O motorista do ônibus parou o coletivo em frente ao quartel do 3º BPM e pediu ajuda médica. Um carro do Samu esteve no local.

OUTRO ESFAQUEAMENTO: Outro esfaqueamento aconteceu na região do Ituqui, no domingo (26). Durante uma festa, várias pessoas estavam em frente de uma casa, quando alguns jovens que saíram da festa começaram um desentendimento com essas pessoas. A confusão resultou em três pessoas feridas com golpes de faca e uma teve o braço quebrado.

Por: Edmundo Baía Júnior

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *