Gestores trocam de papéis e vivem dia de colaborador em novo projeto do HRBA

A regra básica de qualquer negócio, para se ter sucesso, é que o gestor tenha pleno conhecimento das operações que acontecem na empresa. Assim, mais do ter controle sobre os rumos da instituição, ele vai ser capaz de identificar falhas nos processos e oportunidades de melhorias. E a ideia do projeto “Gestor Aprendiz”, executado pelo Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), é justamente essa. Na primeira edição do projeto, os gestores das áreas de Apoio e Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT) trocaram de papéis e passaram um dia exercendo as funções dos seus colaboradores.

A diretora de Apoio e SADT, Greyce Gomes, foi atuar na cozinha da unidade. Ela auxiliou na produção das refeições e ainda serviu os acompanhantes e colaboradores no refeitório do hospital. “Eu consegui ver, na prática, melhorias simples que facilitam a função de copeiro e auxiliar de cozinha, trazendo maior agilidade, segurança e qualidade aos colaboradores e usuários. O mais importante foi a aproximação da diretoria com o operacional, sentindo a importância de cada função, de cada pessoa, e das dificuldades diárias enfrentadas. Foi um dia emocionante”, diz a diretora.

Segundo a coordenadora de Radiodiagnóstico, Deusilene Mendes, as experiências foram profundas e vão se transformar em ações para a melhoria dos serviços. “Eu atendi o paciente como uma técnica em Radiologia e não imaginava quão grande era a importância desse profissional. Aprendi, também, que eu tenho que amar o ser humano independentemente do que ele seja ou do que ele faça. Eu tenho que respeitar suas limitações e tratá-lo da mesma forma que eu quero ser tratada”, destaca a coordenadora.

A supervisora de Atendimento, Jaiana Elon, foi destacada para a Recepção Geral. Para ela, a experiência foi marcante por poder acompanhar o que os seus colaboradores passam no dia a dia e sentir as dificuldades de exercer uma função que trabalha diretamente com os usuários. “É muito importante ter um olhar do operacional, passar a ter uma mais visão ampla das atividades cotidianas. Foi um momento em que pude observar e me relacionar de perto com o usuário, olhar no olho e ouvir suas histórias e anseios”, conta Jaiana.

O coordenador de Engenharia e Manutenção, Ádrio Neves, também participou da experiência. Ele foi responsável por executar reparos e manutenções na unidade, como troca de torneiras. Ao final, o balanço de todos foi positivo. Com mais essa iniciativa, o Hospital Regional de Santarém – gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) – busca, além de fornecer atendimento com qualidade e segurança, consolidar-se como referência em gestão.

Fonte: RG 15/O Impacto e Joab Ferreira

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *