Advogado é agredido por ex-Secretário Municipal de Saúde

Dr. Ivonaldo Alves foi covardemente agredido por Faraday Varejão, irmão de Diógenes Varejão, que teve sua prisão decretada pela Justiça

O conceituado advogado santareno Ivonaldo de Alencar Alves Jr, que milita na cidade de Porto de Moz, no Pará, foi agredido na última quarta-feira (10), pelo ex-Secretário de Saúde de Porto de Moz, Faraday Fernandes Varejão. O fato deu-se em virtude do advogado ter conseguido decisão favorável na Ação de Alimento que culminou com a Decretação da Prisão Civil de Diógenes Júnior Fernandes Varejão, irmão de Faraday Varejão. Diógenes Júnior Varejão, que também foi ex-Secretário de Finanças na gestão do ex-Prefeito Edilson Cardoso (PSDB). A Decretação da Prisão Civil foi expedida pela juíza de direito Ângela Graziela Zottis, Titular da Comarca de Porto de Moz, seguindo parecer favorável da Promotora de Justiça Dra. Juliana Nunes Felix.

O advogado é representante da OAB no município de Porto de Moz, e é conhecido pela sua contínua dedicação em defesa das prerrogativas dos advogados na Região do Xingú, o que já lhe rendeu uma comenda concedida pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, sediado em Brasília/DF.

Faraday Fernandes Varejão é o mesmo que em novembro de 2016, após a deflagração da Operação Maturú, foi afastado do cargo de Secretário de Saúde, e teve busca e apreensão em sua residência, na Secretaria que geria, e a indisponibilidade de seus bens. A Operação Maturú foi realizada com apoio da CGU, Polícia Federal, Polícia Civil e Militar, com a chancela autorizativa da Juíza de Direito Dra. Ângela Graziela Zottis, onde após investigação realizada pelo Ministério Público e CGU, tendo à frente das investigações o Procurador de Justiça Dr. Nelson Medrado, e a Promotora de Justiça Dra. Juliana Nunes Felix, constataram que o então Secretário havia desviado mais de R$ 3.754.367,39 (três milhões, setecentos e cinquenta e quatro mil, trezentos e sessenta e sete reais e trinta e nove centavos), tendo parte destes valores sido transferida da Secretaria de Saúde diretamente para sua conta pessoal. A redação tentou contato com Faraday Varejão, sem ter conseguido êxito.

Nossa reportagem entrou em contato com o advogado Dr. Ivonaldo Alves, onde perguntou sobre a veracidade dos fatos que chegaram até a redação. Em resposta, o advogado confirmou o ocorrido, falando que foi agredido fisicamente de forma covarde e sem chance de defesa pelo ex-Secretário Faraday Varejão. Que isso se deu pelo inconformismo do agressor frente ao êxito do trabalho que vem tendo o causídico no Município. Falou que todas as providências já estão sendo tomadas pela autoridade Policial, que tem à frente o Delegado Dr. Élcio Fideles de Deus. Registrou que comunicou os fatos ao Dr. Joaquim Freitas Neto, Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Altamira, que designou de imediato um representante da Comissão de Prerrogativas para acompanhar o caso, bem como, comprometeu-se em tomar todas as providências Cíveis, Criminais e Administrativas.

O advogado Ivonaldo de Alencar Alves Jr. falou que já recebeu inúmeras ameaças com tons de intimidações, mas esta foi a primeira que ameaça a sua integridade física no exercício da profissão, entretanto, finalizou dizendo que continuará sendo um advogado destemido e que a advocacia não é profissão de covardes.

Por: Jefferson Miranda

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *