Prefeitura de Santarém abre a 15ª Semana Nacional de Museus: temporada de atividades no Centro Cultural João Fona

No município de Santarém, a temporada de atividade da 15ª Semana de Museus promovida pelo Ministério da Cultura (Minc), por meio do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), desenvolvida pela Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Cultural (Semc), nas dependências do Centro Cultural João Fona iniciou na manhã de segunda-feira (15). A temática, “Museus e histórias controversas: dizer o indizível” é um convite em nível nacional ao papel das Instituições Museológicas quanto espaço de reflexão, de formação e aprendizado sobre processo evolutivo de um povo, nação e cultura, narrando os fatos aos olhos das diversas classes sociais. “Iniciamos o compromisso assumido de ofertar a comunidade santarena diferentes atividades obedecendo o tema nacional, quanto a democratização da cultura, como feito histórico, antropológico, sociológico, arqueológico, filosófico e pedagógico”, destacou o titular da pasta da cultura no município, Luis Alberto Figueira, o “Pixica”.

O Prefeito de Santarém em exercício, José Maria Tapajós participou da cerimônia de abertura e elogiou a estratégia da Semc, quanto cadastrar Santarém nessa atividade, de âmbito nacional, que destaca também a data Internacional de Museus, lembrada na próxima quinta-feira, dia 18. “Nesse ritmo de ações é fazer funcionar a Cultura no município de Santarém, no verdadeiro papel do secretário municipal de cultura, Luis Alberto, de estar atento e conectado, no local, nacional e internacional, ao traçar uma política cultural conectada, a exemplo desta, desenvolvida no Brasil, com destaque internacional. E ofertar ao público atividades inovadoras e de fomento no aprendizado e preservação da nossa cultura. E tornar o prédio do Centro João Fona não apenas para contemplar, mas gerir como equipamento de cultura viva, com ações à sociedade santarena, quando ao adentrar vai deparar-se com um passado que parece ser o presente”, destacou o executivo municipal.

Dentre as oficinas, a primeira foi a de higienização e organização de livros, com o Chefe do arquivo central da Universidade Federal do Pará (Ufopa), Sérgio Fredrich. “Trata-se da eliminação das sujidades que se encontram nos documentos, bem como, dos agentes considerados agressores, tais como os clips oxidados ou não, os excrementos de insetos, os grupos metálicos, os elementos generalizados utilizados como marcadores de folhas, as poeiras, e todos os elementos ilegítimos à estrutura física de documentos”, explicou.

Nesta 15ª edição, mais de mil museus oferecem ao público 3.000 atividades especiais, em 485 cidades e 28 estados, como: visitas mediadas, palestras, oficinas, mesa redonda e outras atividades. No primeiro dia em Santarém (PA), as apresentações culturais foram: na abertura a Camerata Wilson Fonseca, e Carimbatuque & Bailado de Carimbó.

O Centro Cultural João Fona, de acordo com Lei de Número 13.791 de 27 de agosto de 1991, determina que o antigo prédio onde funcionou a Prefeitura de Santarém, na Praça Barão de Santarém, passa a denominar-se de Centro Cultural João Fona. Utilizado exclusivamente com finalidades culturais, dando-se prioridade para a instalação, em suas dependências, de um museu capaz de fornecer uma visão abrangente da história santarena.

Programação

15/5 (SEGUNDA-FEIRA)

14h às 18h

-Visita guiada

-Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)

-Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal Ontem e Hoje (exposição coletiva)

 

16/5 (TERÇA-FEIRA)

8h às 12h – Oficina de Higienização de Livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa)

9h – Teatro de Fantoches (Integrantes do Curso de Pedagogia/Iespes)

14h às 18h:

-Visita guiada

-Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)

-Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal Ontem e Hoje (exposição coletiva)

 

17/5 (QUARTA-FEIRA)

8h às 12h – Oficina de Higienização de Livros (Arquivista Sérgio Fredrich/UFOPA)

9h – Oficina de confecção de bonecas temáticas (Lena Sousa/Cras/PMS)

14h às 18h:

-Visita guiada

-Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)

-Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal Ontem e Hoje (exposição coletiva)

15h às 17h – Teatro de Fantoches (Integrantes do Curso de Pedagogia/Iespes)

 

18/5 (QUINTA-FEIRA)

8h às 12h – Oficina de Higienização de Livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa)

9h – Oficina de confecção de bonecas temáticas (Lena Sousa/Cras/PMS)

14h às 18h:

-Visita guiada

-Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)

-Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal, Ontem e Hoje (exposição coletiva)

 

19/5 (SEXTA-FEIRA)

8h às 12h – Oficina de Higienização de Livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa)

9h –Mesa Redonda: Tema da 15ª Semana de Museus (mediador, Newton Magno/Centro Cultural João Fona-CCJF)

14h às 18h:

-Visita guiada

-Exposição I Mostra de Pintura João Fona (exposição coletiva)

-Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal, Ontem e Hoje (exposição coletiva)

 

20/5 (SÁBADO)

18h–Entrega de Certificados

18h30-Coquetel de Encerramento

20h-Apresentação Cultural (Banda do 8º Bec)

-Exposição Fotográfica retratando o cenário Municipal, Ontem e Hoje (exposição coletiva)

-Oficina de Higienização de livros (Arquivista Sérgio Fredrich/Ufopa).

PREFEITURA DE SANTARÉM REÚNE COM LIDERANÇAS DO DISTRITO DE ARAPIXUNA

No compromisso de expandir a política cultural, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) reuniu no último sábado (13), com lideranças comunitárias do distrito do Arapixuna, localizado na zona rural, região de rios.

O encontro foi provocado pela agente distrital, Maria Silva a pedido das lideranças da própria comunidade, que solicitaram a implantação do Pólo Arapixuna do Instituto Maestro Wilson Fonseca (IMWF), para atender crianças e jovens da região, e ainda capacitar monitores da própria comunidade.

Durante a reunião, o Secretário Municipal de Cultura, Luis Alberto Figueira, o “Pixica”, falou sobre o trabalho que vem sendo realizado para levar as ações culturais para toda Santarém. “Esse será o primeiro desafio da Secretaria Municipal de Cultura, na parceria desse projeto de extensão. Participamos da primeira reunião de trabalho e repassamos as etapas a serem cumpridas e juntos implantarmos, o Pólo Arapixuna”, disse.

A reunião contou com a participação de 60 pessoas, além do Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Antônio Rocha, o vereador Emir Aguiar (PTN), o Chefe de Gabinete da Semc, Pedro Moreira, a agente administrativa do IMWF, Bianca Carneiro e a maestrina/professora IMWF, Rosângela Freire.  “Esta é a proposta de um novo horizonte na área da cultura para nossas comunidades. O encontro foi positivo, a presença das lideranças comunitárias demonstrou o forte interesse em efetivar com o da prefeitura”, esclareceu, a agente distrital, Maria Silva.

De acordo com Agostinho Fonseca, diretor do IMWF a receptividade das comunidades que formam o Distrito do Arapixuna, e a vontade de instalar o curso de música, são fatores muito importante para o desenvolvimento e o crescimento do projeto. “Estamos muito felizes e este encontro demonstra nossa disponibilidade em abraçar o projeto, a aceitação/parceria da comunidade, depois as inscrições para a dimensão do alunado, depois será a formação de instrutores das comunidades, depois de formados, a aula inaugural das primeiras turmas”, destacou o diretor.

Até o dia 31 de maio, as inscrições dos interessados  em estudar e outros que desejam como voluntário participar do curso de monitores ao futuro Pólo Arapixuna, devem repassar os cadastros a Agente Distrital, Maria Silva, que encaminhará a direção do Instituto de Música Maestro Wilson Fonseca. 

 

REPRESENTANTES DE ESCOLAS APROVAM FORMAÇÃO PARA BANDAS E FANFARRAS

Em reunião realizada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), na manhã de segunda-feira (15), na Escola de Artes Emir Bemerguy, para apresentação da proposta do cronograma de execução do 11º Festival de Bandas e Fanfarras de Santarém, os representantes de escolas presentes aprovaram a realização de formações para as instituições que pretendem participar da disputa deste ano.

De acordo com a professora Monique Marinho, da coordenação do Festival, as formações terão a participação de jurados que têm atuado ao longo dos últimos 10 anos, no julgamento dos aspectos que norteiam as apresentações.

A primeira formação, no dia 26 de maio, por exemplo, deve tratar sobre temática,indumentária e elaboração de histórico. E a segunda, já em junho, sobre os aspectos musical e marcial.

“Nós nunca tivemos essas formações e isso vai ajudar muito as bandas e fanfarras a se preparem de forma mais técnica para o festival que é um evento que valoriza os alunos, seus talentos musicais e coreográficos, e que atrai um grande público a cada ano”, ressaltou Monique Marinho.

No próximo dia 19, a partir das 8h, será realizada uma reunião para discussão do regulamento que norteará o 11º Festival de Bandas e Fanfarras. Todas as instituições que pretendem participar do evento devem participar da discussão para eventuais ajustes. A reunião será na Escola de Artes Emir Bemerguy.

A proposta do município é realizar o 11º Festival de Bandas e Fanfarras nos dias 1º, 2 e 3 de setembro, na orla de Santarém. Há uma segunda proposta de local que ainda será discutida com os representantes de bandas e fanfarras visando o melhor desempenho de cada uma e uma melhor visualização por parte do público.

Quanto à premiação, o valor que está sendo trabalhado é de R$ 27 mil em instrumentos musicais, divididos entre as três categorias (Fanfarra Simples, Fanfarra com Melodia e Banda Marcial), como forma de possibilitar o melhor aparelhamento das bandas e fanfarras.

A expectativa é de que 30 instituições de Santarém e cidades vizinhas participem da 11ª edição do festival.

Da reunião desta segunda-feira, participaram, além de representantes de escolas, o professor Marcos Gentil, assessor para Assuntos Educacionais da Semed.

ALUNOS DOS CURSOS DE CAMAREIRA E RECEPCIONISTA CONHECEM ROTINA DESSES PROFISSIONAIS NA PRÁTICA

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), em parceria com a Secretaria de Estado de Turismo (Setur), realizaram na manhã de sábado (13), uma visita técnica ao Hotel Barrudada, com os alunos dos cursos de Camareira e Recepcionista em meios de hospedagem, com objetivo de fazer a interação entre os conteúdos aprendidos na teoria e a prática dos profissionais que já atuam no mercado de trabalho.

Para a instrutora Sandra Duarte, a visita técnica é uma forma de trocar experiências e levar ao conhecimento dos alunos como funciona, na prática, o dia a dia dos profissionais que atuam na área. “Viemos aqui no hotel com as duas turmas para que os alunos possam conhecer como é o dia a dia dos profissionais de cada área, para que eles possam perceber a prática dos profissionais e a importância dos conhecimentos que eles estão aprendendo na sala de aula, como forma de troca de experiências”, destacou.

A aluna Daiana Rodrigues, do curso de camareira, espera que a troca de experiências contribua ainda mais para a sua prática quando estiver atuando na área. “Espero que a gente possa desenvolver bem o que a gente está aprendendo no curso. Conhecer o ambiente, onde poderemos atuar futuramente é muito importante, para ajudar a melhorar as nossas técnicas de trabalho, e aprender mais e mais”, afirmou.

De acordo com a coordenadora da Seção de Qualificação no Turismo Naiara Miranda, a visita técnica é uma forma de motivar os alunos para o interesse no curso. “Conversar com os profissionais que já atuam no ramo da hotelaria desperta o interesse pela área e motiva-os a continuar o curso”, finalizou.

Os cursos de Camareira e Recepcionista em meios de hospedagem iniciaram no dia 8 de maio e encerram no dia 8 de junho. As aulas são realizadas na escola Feslisbelo Jaguar Sussuarana.

INSCRIÇÕES PARA PASSEIO CICLÍSTICO SEGUEM ATÉ SEXTA-FEIRA

A Prefeitura de Santarém, por meio da Divisão de Educação para o Trânsito da Secretaria de Mobilidade e Trânsito (SMT), iniciou na segunda-feira (15) as inscrições para o Passeio Ciclístico, que ocorrerá no sábado (20) em Santarém. As inscrições são gratuitas e ocorrerão das 8h até às 14h na SMT, localizada na Rua Xingu, no bairro Interventoria.

As inscrições também serão feitas de forma descentralizada, com os parceiros da Campanha Maio Amarelo como: Coordenação de Educação Física da Ulbra, com a professora Andria Mara Figueira; Loja Parabike, na Avenida Fernando Guilhon, no bairro Maracanã; Academia Pop Star, na Avenida Tancredo Neves, no bairro Nova República; Academia Qualivi, na Avenida Mendonça Furtado, no bairro Aldeia.

As inscrições seguem até a sexta-feira (19), quando ocorrerão no Rio Tapajós Shopping, a partir das 16h até às 22 horas. 

De acordo com o Secretário de Mobilidade e Trânsito Paulo Jesus, articulações estão sendo feitas para que todos os públicos possam aderir a esse movimento. “Nós estamos reunindo com as associações de ciclistas para adesão ao movimento Maio Amarelo, e assim chamar a atenção também dos usuários de bicicletas. Por fazerem parte do trânsito precisam também tomar os cuidados necessários para evitar possíveis acidentes nas vias públicas”, ressaltou.

O objetivo é chamar atenção também para esse meio de transporte que deve ser usado com responsabilidade e nunca sem a utilização dos equipamentos de segurança necessários.

A concentração será a partir das 17h30, no Parque da Cidade, com saída às 18h30. O trajeto será o seguinte: Parque da Cidade, Av. Sergio Henn, Av. Borges Leal, Av. Barão do Rio Branco, Av. Tapajós e Praça do Pescador. Na chegada, haverá sorteio de brindes entre os participantes.

DIA “D” DA CAMPANHA MAIO AMARELO 

Nesta terça-feira (16), será realizado o “Dia D” da campanha Maio Amarelo em Santarém. A programação contará com visitas às secretarias, a partir das 8 horas.   

Na visita, serão ministradas palestras, orientações sobre segurança no trânsito e panfletagem para os servidores públicos municipais, que utilizam carro, moto e até mesmo usuários de transporte público.

“O objetivo é sensibilizar os servidores públicos municipais da importância de se adotar um comportamento seguro no trânsito. Vale ressaltar a importância do respeito ao ser humano, a legislação, sinalizações e a vida”, ressaltou Marcelo Santos, coordenador da Divisão de Educação para o Trânsito.

Fonte: RG 15/O Impacto e CCOM/PMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *