Órgãos de proteção ao Meio Ambiente reúnem para dar continuidade a elaboração do Plano de Desenvolvimento da Pesca no Baixo Amazonas

Evento acontece nesta terça-feira (30), das 08 às 15 horas, na Sala 316 do ICS, no anexo do Campus Amazônia, da Ufopa, Av. Mendonça Furtado.

Após a segunda rodada de diagnóstico do mapeamento participativo, a terceira reunião acontece para analisar a sistematização das propostas que vão compor o documento.

Em levantamento preliminar, os grupos de trabalho divididos em temáticas que norteiam as principais demandas da comunidade pesqueira na região, identificaram dois maiores problemas vivenciados pela classe: a indefinição das políticas publicas e alterações constantes na legislação.

“As recentes mudanças com a extinção do Ministério da Pesca, transferência para o Ministério da Agricultura, e agora Ministério das Minas e Energia, além da recentes mudanças na legislação da pesca artesanal, causam um clima de instabilidade e insegurança na atividade dos pescadores. Por isso, ter um diagnóstico que vai subsidiar a construção de propostas para o Plano de Desenvolvimento da pesca artesanal da região do Baixo Amazonas é fundamental.” – destacou uma das coordenadoras da elaboração do plano, Socorro Pena.

O encontro promovido pela Sociedade para Pesquisa e Proteção do Meio Ambiente – SAPOPEMA, em parceria com a Universidade Federal do Oeste do Pará – UFOPA, Movimento dos pescadores do Baixo Amazonas – MOPEBAM, e a Colônia de Pescadores Z-20, conta com a presença de representantes de vários órgãos de defesa ao Meio Ambiente: SEMAP, IBAMA, Z-20, INCRA, Emater e Secretarias municipais de meio Ambiente dos municípios do Baixo Amazonas: Santarém, Monte Alegre, Prainha, Almeirim, Juruti, Faro, Terra Santa, Oriximiná, Óbidos, Alenquer e Curuá.

Esse será o Terceiro Encontro do Planejamento de Novas Políticas de Pesca que visa a reunião dos grupos de trabalho, para finalizar o Plano de Desenvolvimento Sustentável na Região do Baixo Amazonas, nas 11 cidades do Oeste do Estado.

Durante o período de elaboração os integrantes dos grupos de trabalho realizaram pesquisas e reuniões para a primeira minuta do GT que irá nortear a sistematização do plano que deve ser finalizado no mês de junho.

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/Sapopema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *