Hospital Regional de Santarém vai realizar ciclo de palestras sobre o AVC

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das maiores causas de morte e incapacidade adquirida em todo o mundo. Estatísticas fornecidas pelo Ministério da Saúde indicam que o AVC é a causa mais frequente de óbito na população adulta brasileira (10% dos óbitos) e consiste no diagnóstico de 10% das internações hospitalares públicas no Brasil. O AVC pode ser de dois tipos, hemorrágico ou isquêmico, sendo este último o mais comum, ambos uma emergência médica.

O dia 29/10 é lembrado o Dia Mundial de Combate ao AVC e, aproveitando a data, várias entidades buscam conscientizar sobre a importância da prevenção dessa doença que é responsável não somente por altas taxas de mortalidade, mas também por sequelas que podem ser graves.

Com esse objetivo, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em parceria com os acadêmicos de Medicina da Liga de Neurologia e Neurocirurgia do Tapajós, sob a coordenação da neurologista do HRBA, Diane da Costa Miranda, vai promover o “Ciclo de Palestras para Conscientização do Acidente Vascular Cerebral: uma visão multidisciplinar”. O evento tem como alvo estudantes e profissionais da área da saúde. Serão abordados diversos temas sobre o assunto: diagnóstico, prevenção, tratamento e reabilitação. Será, ainda, realizada uma ação externa na orla da cidade para esclarecimentos e distribuição de material informativo para a população.

Serviço

O ciclo de palestras será realizado nos dias 26 e 27/10, de 18h às 22h30, na Universidade do Estado do Pará (Uepa). No Dia Mundial de Combate ao AVC, 29/10, será realizada a blitz informativa na orla de Santarém, a partir das 18h.

Programação

26/10
18h – Abertura
18h30 – Epidemiologia e tipos de AVC (Marcos Honorato)
19h10 – Abordagem cirúrgica dos diversos tipos de AVC (Erik Jennings)
19h50 – Fisioterapia no AVC: prática baseada em evidências (Richelma Barbosa)
20h30 – Coffee break
21 h -Transtornos psiquiátricos pós-AVC (Heitor Caldas)
21h40 – AVC isquêmico – trombólise e outras abordagens da fase aguda (Diane Miranda)

27/10
18h – Prevenção primária e secundária do AVC (Diane Miranda)
18h40 – Terapia Ocupacional no paciente com AVC (Tereza Cristina Feijão)
19h20 – Sorteio de brindes
19h30 – Coffee break
20h – Atuação fonoaudiológica no AVC (Daniely Martins)
20h40 – Neuroimagem no AVC (Alan Alberto Maciel)
21h20 – Mesa redonda – AVC no oeste do Pará: o que precisa mudar?
22h – Sorteio de brindes e encerramento.

Fonte: RG 15/O Impacto e Joab Ferreira

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *