Rede de farmácias Big Ben fecha as portas

Brasil Pharma pede recuperação judicial e possui dívidas de mais de R$ 1 bilhão.

Clientes que procuraram a Rede de farmácias Big Ben, na manhã desta terça-feira (30), se depararam com um anúncio que informava a interrupção das atividades comerciais em diversos estabelecimentos.
A nota dizia que o fechamento seria em caráter provisório “afim de efetuar balanço interno do estoque em inventário patrimonial”. Desde o início do ano a Brasil Pharmam, empresa detentora da marca Big Ben informou que entrava em recuperação judicial, fato este que afeta outras oito redes em todo Brasil.
Segundo informações, o pedido de recuperação foi apresentado na cidade de São Paulo e o valor da causa foi estabelecido em R$ 1,2 bilhão, segundo a Reuters. A empresa afirma no pedido ter 15 mil credores.
A redução nas vendas, com desabastecimento, e baixas de ativos intangíveis das bandeiras Santana e Big Ben, no valor de R$ 815 milhões, foram apresentadas como justificativa para as perdas no período, bem como o patrimônio líquido negativo de R$ 1,15 bilhão.
Agora a rede Drogasil aguarda que a Big Ben desocupe trinta lojas cujos pontos pertencem ao empresário Raul Aguilera.
Atualmente, o grupo afirma possuir 288 lojas espalhadas por todo o país, 430 franquias e mais de 4.500 funcionários.
“Durante a recuperação judicial o grupo Brasil Pharma, a companhia, suas subsidiárias, controladas e demais empresas do grupo concentrarão seus máximos e melhores esforços para preservar suas atividades comerciais e operacionais e assim cumprir com seus compromissos e obrigações”, disse a empresa em fato relevante.

Fonte: Portal ORM

Um comentário em “Rede de farmácias Big Ben fecha as portas

  • 13 de fevereiro de 2018 em 09:32
    Permalink

    O grupo big Ben foi com muita sede ao pote

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *