Jardel: “Segurança nas escolas também é responsabilidade do Município”

O vereador e delegado Jardel Guimarães, em contato com nossa reportagem, falou sobre o episódio da invasão da Escola Municipal Padre Felipe Bettendorf, localizada no bairro Maracanã, ocorrido na tarde da última terça-feira (27/03), em que menores teriam invadido o educandário no intuito de agredir um aluno, o que deixou professores e demais servidores em pânico, especialmente porque a escola não contaria com um vigia no momento.

O Vereador disse que a Segurança Pública não estaria sendo tratada como deveria pelo Poder Executivo Municipal, pois, segundo ele, essa também deveria ser uma responsabilidade da Prefeitura.

Bandeira de luta frequente em seus discursos, a guarda municipal também foi citada por Jardel. Ele lembrou que, em campanha, Nélio Aguiar teria prometido implementar o serviço no Município, que já foi aprovado pela Câmara e sancionado em 2016, quando o tucano Alexandre Von ainda comandava o Palácio Jarbas Passarinho.

Delegado Jardel acrescentou que já enviara indicação ao Executivo para que implante a guarda municipal. Defensor de que ela seja armada, ele ressaltou ainda que o Prefeito o faça, mesmo que não seja de todo com armamento, mas que a implante para integrar a força de segurança em Santarém.

Por outro lado, o Vereador parabenizou o Governo do Estado, na pessoa do Delegado Geral da Polícia Civil do Pará, Rilmar Firmino, pela posse dos 149 policiais civis aprovados no último concurso da autarquia. De acordo com Guimarães, o efetivo deve contribuir para o funcionamento pleno da Unidade Integrada de Polícia Pacificadora (UIPP) do Distrito de Alter do Chão e da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM).

Fonte: RG 15\O Impacto

2 comentários em “Jardel: “Segurança nas escolas também é responsabilidade do Município”

  • 31 de março de 2018 em 06:51
    Permalink

    Chiiiiiii, não colocam nem as placas com nomes das ruas de Santarém, imaginem guardas nas escolas,kkkkkkkkkk, não é mesmo esforçados e extenuados vereadores ?!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *