Esquema do combustível – Vereadores são indiciados por falsidade ideológica

Os parlamentares Silvio Neto, Ney Santana e Silvio Amorim foram indiciados por falsidade ideológica, em procedimento da Policia Civil, que apura desvio de combustível na Câmara de Santarém.

Segundo informações, o três vereadores, e mais quatro ex-vereadores: Nicolau do Povo, Luiz Alberto, Marcela Tolentino e Reginaldo Campos supostamente participaram ativamente da elaboração da Portaria com data retroativa, que teve como objetivo justificar o uso de combustível por parte dos vereadores, enganando assim o Ministério Público e a autoridade policial.

O processo tramita na 1ª Vara Criminal da Comarca de Santarém, cujo  juiz titular é  o Dr. Alexandre Rizzi.

RG 15 / O Impacto

 

 

4 comentários em “Esquema do combustível – Vereadores são indiciados por falsidade ideológica

  • 24 de abril de 2018 em 08:50
    Permalink

    Esses canalhas, pilantras, vão pagar até o último centavo do dinheiro que desviaram, se Deus quiser. Lixos, ambiciosos por dinheiro, dinheiro esse do nosso povo, de nossos impostos. Que recaia sobre suas vidas a pior das maldições, políticos imundos. Nojo imensurável desse tipo de gente!!!

    Resposta
  • 12 de abril de 2018 em 13:50
    Permalink

    Parabéns a Polícia Civil e MP pelo excelente trabalho de Combate a corrupção

    Resposta
  • 12 de abril de 2018 em 11:05
    Permalink

    Demorou pro Ministério Público começar a cutucar com a ponta de um alfinete nessa mafia q sempre existiu nas gestões publicas. E a política no Brasil virou acordo entre gestores e empresários pra desviar ou superfaturar obras e assim vai. Mas só o Ministério público não resolverá esse mal. Precisamos não reeleger político com indícios de envolvimentos e processos.

    Resposta
  • 12 de abril de 2018 em 08:33
    Permalink

    ATE TU NETO FALA COM O TIO ALEXANDRE E A TIA ZUILA PARA LIVRAR TUA BARRA

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *